Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290202
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Comparação entre métodos de fixação interna utilizadas no tratamento de fraturas do ângulo mandibular = estudo mecânico
Title Alternative: Comparison of internal fixation methods in the management of mandibular angle fractures : mechanical study
Author: Lyrio, Mariana Camilo Negreiros, 1980-
Advisor: Pereira Filho, Valfrido Antonio
Filho, Valfrido Antonio Pereira
Abstract: Resumo: Apesar dos diversos tipos de fixação interna existentes ainda não há um consenso quanto ao método de imobilização das fraturas do ângulo mandibular. Além disso, são poucos os estudos sobre a utilização de placas grade ultimamente lançadas no mercado. O presente estudo visou avaliar comparativamente a resistência entre três tipos de fixação interna em réplicas de hemimandíbulas de poliuretano seccionadas na região de ângulo mandibular, simulando uma fratura linear. As formas de fixação incluíram a utilização de placas em forma de grade com e sem barra intermediária e o método descrito por Champy (1978). O objetivo foi definir por meio de análise mecânica a técnica que permitiu maior resistência na fixação deste tipo de fratura. Os testes de carregamento linear vertical foram realizados em amostras de cada grupo estudado (n = 10) utilizando uma unidade de testes mecânicos para registro da carga atingida, nos momentos que o deslocamento vertical alcançou 3 mm e 5 mm. Médias e desvio padrão foram avaliados aplicando-se a Análise de Variância e o teste de Duncan em nível de significância de 5%. Concluiu-se que a técnica de fixação interna para as fraturas de ângulo mandibular descrita por Champy (1976) foi a mais resistente e, que a inclusão de barra vertical intermediária nas placas grade não ofereceu aumento da resistência quando comparadas às placas grade sem barra

Abstract: Although there are several methods of stable fixation, there is no consensus about the treatment of mandibular angle fractures, Also, there are few studies about grid plates recently commercially available. This study compares the resistance of three fixation methods in polyurethane hemimandible replicas. Those were osteotomized at the angle region to simulate a linear fracture. Fixation methods were four-hole 2.0mm grid plates with and without a vertical intermediate bar and 2.0mm four-hole straight plate. The objective was to determine, through mechanical analysis, the fixation method that results in greater resistance to displacement. The hemimandibles were submitted to vertical linear loading in a mechanical test unit for registration of load after displacement of 3 and 5mm. Means and standard deviation were determined. Variance analysis and Ducan's test were applied considering a significance level of 5%. Results showed that the 2.0 four-hole plates, positioned according to the Champy technique, provide greater stability than the grid plates. When a vertical intermediate bar was added to the grid plates, resistance of the system was not increased
Subject: Placas ósseas
Força de mordida
Força compressiva
Resistência de materiais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lyrio_MarianaCamiloNegreiros_D.pdf26.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.