Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290161
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Análise da correlação entre a morfologia do arco dental e da eminência articular em imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico
Title Alternative: Analysis of the correlation between dental arch and articular eminence morphology through cone beam computed tomography
Author: Verner, Francielle Silvestre, 1986-
Advisor: Almeida, Solange Maria de, 1959-
Abstract: Resumo: As características dentárias podem influenciar diretamente na determinação da morfologia da eminência articular (EA). Entretanto, até o presente momento, os estudos se restringiram a correlacionar a morfologia da EA com perdas dentárias e má-oclusões. Neste contexto, torna-se importante a realização de estudos que estabeleçam uma possível correlação entre a morfologia dos arcos dentais e da EA em pacientes que não apresentem alterações oclusais ou ausências dentárias. O objetivo no presente estudo foi avaliar a correlação entre a morfologia do arco dental e da EA por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). Foram utilizadas imagens de 60 pacientes, sem ausências dentárias ou alterações oclusais, e que apresentassem Classe I de Angle. As imagens foram avaliadas por três especialistas em Radiologia Odontológica, instruídos a realizar mensurações da altura (EAh) e inclinação da EA (ângulos 'alfa' e 'beta'), nas regiões centrais, laterais e médias, e inclinação da parede lateral da fossa mandibular (ângulo 'sigma'). Foram avaliadas as medidas da largura, profundidade e perímetro dos arcos dentários superior e inferior. Posteriormente, os arcos foram classificados quanto às formas cônica, quadrangular e ovoide. Após 30 dias 10% da amostra foi reavaliada, para cálculo do índice de correlação intraclasse (ICC). Foram obtidas as médias e desvio-padrão das mensurações realizadas na EA e nos arcos dentais, em cada uma das formas encontradas, que foram comparadas por meio da análise de variância (ANOVA) um fator e teste de 'Tukey'. Para verificar a correlação entre os arcos e a EA foi calculado o coeficiente de Correlação de Pearson. A influência das medidas dos arcos nas medidas da EA foi determinada por meio de regressão linear. O nível de significância foi de 5%. O ICC variou de satisfatório a excelente. Para a EA, o ângulo 'beta' na forma ovoide foi diferente no corte central do lado direito e em todos os cortes do lado esquerdo. O ângulo 'alfa', também na forma ovoide, diferiu no corte central direito e lateral esquerdo. E o ângulo 'sigma' no corte central esquerdo entre as formas quadrangular e ovoide. Na forma cônica observaram-se o maior número de correlações, seguida das formas ovoide e quadrangular. A altura da EA foi a característica mais correlacionada às medidas dos arcos. Os perímetros dos arcos superiores e inferiores influenciaram a altura da EA no lado esquerdo. No arco inferior, IC influenciou 'alfa' e 'beta' dos lados direito e esquerdo, IL influenciou 'alfa' do lado direito, 2PM influenciou 'alfa' do lado esquerdo e 'beta' dos lados direito e esquerdo, e 1M influenciou 'alfa' do lado direito. No arco superior, IC influenciou a altura da EA do lado esquerdo. Pode-se concluir que houve correlação entre as diferentes características dos arcos dentais com a morfologia da eminência articular. A forma cônica apresentou maior número de correlações e, portanto, modificações nas características dos arcos cônicos podem representar maior potencial em gerar alterações morfológicas na eminência articular

Abstract: The dental features can directly influence in determining the morphology of the articular eminence (EA). However, to date, the studies have been restricted to correlate EA morphology with dental losses and malocclusions. In this context, it is important to conduct studies to establish a possible correlation between the dental arches and EA morphology in patients with no occlusal alterations or missing teeth. The aim in this study was to evaluate the correlation between dental arch and articular eminence (AE) morphology by cone beam computed tomography (CBCT). Three dental radiologists analyzed images from 60 patients without dental absences neither occlusal alterations, and classified as Class I of Angle. The images were evaluated by three oral radiologists, and the height (AEh), the slope of AE ('alpha' e 'beta' angles), at central, lateral and medial positions, and lateral inclination ('sigma' angle) of mandibular fossae were measured. The measures of width, depth and perimeter of maxillary and mandibular arches were evaluated. Then, the arches were subjectively classified according to tapered, squared and ovoid shapes. After 30 days, 10% of the sample was reevaluated. Mean and standard deviation of the measures in AE and dental arches were obtained in each shape, and compared by ANOVA (one way) and "Tukey" test. To verify the correlation between arches and AE, the Pearson Correlation coefficient was calculated. The influence of arches' measures on AE's measures was determined by linear regression. The level of significance was 5%. For dental arches, the measures of depth and perimeter of square arches were different from the other shapes, in both arches. The measures CI and 2PM were different on upper and lower arches, respectively, between the tapered and square shapes. For the AE, the 'beta' angle on the ovoid shape was different on central slice on the right side and on all slices on the left side. The 'alpha' angle, also on the ovoid shape, differed on central right slice and lateral left. And the 'sigma' angle on central left slice between square and ovoid shapes. In general, the measures in men were higher than in women, but only the 'beta' angle on medial right slice, the measures C, 2PM, 1M and perimeter from upper arch, and 1PM and PM from lower arch, showed significant differences. On the tapered shape, there was the highest number of correlations, followed by ovoid and square shapes. The height of AE was the most correlated feature to the measures of the arches. The perimeter of the upper and lower arches influenced on the height of the AE on the left side. On lower arch, CI influenced 'alpha' and 'beta' on both sides, IL influenced 'alpha' on the right side, 2PM influenced 'alfa' on the left side and 'beta' on both sides, and 1M influenced 'beta' on the right side. On the upper arch, CI influenced the height of the AE on the left side. It can be concluded that there was correlation between the different features of the dental arches with the AE morphology. The tapered shape showed a higher number of correlations and, therefore, changing in the features of the tapered arches may represent greater potential in generating morphological changes in the AE
Subject: Arcada dentária
Articulação temporomandibular
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Editor: [s.n.]
Citation: VERNER, Francielle Silvestre. Análise da correlação entre a morfologia do arco dental e da eminência articular em imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico. 2015. 73 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/290161>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Verner_FrancielleSilvestre_D.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.