Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290146
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito da irradiação local por eletrons no processo de reparação tecidual, em ratos diabeticos
Author: Ferreira, Rivea Ines
Advisor: Almeida, Solange Maria de, 1959-
Abstract: Resumo: As radiações ionizantes e certos estados patológicos, como a diabetes mellitus, determinam alterações nos fenômenos biológicos do reparo tecidual. O presente trabalho experimental teve por finalidade pesquisar o efeito da irradiação por elétrons sobre os componentes do tecido de granulação, na pele de ratos diabéticos. Para tanto, 48 ratos da linhagem Wistar foram separados em 4 grupos: animais-controle, animais normais irradiados, animais diabéticos e animais diabéticos irradiados. Inicialmente, o estado diabético foi induzido por meio da administração intravenosa de estreptozotocina. Após 15 dias da indução, todos os animais foram submetidos a um ato cirúrgico para a realização de uma ferida excisional, na região dorsal anterior. No 3° dia pós-operatório, apenas uma área que compreendia cerca de 1cm, lateralmente a cada margem do ferimento, foi irradiada com uma dose única de 1,OGy, por feixes de elétrons com 6MeV de energia. A reparação tecidual foi estudada aos 4,7,13 e 21 dias que sucederam a cirurgia, por microscopias ópticas comum e de polarização. Empregou-se as técnicas de coloração por hematoxilina-eosina, visando à observação das características morfológicas do tecido de granulação, e, picrosirius, com a finalidade de identificar e avaliar a maturação do colágeno neoformado. Para a detecção do dicroísmo linear, que se relaciona à organização macromolecular dos feixes de fibras colágenas, uma parte das amostras teciduais foi submetida à reação histoquímica com o azul de toluidina a 0,025%, em pH 4,0. A avaliação, essencialmente qualitativa, das amostras teciduais permitiu concluir-se que: 1. A irradiação local causou um retardo na cicatrização, por atrasar os eventos proliferativos. Contudo, não impediu que o processo de reparo culminasse na restauração tecidual; 2. Os desequilíbrios metabólicos inerentes à diabetes atuaram em sinergismo com a irradiação no retardo da reparação tecidual, não somente por adiarem a fase proliferativa, mas também por condicionarem a persistência da fase inflamatória; 3. A irradiação e o estado diabético ocasionaram uma redução no conteúdo de colágeno, do tecido de granulação, que foi mais acentuada para os animais diabéticos irradiados

Abstract: Ionizing radiations and certain pathologic states, such as diabetes mellitus, have major impact on the biologic phenomena of tissue repair. The aim of the present experimental research was to investigate the effect of electron irradiation on skin granulation tissue components, in diabetic rats. In this study, 48 Wistar rats were divided into 4 groups: control animais; normal irradiated animais; diabetic animais and diabetic irradiated animais. First, diabetes mellitus was induced, in the last two groups, by a single intravenous injection of streptozotocin. Fifteen days later, ali the animais underwent a surgery in arder to make an excisional wound in the anterior dorsal skin. On the third day postoperation, only an area approximately 1cm wide around the wounds was exposed to 1Gy of 6MeV electron beam radiation, delivered in a single dose. Wound healing was examined at 4,7, 13, and 21 day time intervals after wounding by ordinary and polarized light microscopies. Hematoxylin and eosin staining was used for the study of morphological aspects of the newly formed granulation tissue. For specific identification and evaluation of collagen maturation, some tissue sections were stained with picrosirius red. In order to detect the linear dichroism, that is related to the macromolecular organization of collagen fibers, other tissue sections were stained with 0.025% toluidine-blue aqueous solution, at pH 4.0. Based upon the essentially qualitative evaluation of granulation tissue, it was possible to conclude that: 1. Local irradiation caused a delay in wound healing, as a consequence of the retardation in the proliferative events. However, ali the wounds ultimately have closed; 2. Diabetes associated dysfunctions and electron irradiation acted synergistically in delaying tissue repair, not only by postponing proliferative phase, but also by prolonging inflammatory phase; 3. Irradiation and diabetic state determined a decrease in collagen content, in the granulation tissue, which was more pronounced in diabetic irradiated animais
Subject: Radiação ionizante
Diabetes Mellitus
Radiobiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_RiveaInes_M.pdf19.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.