Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290124
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influencia da posição e do numero de muflas no microondas sobre a liberação de monomero residual, dureza de superficie e porosidade da resina acrilica Acron MC
Author: Oliveira, Viviane Maia Barreto de
Advisor: Consani, Simonides, 1939-
Abstract: Resumo: Existem dúvidas quanto à eficácia da polimerização quando mais de uma mufla é inserida simultaneamente no microondas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da posição e do número de muflas sobre a liberação de monômero residual (MR), porosidade superficial (P) e dureza Knoop (D) da resina Acron MC polimerizável em microondas. Foram confeccionados 90 corpos-de-prova, medindo 32,5 x 10,0 x 2,5 mm polimerizados em microondas a 500 W, considerando como controle a posição da mufla no centro do prato giratório (GI) e, como grupos experimentais, as posições no centro (GUa) e na extremidade (GlIb) do prato, bem como a utilização de duas muflas centralizadas, uma sobre a outra (GUIa e GIIlb). O tempo de processamento variou de acordo com o número de muflas: 3 ou 4,5 minutos. para 1 ou 2 muflas, respectivamente. Para a liberação de monômero em água, cada amostra foi colocada em tubo de ensaio com 6 mL de água deionizada, e diariamente substituída. Os níveis de monômero foram obtidos em espectrofotômetro, a 206 nm, após 24, 48, 72, 96, 120 e 144 horas. Para o ensaio de dureza, 12 indentações foram feitas na superficie das amostras após 144 horas de armazenamento em água (37+-2° C), enquanto a porosidade superficial foi avaliada pela imersão das amostras em tinta nanquim e a leitura realizada em lupa estereoscópica com aumento de 40X. Os resultados encontrados foram: 1) Liberação de monômero quanto aos tratamentos: GI= 82,0(197,4)b, GIIa=44,1(98,l)b, GIIb= 63,9(183,0)b, GIIIa= 189,1 (436,)a, GIIIb= 26,1(88,8)c 2) Liberação de monômero quanto aos tempos: 24h= 335,8(501,3)a, 48h= 66,1 (146,0)b, 72h= 35,7(51,0)c, 96h= 19,6(21,9)c, 120h= 14,5(16,4)d, 144h= 14,7(19,1)d 3) Dureza de superficie: GI=18,1(3,5)a, GIIa=17,1(1,9)a, GIIb=16,3(3,2)a, GUIa=16,8(3,9)a, GIIIb=17,6(2,5)a; 4) Porosidade: GI=7,2(9,4)a, GIIa=19,3(36,0)a, GIIb=20,8(28,2)a, GIIIa=24,3(42,6)a, GIIIb=13,2(13,9)a Para análise estatística foi realizada a análise de variância (ANOV A) e o teste de Dunnet na análise da liberação de monômero quanto aos tratamentos e de Tukey na análise da liberação de monômero quanto aos tempos (p<O,O5). Assim, de acordo com os resultados obtidos, a posição das muflas interferiu na polimerização das resinas, quanto à liberação de monômero nos grupos GIIIa e GIIIb, porém não o fez em relação à dureza de superfície e porosidade

Abstract: In attempt to save working time, microwave-polymerized dentures can be processed simultaneously. However, little concern exists about possible uneven acrylic resin polymerization when inserting multiple flasks in a microwave oven. Thus, this .study evaluated the effect of number and position of flasks in the monomer release, Knoop hardness and porosity of a microwave-cured acrylic resin. Samples were made of Acron MC (AMC, GC lnt.) and processed under 500 W. The following flask number-position associations were tested: one simple flask centraI1y placed over the tuming plate (I control); two flasks, one in the center (IIa) and the other marginally placed in the plate (llb); two flasks centrally placed over the plate, one above (IIIa) and the other below (IIIb). The processing time varied according to the number of flasks: 3 minutes or 4.5 minutes for 1 or 2 flasks inserted, respectively. For monomer released in water, each specimen (18 in each group) was put in an assay glass tube containing 6 mL of deionized water, which was daily changed. Monomer levels were obtained by spectrophotometry at 206 nm, after 24, 28, 72, 96, 120 e 144 hours. For hardness test, 12 indentations were done in the surface of 12 specimens in each group, after 144 h of water storage. The porosity was verified by immersing the polished specimens in permanent ink, and counted through a stereo light microscope. The results found were: 1) Monomer release by groups: GI= 82,0(197,4)b, GIIa=44,1(98,l)b, GIIb= 63,9(183,0)b, GIIIa= 189,1 (436,)a, GIIIb= 26,1(88,8)c 2) Monomer release by time: 24h= 335,8(501,3)a, 48h= 66,1 (146,0)b, 72h= 35,7(51,0)c, 96h= 19,6(21,9)c, 120h= 14,5(16,4)d, 144h= 14,7(19,1)d 3) Knoop hardness: GI=18,1(3,5)a, GIIa=17,1(1,9)a, GIIb=16,3(3,2)a, GUIa=16,8(3,9)a, GIIIb=17,6(2,5)a; 4) Porosity: GI=7,2(9,4)a, GIIa=19,3(36,0)a, GIIb=20,8(28,2)a, GIIIa=24,3(42,6)a, GIIIb=13,2(13,9)a There was no statistical significant difference (p<O.O5) arnong all groups for Knoop hardness and porosity but the position of flasks interfere in the monomer release in GIDa and GIllb, using Tukey's and Dunnet's tests
Subject: Micro-ondas
Polimerização
Resinas acrílicas dentárias
Resistência dos materiais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_VivianeMaiaBarretode_M.pdf4.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.