Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290290
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Participação dos receptores opioides capa perifericos na modulação da resposta nociceptiva induzida pela administração de formalina na ATM de ratos de diferentes sexos e fases do ciclo estral
Author: Clemente-Napimoga, Juliana Trindade, 1978-
Advisor: Tambeli, Claudia Herrera, 1969-
Abstract: Resumo: Este estudo avaliou as diferenças sexuais na resposta nociceptiva induzida pela administração de formalina na articulação temporomandibular (ATM) com ou sem a co-administração do U50,488 (agonista do receptor opióide capa). As fases do ciclo estral das fêmeas foram citologicamente determinadas e apenas aquelas que apresentavam-se na fase diestro ou proestro, e machos foram incluídos. A formalina induziu um comportamento nociceptivo maior nas fêmeas em diestro do que nas fêmeas em proestro ou machos. O U50,488 reduziu significativamente as respostas nociceptivas induzidas pela formalina, e esta redução foi maior nas fêmeas, especialmente nas fêmeas da fase diestro do ciclo estral. A injeção do U50,488 na ATM contralateral não afetou na magnitude do comportamento induzido pela formalina, e o pré-tratamento com o antagonista seletivo do receptor opióide capa nor-binaltorphimine (norBNI) na ATM ipsilateral reduziu os efeitos antinociceptivos do U50,488. Estes resultados demonstram a ação dos receptores opióides capa periféricos na modulação da dor inflamatória. Além disso, considerando que os níveis plasmáticos dos hormônios ovarianos são baixos durante a fase diestro, estes resultados são consistentes com a hipótese de que os hormônios sexuais femininos podem ter uma ação analgésica na redução da dor inflamatória induzida pela formalina, assim como, também ter uma ação anti-analgésica nos efeitos mediados pelos receptores opióides capa

Abstract: This study examined sex differences in nociceptive responses induced by intra-temporomandibular joint (TMJ) formalin with and without co-administration of the ?-opioid receptor agonist U50,488. The estrous phase of females was cytologically determined; only those in either proestrus or diestrus, and males, were included. Formalin elicited significantly greater nociceptive behavior in diestrus females than in either proestrus females or males. U50,488 significantly reduced formalin nociceptive responses, and this reduction was significantly greater in females, especially in the diestrus phase of the estrous cycle. U50,488 injection into the contralateral TMJ failed to affect the magnitude of formalininduced behavior, and preinjection of the selective kappa-opioid receptor antagonist nor-binaltorphimine (nor-BNI) into the ipsilateral TMJ significantly reduced the antinociceptive effect of U50,488. These findings support a role for peripheral kappa-opioid receptors in the modulation of inflammatory pain. Furthermore, since plasma levels of ovarian hormones are lowest during diestrus, these findings are consistent with the suggestion that female sex hormones may play an analgesic role in reducing formalin-induced inflammatory pain, and may also play an anti-analgesic role, at least in ?-mediated effects
Subject: Articulação temporomandibular
Sexo - Diferenças
Dor
Opioides
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Clemente-Napimoga_JulianaTrindade_M.pdf883.58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.