Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290134
Type: TESE
Title: Avaliação do efeito do selenito de sódio em dentes de filhotes de ratas irradicadas
Title Alternative: Evaluation of sodium selenite effect on offspring teeth of irradiated female rats
Author: Neves, Ellen Gaby
Advisor: Almeida, Solange Maria de, 1959-
Abstract: Resumo: O objetivo, neste trabalho, foi avaliar o efeito do selenito de sódio em molares de filhotes de ratas irradiadas. Foram utilizadas 20 ratas grávidas divididas aleatoriamente em quatro grupos experimentais: controle, selênio, irradiado e selênio irradiado. As ratas dos grupos irradiado e selênio irradiado receberam na região abdominal dose única de 4 Gy de radiação X, sendo que o momento da irradiação correspondeu a da fase de sino da odontogênese, 19º dia de gestação. Os animais dos grupos selênio e selênio irradiado receberam 0,3 mg/kg de selenito de sódio aos 18 dias de gestação e o grupo controle foi composto por animais que não receberam selenito de sódio e nem foram irradiados. Os filhotes foram sacrificados aos 3 e 4 dias de nascimento para a avaliação da birrefringência da matriz orgânica do esmalte com o auxílio do microscópio de polarização e aos 30 dias de idade para avaliação da dimensão intercuspídea dos molares por meio da microscopia eletrônica de varredura. Os dados foram submetidos à análise de variância (p?0,05). Por meio da birrefringência, foi possível observar os efeitos deletérios da radiação, uma vez que os grupos irradiados diferiram estatisticamente dos grupos não irradiados, em todos os tempos de estudo. Porém, não houve diferença estatística entre os grupos selênio irradiado e irradiado. Foi observado também diferença estatística entre os grupos controle e selênio no tempo de 4 dias, demonstrando a toxicidade do selenito para esse tempo de estudo. A análise das distâncias intercuspídeas dos molares demonstrou atraso no desenvolvimento desses dentes, sendo observada diferença estatística entre os grupos controle e irradiado, nas medidas lineares mésio-distal, vestíbulo-lingual mesial e vestíbulo-lingual central dos dentes superiores e vestíbulo-lingual distal dos dentes inferiores. Entre os grupos selênio irradiado e irradiado, não foi observada diferença estatística nos dentes inferiores e entre o grupo controle e selênio não houve diferença estatística em nenhuma das medidas realizadas. Baseado nesses resultados pôde-se concluir que o selenito de sódio não teve ação radioprotetora e teve efeito tóxico nos tempos iniciais em molares de filhotes de ratas irradiadas durante a odontogênese.

Abstract: The aim of this study was to evaluate the sodium selenite effect on offspring molars of irradiated female rats. For this purpose, twenty pregnant female rats were used and divided into four experimental groups: control, selenium, irradiated and selenium-irradiated. The animals of the irradiated and selenium-irradiated groups received a single exposure dose of 4 Gy of X rays in the abdominal region, at this moment the molar is in the bell stage of odontogenesis, 19º gestation days. The animals of the selenium and selenium-irradiated group received 0,3 mg/kg of sodium selenite (i.p) at eighteen days of pregnancy and the animals of the control group did not received neither sodium selenite nor irradiation. The pups were sacrificed at 3 and 4 days of birth for the organic enamel matrix birefringence evaluation using a polarizing microscope and at 30 days of birth for assessment of the molar intercuspal size by scanning electron microscopy. Data were submitted to statistical analysis ANOVA (p?0,05). It was possible to observe, by the birrefringence, the deleterious effects of radiation. There was a statistically significant difference between the irradiated groups and no irradiated groups on all times of the study. By the way, there was not a statistically significant difference between selenium-irradiated and irradiated groups. It was also observed statistically significant difference between control and selenium groups in the fourth day, showing the selenium toxicity. The analysis of molars intercuspal distances presented a delayed development, with statistical difference between control and irradiated groups. In the linear measurements mesiodistal, buccolingual mesial cusp and buccolingual center cusp of the upper teeth and buccolingual distal cusp of the lower teeth. Between the selenium-irradiated and irradiated groups there was no statistical difference of the lower teeth and between control and selenium groups there was no statistical difference in any of the measurements. Based on these results, it was possible to conclude that sodium selenite did not present a radioprotective effect and present a toxic effect on the initial times on offspring molars of irradiated female rats during odontogenesis.
Subject: Radioterapia
Esmalte dentário
Birrefringência
Microscopia eletrônica de varredura
Selenio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Neves_EllenGaby_D.pdf2.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.