Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290358
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Comportamento do primeiro molar permanente inferior, em crianças brasileiras com 24 a 84 meses
Author: Goraieb, Simone Miranda
Advisor: Usberti, Antonio Carlos, 1937-2007
Abstract: Resumo: A autora buscou através dessa pesquisa verificar o com¬portamento do primeiro molar permanente inferior, em crianças brasileiras, leucodermas, de 24 a 84 meses de idade, portadoras de oclusão normal. Com base nos resultados obtidos, verificou que o relacionamento angular do longo eixo do primeiro molar permanente inferior com a base mandibular aumentou com a idade, assim como o ângulo formado por este dente com o plano oclusal e o segundo molar decíduo inferior. Já o ângulo formado com o bordo anterior da mandíbula diminuiu com a idade. No relacionamento angular das cúspides vestibulares do primeiro molar permanente inferior com o plano oclusal observou-se uma tendência à diminuição com o aumento da idade devido à curva ascendente descrita por este dente durante a sua irrupção, sendo que esta diminuição angular com ,o aumento da idade foi verificada no relacionamento entre as cúspides e a base mandibular, assim como o bordo anterior da mandíbula. Devido a verticalização deste dente durante o processo eruptivo, o ângulo formado entre as cúspides deste molar com a linha mais distal do segundo molar decíduo inferior aumentou com a idade. Quanto às relações lineares, verificou-se uma diminuição da distância da porção mais mesial do primeiro molar permanente inferior e a distância mais distal do segundo molar decíduo inferior, porém não houve contato entre estes dentes antes que entrassem em oclusão. Na comparação dos métodos para determinação dos estágios De desenvolvimento dentário verificou-se uma coincidência nos resultados

Abstract: This search has the purpose to check the i irst lower permanent molar environment in Brazilian white children normal occlusion, with 24 to 84 months oi age. Our results showed that the angular relationship of the First lower permanent molar axis with the mandibular base increased with age like this long axis teeth angle and the occlusal plane, and with the second lower deciduous molar. The angle established with the anterior border of mandible has decreased with age. The angular relationship of vestibular cuspids of first lower permanent molar with the occlusal plane has decreased with age because this teeth described an ascendent curve in eruption. The same decrease was observed in the relation of this cuspids And the mandibular base and so wi th the anterior border of mandible. We observed a verticalization of this teeth during the eruption because the angle of the cuspids of this molar with the distal line oi second deciduous molar increased. We noted that the distal line of second deciduous molar and the mesial line first lower permanent molar distance decreased with age, but the contact was not established while the teeth was in occlusion. The methods to verify the teeth development stages showed a coincidence in results
Subject: Dente molar
Medidas de comprimento
Dentes deciduos - Erupção
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Goraieb_SimoneMiranda_M.pdf8.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.