Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290469
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação in vitro da eficiência do tiossulfato de sódio no restabelecimento da resistência da união à dentina intracoronária tratada com peróxido de hidrogênio 35%
Title Alternative: In vitro evaluation of sodium thiosulfate efficiency for recovery of bond strength to intracoronary dentin treated with 35% hydrogen peroxide
Author: Corrêa, Ana Carolina Pimentel, 1989-
Advisor: Ferraz, Caio Cezar Randi, 1973-
Abstract: Resumo: A resistência da união de sistemas adesivos à dentina é comprometida após tratamentos clareadores. Soluções antioxidantes têm sido propostas a fim de restabelecer os valores de adesão. Embora vários estudos tenham avaliado a eficiência do ascorbato de sódio, sua alta instabilidade química estimula a busca e o estudo de outras substâncias para este fim. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do tiossulfato de sódio (Na2S2O3) no restabelecimento da resistência da união à dentina intracoronária tratada com peróxido de hidrogênio 35%. As coroas de 70 incisivos bovinos foram seccionadas de forma a expor a dentina da câmara pulpar. Após aplicação de peróxido de hidrogênio 35% por 40 min, as amostras foram divididas de acordo com os tratamentos antioxidantes (n=7): protocolo 1- lavagem com água destilada por 10 min + restauração imediata; protocolo 2- restauração após 1 semana; protocolo 3- restauração após 2 semanas; protocolos 4-5- lavagem com Na2S2O3 10% por 5 ou 10 min, respectivamente; protocolos 6-7- lavagem com Na2S2O3 20% por 5 ou 10 min, respectivamente; protocolos 8-9- lavagem com Na2S2O3 35% por 5 ou 10 min, respectivamente. Após os protocolos antioxidantes de 4 a 9, os espécimes foram restaurados imediatamente. Foi realizado um grupo controle negativo no qual restaurou-se a dentina sem prévio tratamento com agente clareador. Todas as amostras foram hibridizadas utilizando o sistema adesivo Scotchbond Multipurpose, seguida da confecção de blocos de resina composta Filtek Z350 WB. Após 24 horas armazenadas em 100% de umidade à 37 oC, as amostras foram fatiadas de modo a obter espécimes em forma de palito. O teste de microtração foi realizado em uma máquina universal de ensaios em metade dos palitos imediatamente, e na outra metade após 6 meses de armazenamento em água destilada. Após análise estatística por ANOVA e Tukey-Kramer, verificou-se que, independente do protocolo empregado, todos os grupos apresentaram redução significativa (p<0,05) nos valores de resistência à união após o envelhecimento. Todos os protocolos em que se aplicou o Na2S2O3, independente da concentração e tempo de aplicação, não apresentaram diferenças estatísticas entre si. Porém, o tratamento com Na2S2O3 35% por 10 minutos foi o único que apresentou valores de adesão inferiores ao controle negativo (p<0,05). As amostras restauradas após uma semana do tratamento clareador obtiveram valores inferiores às restauradas após 2 semanas. No entanto, os protocolos que empregaram o Na2S2O3 10% ou 20% por 5 ou 10 min não apresentaram diferença estatística (p>0,05) em relação ao grupo que foi restaurado 2 semanas após o clareamento. Dessa forma, a lavagem da dentina com tiossulfato de sódio 10% ou 20% durante 5 min torna possível a realização de restaurações adesivas com sistemas adesivos convencionais imediatamente após o clareamento com peróxido de hidrogênio 35%

Abstract: The bond strength of adhesive systems to dentine becomes compromised after whitening treatments, and antioxidant solutions have been proposed to re-establish the adhesion values. Although several studies have assessed the efficacy of sodium ascorbate, its high chemical instability encourages the search for and study of other substances. The objective of this study was to assess the efficacy of sodium thiosulphate (Na2S2O3) in the re-establishment of the bond strength to intra-coronary dentine treated with 35% hydrogen peroxide. Crowns of 70 bovine incisors were sectioned to exposure the pulp chamber dentine. After application of 35% hydrogen peroxide for 40 minutes, the samples were divided depending on the antioxidant treatment as follows (n = 7): protocol 1 ¿ washing with 0.9% NaCl for 10 minutes + immediate restoration; protocol 2 ¿ restoration after 1 week; protocol 3 ¿ restoration after 2 weeks; protocols 4-5 ¿ washing with 10% Na2S2O3 for 5 and 10 minutes, respectively; protocols 6-7 ¿ washing with 20% Na2S2O3 for 5 and 10 minutes, respectively; protocols 8-9 ¿ washing with 35% Na2S2O3 for 5 and 10 minutes, respectively. After the antioxidant protocols 4 and 9, the samples were immediately restored. A negative control group was established in which the non-bleached dentine was restored. All the samples were hybridised by using adhesive system (Scotchbond Multipurpose), followed by preparation of blocks of composite resin (Filtek Z350 WB). After being stored at 100% humidity and 37oC for 24 hours, the samples were sectioned in order to obtain stick-like specimens. One half of the stick-like specimens which had been immediately obtained and the other half stored in distilled water for 6 months were submitted to micro-tensile test by using a universal testing machine. After statistical analysis using ANOVA and Tukey-Kramer test, it was found that all the protocols produced a significant reduction (p < 0.05) in the values of bond strength after aging, regardless of the protocol used. No statistical differences were found between all protocols to which sodium thiosulphate was applied, regardless of concentration and application time. However, the treatment with 35% Na2S2O3 for 10 minutes was the only protocol presenting adhesion values lower than that of the negative control (p<0.05). The samples restored 1 week after the whitening treatment showed adhesive values lower than those restored 2 weeks after. However, no statistic difference (p>0.05) was found in the protocols using 10% or 20% Na2S2O3 for 5 or 10 minutes compared to the samples restored 2 weeks after the whitening treatment. Therefore, washing the dentine with 10% or 20% Na2S2O3 for 5 minutes enables adhesive restorations with conventional system to be immediately performed following the whitening treatment with 35% hydrogen peroxide
Subject: Antioxidantes
Dentes - Clareamento
Água oxigenada
Adesivos dentinários
Resistência à tração
Editor: [s.n.]
Citation: CORRÊA, Ana Carolina Pimentel. Avaliação in vitro da eficiência do tiossulfato de sódio no restabelecimento da resistência da união à dentina intracoronária tratada com peróxido de hidrogênio 35%. 2015. 1 recurso online ( 99 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/290469>. Acesso em: 28 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_AnaCarolinaPimentel_D.pdf3.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.