Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290235
Type: TESE
Title: Fracture load and phase transformation in monolithic zirconia crowns submitted to hydrothermal or mechanical treatments = Carga à fratura e transformação de fase em coroas monolíticas de zircônia submetidas a envelhecimento hidrotérmico ou mecânico
Title Alternative: Carga à fratura e transformação de fase em coroas monolíticas de zircônia submetidas a envelhecimento hidrotérmico ou mecânico
Author: Bergamo, Edmara Tatiely Pedroso, 1985-
Advisor: Silva, Wander José da, 1980-
Abstract: Resumo: Os sistemas cerâmicos representam na odontologia uma alternativa aos metais na reabilitação protética, sendo que a zircônia é o material com melhores propriedades mecânicas. Coroas confeccionadas em zircônia sem aplicação de cerâmica de cobertura, chamadas monolíticas, têm se mostrado uma alternativa favorável para reabilitação oral, pois associam alta resistência à fratura e estética satisfatória, assim como evitam a complicação mais evidente em infraestruturas de zircônia que é a fratura da cerâmica de cobertura. A zircônia pura pode assumir 3 formas cristalográficas: monoclínica, tetragonal e cúbica, dependendo da temperatura. A união da zircônia com óxidos estabilizadores, como o óxido de ítrio (Y-TZP) faz com que a zircônia se mantenha na fase tetragonal. No entanto, a zircônia permanece metaestável e mediante relativamente baixas temperaturas, umidade e estresse uma progressiva transformação de fase de tetragonal para monoclínica pode ocorrer e afetar a resistência da mesma. Assim sendo, o presente estudo avaliou a carga à fratura e a transformação de fases da zircônia em coroas monolíticas submetidas ao envelhecimento através de testes térmicos e mecânicos. Setenta coroas monolíticas de zircônia (Y-TZP) foram cimentadas em réplicas de resina composta e separadas aleatoriamente em 5 grupos (n=14): Controle (C), sem tratamento; Envelhecimento hidrotérmico (EH), 122°C, 2 bar de pressão por 1 hora; Fadiga térmica (FT), 104 ciclos, de 5 a 55°C por 30 segundos; Fadiga Mecânica (FM), 106 ciclos, 70 N de carga, deslizamento de 1,5 mm da cúspide mesiopalatina com frequência de 1,4 Hz; e Fadiga Mecânica associada com tratamento térmico (FMT). Ao final de cada tratamento, a carga à fratura foi determinada em máquina de testes universal com célula de carga de 10KN e velocidade de 1mm/min (n=12/grupo). Avaliação de alterações de superfície e o modo e a origem da fratura foram realizadas no microscópio eletrônico de varredura. A transformação de fases foi analisada através da difração de raios X (n=2/grupo). Os dados de resistência à compressão foram analisados por Análise de variância a um fator e o nível de significância foi de 5%. Também foi realizada a distribuição de Weibull. Todas as restaurações sobreviveram aos testes de envelhecimento e não foram observadas diferenças significantes entre os tratamentos para a carga à fratura (p>0,05). O módulo de Weibull variou de 6,2 a 16,6, com diferença significativa para o grupo envelhecido pelo tratamento hidrotérmico. Falhas catastróficas com origem na superfície foram evidenciadas. Na análise da difração de raios X foi observado que houve transformação de fases, para todos os grupos, nas diferentes faces da coroa, variando entre 1,9 a 8,9%. Com base nos dados concluí-se que coroas monolíticas de zircônia evidenciam uma alta carga à fratura, confiabilidade estrutural e apresentaram baixa transformação de fase

Abstract: Nowadays, in dentistry, zirconia ceramic systems represent an alternative to metals in prosthetic treatment due to the excellent mechanical properties. Zirconia crowns made without porcelain veneering, called monolithic, have proven to be a favorable alternative to oral rehabilitation, as they associate high strength and satisfactory aesthetic, while avoiding the most known complications in zirconia prosthesis, chipping and delamination. Pure zirconia can assume three crystallographic forms: monoclinic, tetragonal and cubic depending on the temperature. The zirconia association with stabilizing oxides, such as yttrium oxide (Y-TZP), maintains the zirconia in the tetragonal phase at room temperature. Therefore, zirconia remains metastable and at low temperatures, with moisture and stress a progressive transformation of tetragonal to monoclinic phase can occur and affect its strength. The present study evaluated the fracture load and phase transformation of zirconia monolithic crowns submitted to thermal and mechanical aging tests. Seventy monolithic zirconia crowns (Y-TZP) were cemented in resin-based replica and randomly divided into 5 groups (n = 14): Control (C), no treatment; Hydrothermal aging (HA), 122°C, 2 bar for 1 hour; Thermal Fatigue (TF), 104 cycles between 5 and 55°C for 30 seconds; Mechanical Fatigue (FM) 106 cycles, with a load of 70 N sliding of 1.5 mm in mesiopalatal cusp at 1.4 Hz; Mechanical and Thermal Fatigue associated (MTF). After each treatment, the fracture load was determined in a universal testing machine with 10KN load and speed of 1mm/min (n=12/group). Surface modifications and fracture origin and mode were evaluated by scanning electron microscope. The phase transformation was analyzed by x-ray diffraction (n=2/group). The fracture load data were analyzed by one-way ANOVA at a level of 5%. Also, the Weibull distribution was performed. All restorations survived the aging tests and no significant differences were observed in between treatments (p> 0.05). There was no statistically significant difference in the mean fracture load and characteristic fracture load among the groups (p>.05). The Weibull modulus ranged from 6.2 to 16.6, with significant difference between control and hydrothermal aging groups. Catastrophic failures were observed. Phase transformation was shown at the different surfaces of the crown in all groups (1.8-8.9%). In conclusion, monolithic zirconia crowns showed high fracture load, structural reliability and low phase transformation
Subject: Prótese dentária
Coroas (Odontologia)
Materiais dentários
Resistência de materiais
Raios X - Difração
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bergamo_EdmaraTatielyPedroso_M.pdf7.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.