Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290126
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Infiltração marginal em restaurações de amalgama de prata sob influencia de formas de condensação e uso de materiais intermediarios na interface marginal
Author: Pinto, Marcia Bueno
Advisor: Consani, Simonides, 1939-
Abstract: Resumo: A proposta deste estudo "in vitro" foi avaliar a capacidade de selamento de restaurações de amálgama de prata submetidas à três técnicas de condensação (manual, mecânica e ultra-sônica) utilizando-se, como materiais intermediários, adesivo dentinário, cimento de ionômero de vidro modificado por resina, cimento resinoso, verniz copal e, como controle, somente amálgama. Foram preparadas cavidades tipo classe V na raiz de 210 dentes incisivos de bovinos, com 4 mm no maior tamanho no sentido cervico-oclusal e mésio-distal e 1,5 mm de profundidade com todas as margens localizadas em dentina. Os dentes foram divididos em 5 grupos com 42 dentes em cada um sendo que um dos grupos foi utilizado como controle, sem material intermediário (G1) e cada um dos outros quatro grupo recebeu um material intermediário diferente e as três formas de condensação. Antes da condensação do amálgama (Dispersalloy) as cavidades foram tratadas de acordo com as instruções dos fabricantes com Copalite (G2), Vitremer (G3), Enforce + Prime & Bond 2.1 (G4) e Prime & Bond 2.1(05). As amostras ficaram armazenadas em solução salina durante 30 dias e, a cada 15 dias, foi realizado uma termociclagem que constou de 500 ciclos cada, com tempo de 15 segoem cada banho e temperaturas de 5°C e 55° C. Depois da fadiga térmica as amostras foram mergulhadas em solução de fucsina básica 0,5% à temperatura ambiente durante 24h depois das quais foram lavadas e incluídas em resina acrílica para seccionamento em máquina específica (LABCUT). De cada restauração foram obtidos 3 ou 4 cortes e aquele que apresentou a maior penetração de corante, foi fotografado no Estereomicroscópio e avaliado em graus que variaram entre "0" (sem infiltração) até "3" (máxima infiltração). Os resultados foram submetidos à testes estatísticos de 'X POT. 2¿ e pode-se observar que as formas de condensação não afetaram significativamente a quantidade de infiltração observada. No entanto, quando consideramos apenas a presença ou não de infiltração, os testes estatísticos mostraram que a condensação manual foi superior as outras duas (mecânica e ultrassônica) mostrando uma microinfiltração significativamente menor. Também foi possível verificar que as amostras com Prime & Bond 2.1 e o grupo sem material intermediário mostraram significativamente menos infiltração do que o grupo com Enforce + Prime & Bond 2.1. O grupo com Copalite mostrou um pior resultado apenas quando comparado ao grupo controle sendo semelhante a todos os outros grupos testados. O grupo com Vitremer mostrou-se significantemente melhor do que grupo com Enforce + Prime & Bond 2.1

Abstract: The purpose of this "in vitro" study was to determine the sealing ability of amalgam restorations submit to 3 condensation techniques underlined with adhesive systems, resin modified glass ionomer, copal varnish and amalgam only, wich was use as control. Class V cavities were made in 210 bovine incisor teeth. The cavities had 4mm in diameter and 1.5mm in depth and were prepared at the root in such way that the margins were established in dentin. Before packing the amalgam (Dispersalloy), the cavities were treated, according to the manufacturer's direction, with Copalite Varnish, Vitremer, Enforce + Prime & Bond 2.1 and Prime & Bond 2.1.The sample remained stored in saline solution for a months and in the meantime they were thennocycled. Each thennocycling comprised of 500 cycles between 5° and 55° C with a dwell time of 15 seconds. After the tennal stress the sample were immersed in 0.5% basic fucsin solution 24 h. and washed. The teeth were embedded in resin acrylic and sectioned in a cutting machine (LABCUT). Three to four buccal-lingual cuts, including the restoration were obtained and the microleakage scored from "0" (no leakage) to "3" (maximum leakage). The highest score for each tooth was considered. Chi-square test was applied to the results and the following observations could be drawn: the 3 different condensation techniques did not significantly affect microleakage. It was also possible to observe that the specimens with Prime & Bond 2.1 and control grup showed signficatly less leakage the Enforce + Prime & Bond 2.1. No significantly difference between Copalite and the other groups, except the was obsered G1(control). The Vitremer was only significantly better than G4
Subject: Amalgama dentário
Adesivos dentários
Microscopia eletrônica de varredura
Cimentos dentários
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pinto_MarciaBueno_D.pdf20.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.