Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290886
Type: TESE
Degree Level: Tese (livre-docencia) - Univer
Title: Serologia aplicada ao estudo de microorganismos de placa dentaria e seu significado em relação a carie
Author: Höfling, José Francisco, 1947-
Advisor: informado, Não
Abstract: Resumo: Com o propósito de se aplicar técnicas serológicas como contribuição na classificação de estreptococos da cavidade oral, antissoros obtidos para S. sanguis, foram utilizados nas reações serológicas em reação com antígenos de suspensões bacterianas de algumas espécies de estreptococos orais. Os antissoros obtidos contra essa espécie se comportaram diferentemente quando testados em reação com antígenos de suspensões bacterianas de S. sanguis, S. mitis, S. salivarius, S. mutans, e S. faecalis. Os testes efetuados com antígenos de suspensões bacterianas em água, salina, segundo Rantz e Randall , em acido acético e segundo Lancefield, demonstraram que esses dois últimos se mostram pouco adequados para aplicação em estudos de relações de afinidade serológica, enquanto os extratos obtidos segundo Rantz S Randall parecem ser mais adequados. Estudos serológicos comparativos feitos cora antissoros para S. sanguis - obtidos através de esquemas de imunizações diferentes - em reação com os antígenos de suspensões bacterianas, indicaram que os antissoros obtidos reagem com o antígeno homólogo e apresentam reação cruzada com os antígenos heterólogos usados nos testes de dupla difusão em gel de ágar. Pelo menos um dos antissoros reage especificamente com o homólogo S. sanguis sem apresentar reações cruzadas com as demais espécies. As reações serológicas efetuadas entre homólogos e heterólogos com os reagentes (antígeno e antissoro) em que se observaram reações cruzadas - quando estudos comparativos foram feitos com relação aos padrões proteicos obtidos por dupla difusão em gel de ágar a l%- demonstraram que as espécies testadas - com exceção de S. mutans - apresentaram uma identidade total quando comparadas. De modo geral,a análise serológica provou ser um método de valor complementar em estudos com o propósito de classificação de estreptococos da cavidade oral

Abstract: In an attempt to apply serological techniques to the classification of oral microrganisms an antisera ob tained from S. sanguis were utilized in order to classify serologicaly five streptococcus strains from the oral cavi ty. The antisera raised against S. sanguis, had differents properties whem tested against antigens of S. sanguis, S. mitis, S. salivarius, S. mutans and S. faecalis. In the tests we used bacterial antigens extracted in water, saline, acetic acid. The techniques of Rantz E Randall [1955] and Lancefield (1933) also have been used. The Lancefield techniques and extracts in acetic acid were less adequate in comparison to the others for serological classification. The most useful technique to prepare the antigens was that described by Rantz E Randall. The antisera prepared from S. sanguis showed positive serological reactions with the homo logous antigen and cross reacted with all heterologous species tested, but S. mutans. As the antisera were prepared by different methods it was observed that just one reacted only with the homologous S. sanguis antigen and it was negative against all heterologous antigens used. These results demonstrated serological affinities among S. fecalis, S. mitis, S. salivarius and S. Saguis but not with S. mutans. This observations seemed to be very significat in the classification of oral streptococcus
Subject: Sorologia
Placas dentárias
Boca - Microbiologia
Cárie dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1981
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hofling_JoseFrancisco_LD.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.