Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290209
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Analise da fadiga dos musculos da mastigação e craniocervicofaciais em portadores de parafunção oclusal : um estudo eletromiografico
Author: Semeghini, Tatiana Adamov
Advisor: Pedro, Vanessa Monteiro
Abstract: Resumo: A proposta deste estudo foi avaliar a fadiga e alterações no padrão dos músculos mastigatórios e cervicais (Temporal - fibras anteriores - , Masseter, e Estemocleidomastoideo) na presença de parafunção oclusal (P. O.), através da eletromiografia. Foram estudados 20 voluntários do sexo feminino, (18 - 35 ; X=26,5), divididos em dois grupos: Grupo Controle (C.) - 10 voluntários considerados clinicamente normais, e Grupo P.O. - 10 voluntários portadores de P. O. Os sinais eletromiográficos foram coletados bilateralmente em todos os voluntários, nas situações de repouso, durante as mastigações isométrica e isotônica dos músculos temporal e masseter, e na contração isométrica voluntária máxima (CIVM) do músculo estemocleidomastoideo (BCM). A análise dos dados foi feita a partir do sinal mio elétrico normalizado pela percentagem da CIVM de cada músculo. Os dados também foram avaliados pela envoltória não normalizada do sinal EMG bruto (RMS), pela densidade espectral de potência (DEP) e freqüência mediana do sinal (FMed), pelo software MATLAB, comparando os resultados existentes entre os dois grupos, e também entre dois ciclos mastigatórios, analisados estatisticamente pelos testes t (considerando variâncias não iguais), das ordens assinaladas de Wilcoxon, e dos sinais. Não foram encontradas diferenças significativas pelos métodos estatísticos usados nos dados previamente normalizados pela percentagem da CIVM de cada músculo entre os grupos C e P. O tanto no repouso quanto na mastigação isométrica. Por outro lado, a análise da envoltória não - normalizada pelo software Matlab no repouso demonstrou um aumento significativo da amplitude do RMS bruto nos MM. Temporais em portadores de P.O. Analisando - se a mastigação isotônica, os músculos Temporal esquerdo e ECM direito se revelaram como músculos que mais sofreram alterações no espectro de freqüência, e portanto apresentaram indícios de fadiga muscular durante as coletas. Ainda nesta situação, os músculos Temporais foram considerados os mais comprometidos em voluntários portadores de P. O., juntamente com os ECMs. A eletromiografia de superfície se mostrou ser um instrumento de investigação relevante, pois através do estudo computadorizado do sinal mioelétrico foram encontrados fortes indícios de fadiga nos músculos estudados, sugerindo que a hiperatividade muscular causada pela parafunção oclusal pode ser considerada um fator etiológico extremamente importante nas DCMs. Entretanto, a análise das freqüências do Masseter esquerdo nos movimentos isotônicos se mostrou incerta, indicando a necessidade da realização de mais estudos para a consolidação da metodologia usada nesta pesquisa

Abstract: The purpose of the present study was to evaluate the fatigue and bilateral alterations ip. the pattem mioelectrical activity in masticatory and cervical muscles (Temporal- anterior fibres -, Masseter, and Stemocleidomastoid) on presence of Occlusal Parafunction (O. P.), through EMG. The electric activity was measured in 20 female volunteers (18 - 35; X=26,5), divided into two groups: Control Group (C.) - with 10 healthy volunteers, and P.O. Group - 10 volunteers with O. P. EMG signals had been collected in alI volunteers, during rest, chewing and clenching contractions. The data analysis was made from the myoelectrical signal normalized by the percentage of the MVC of each muscle. The data had been also evaluated by the profiles without normalization of EMG signal (RMS), by the power spectral analysis (PSA) and median frequency analysis (MdF) - software MATLAB - comparing the results between groups, and between two masticatory cycles either, estatisticament analyzed for t test (considering unequal variances), Wilcoxon test, and the signs testo No significant differences for the used statistical methods was found in the data previously normalized by the percentage of the CIVM of each muscle between groups C . and O. P., as much in the rest as clenching contractions. On the other hand, the analysis of the profiles without normalization from Matlab software in rest was demonstrated a significant increase in RMS amplitude from Temporal muscles in O.P. volunteers. Analyzing the chewing, left Temporal and right ECM had disclosed as muscles that more suffer spectral changes from frequency, and therefore presenting indications of muscular fatigue during the study. Still in this situation, the Temporal muscles had been considered the most compromised in O. P. volunteers, with ECM muscles. The surface electromiography was an important investigation tool, because trhough the mioelectrical computer studied were finding strong fatigue traces in analysed musculature, suggesting the muscular hiperactivity caused by occlusal parafunction may be considered a very important ethiological factor in CMD. However, the frequencies analysis of the left Masseter in the chewing movements was showed uncertain, indicating that more studies are needed for the consolidation of the methodology used in this research
Subject: Eletromiografia
Fadiga
Bruxismo
Articulação temporomandibular - Doenças
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Semeghini_TatianaAdamov_M.pdf3.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.