Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290683
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Acurácia e correlação de instrumentos de avaliação da disfunção temporomandibular
Title Alternative: Correlation and accuracy of assessment instruments dysfunction temporomandibular
Author: Schwarzenbeck, Kelly Cristina dos Santos Berni, 1984-
Advisor: Bigaton, Delaine Rodrigues
Abstract: Resumo: A disfunção temporomandibular (DTM) é uma alteração de etiologia multifatorial e de difícil diagnóstico, entretanto sua avaliação bem fundamentada é importante para o adequado e eficiente planejamento terapêutico. Contudo, não existe consenso entre os pesquisadores em relação ao diagnóstico da DTM. O objetivo deste estudo foi avaliar a acurácia e a correlação entre diferentes instrumentos de avaliação da DTM. Foram avaliadas 224 mulheres com (grupo DTM) e sem DTM (grupo controle) por meio do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular disorders (RDC/TMD), para o diagnóstico de disfunção miofascial e em seguida passaram por avaliação, do índice anamnésico de Fonseca (IAF) e eletromiografia (EMG) dos músculos masseter, temporal e supra-hiódeos, nas situações de repouso e isometria dos músculos elevadores da mandíbula. A comparação dos dados entre o grupo DTM e controle foi realizada por meio do teste de Mann-Withney. Para a correlação utilizou-se o coeficiente de correlação de Sperman e para a avaliação da acurácia utilizou-se a curva receiver operating characteristic (ROC), para obtenção dos valores de acurácia, sensibilidade, espeficidade e ponto de corte. Os resultados mostram que o IAF é um instrumento acurado (0.94) para o diagnóstico da DTM e apresenta sensibilidade de 86.3%, especificidade de 91.19% e ponto de corte de 47.5. A EMG apresenta correlação (coeficiente de correlação entre 0.61 - 0.83) com o diagnóstico de disfunção muscular e apresenta acurácia (0.65 - 0.84) para o diagnóstico da DTM para a coleta realizada em repouso de todos os músculos avaliados, e para os músculos supra-hiódeos na isometria. Entretanto os dados dos músculos masseter e temporais coletados durante a isometria apresentaram acurácia não aceitável. Conclui-se que o IAF é um instrumento acurado para o diagnóstico da DTM muscular, a EMG apresenta correlação com o diagnóstico de disfunção muscular e acurácia moderada, quando coletada em repouso. Sugere-se que o IAF possa ser utilizado como ferramenta complementar e prévia ao RDC/TMD e a EMG possa ser utilizada na avaliação da DTM

Abstract: The temporomandibular disorder (TMD) is a change multifactorial and difficult to diagnose, their well-founded assessment is important for the proper and efficient treatment planning. However, there is no consensus among researchers regarding the diagnosis of TMD. The aim of this study was to evaluate the correlation between accuracy and assessment tools TMD. We evaluated 224 women with (TMD group) and without TMD (control group) through the Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (RDC / TMD), for the diagnosis of myofascial dysfunction and then underwent evaluation of anamnestic index of Fonseca (AIF) and electromyography (EMG) of the masseter, temporal and supra-hiódeos, both at rest and isometry of the jaw elevator muscles. The data between the DTM and control group was performed using the Mann-Whitney test. For the correlation we used the Spearman correlation coefficient and to evaluate the accuracy, we used the receiver operating characteristic curve, to obtain the values of accuracy, sensitivity, and specificity. The results show that the AIF is an accurate instrument (0.94) for the diagnosis of TMD and a sensitivity of 86.3%, specificity of 91.19% and a cutoff of 47.5. The EMG correlated (correlation coefficient between 0.61 - 0.83) with a diagnosis of muscle disorders and presents accuracy (0.65 - 0.84) for the diagnosis of TMD held for pickup at rest all the muscles tested, and the supra-hyods muscles in isometrics, however the data of the masseter and temporal collected during isometric showed no acceptable accuracy. It is concluded that the AIF is an instrument for accurate diagnosis of TMD muscular, EMG correlates with a diagnosis of muscle dysfunction and moderate accuracy when collected at rest. It is suggested that the AIF can be used as a complementary tool and prior to the RDC / TMD and EMG can be used in assessing the DTM
Subject: Transtornos da articulação temporomandibular
Diagnóstico
Eletromiografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SCHWARZENBECK, Kelly Cristina dos Santos Berni. Acurácia e correlação de instrumentos de avaliação da disfunção temporomandibular. 2013. 70 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/290683>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Schwarzenbeck_KellyCristinadosSantosBerni_D.pdf826.91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.