Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290108
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação do laser Er:YAG como condicionador de esmalte e dentina para procedimento de união a materiais resinosos
Author: Guimarães, Priscilla Santos
Advisor: Consani, Simonides, 1939-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi verificar: 1) qual nível de energia que produziria o aspecto morfológico mais próximo do esmalte e dentina condicionados pelo ácido fosfórico no tecido dental irradiado por laser Er:YAG, por meio da observação ao microscópio eletrônico de varredura; 2) a resistência de união à tração de um sistema adesivo sobre superfícies de esmalte e dentina tratados com ácido fosfórico ou com laser Er:YAG, utilizando a energia estabelecida na observação morfológica. Para esta observação foram utilizados quatro terceiros molares humanos hígidos, extraídos por razões ortodônticas, que tiveram suas coroas separadas das respectivas raízes e então, seccionadas ao meio, no sentido mésio-distal. As superfícies vestibulares em esmalte, foram irradiadas com laser Er:Y AG, sob refrigeração com água, em sete pontos de incidência. Foram utilizados os seguintes níveis de energia, para cada ponto irradiado: 60, 100, 160, 200, 300, 400 e 500 mJ. A superfície lingual dos dentes foi preparada com pontas diamantadas em alta rotação, sob refrigeração, até exposição da dentina, sendo em seguida irradiada da mesma forma descrita. Decorridas 48 horas após a irradiação, as amostras foram metalizadas e observadas ao microscópio eletrônico de varredura. Para o ensaio de resistência de união foram utilizados 40 terceiros molares humanos hígidos, que tiveram suas raízes seccionadas e as coroas foram incluídas em resina acrílica ativada quimicamente em cilindros de plástico, com 20 mm de diâmetro externo por 20 mm de altura, com a face oclusal voltada para cima. Os cilindros de resina contendo as porções dentárias foram separados aleatoriamente em quatro grupos de 10 amostras cada, de acordo com o tipo de tecido e de condicionamento a ser empregado. Em seguida, as amostras foram desgastadas em politriz horizontal com lixas d'água de granulação 220, 400, 600, 800 e 1000. As superfícies das amostras foram examinadas em lupa estereoscópica, para assegurar que na região de teste só houvesse esmalte ou dentina expostos, dependendo do grupo experimental ao qual pertencem. A obtenção dos corpos-de-prova para o ensaio de tração foi realizada com um dispositivo, preconizado pela ISO, visando um perfeito alinhamento durante o procedimento de união. Os grupos 1 e 3 tiveram suas superfícies condicionadas com laser Er:Y AG com potência de 100 mJ, selecionada a partir dos resultados obtidos na observação morfológica; e as amostras dos grupos 2 e 4 foram condicionadas com ácido fosfórico a 35%, por 15 segundos. O sistema adesivo empregado para todos os grupos foi o Single-Bond (3M) e a resina Z-250 (3M), de acordo com instruções do fabricante. O ensaio de tração foi realizado 24 horas após o procedimento de união, em máquina de ensaio universallnstron modelo 4411, à velocidade de 0,5 mm/min. Os resultados foram submetidos ao teste de Tukey em nível de 5% de probabilidade. O aspecto morfológico das amostras irradiadas com laser Er:Y AG com potência de 100 mJ por pulso, apresentou-se como o mais favorável para o procedimento de união com materiais resinosos, tanto em esmalte quanto em dentina. Os valores médios de resistência de união ao esmalte e dentina condicionados com laser Er:YAG foram estatisticamente inferiores (p<0,05) àqueles obtidos para o condicionamento com ácido fosfórico. Os valores médios de resistência de união ao esmalte foram estatisticamente superiores àqueles para o tecido dentinário (p<0,05), independente do tipo de condicionamento utilizado

Abstract: The purpose of this study was to verify: 1) the energy levei that could produce the morphologic aspect similar to dental tissues conditioned with phosphoric acid on dental tissues irradiated by Er:Y AG (Yttrium aluminium gamet Y ~L5012) laser; 2) the tension bond strength of an adhesive system applied over enamel and dentin, after pretreatment with phosphoric acid or Er:YAG laser, using the energy levei established on the morphologic analysis. Four third human molars, extracted for orthodontic reasons, were used to make the morphologic analysis. The teeth had their crowns separated from the roots and than, each crown were sectioned in two. The buccal surfaces in enamel, were irradiated with Er:YAG laser, under water cooling, in seven different spots. The following energy levels were used for each spot of irradiation: 60, 100, 160, 200, 300, 400 and 500 mJ. The lingual dental surfaces were prepared with diamond burs, under water cooling, in order to expose dentin substrate, and afterwards were irradiated in the same way described for enamel. After 48 hours, the samples were sputtered with gold and observed under scanning electron microscope. For the tension bond strength test, 40 third human molars had their crowns separated from the roots and were than included in auto activated acrylic resin in plastic cylinders, with 20 mm in outside diameter by 20 mm high, with the occlusal surface facing up. The resin cylinders with the dental portions were randomly separated in four groups of 10 samples each, according to the dental tissue and conditioning method to be used. After, the samples were polished, under water, in a horizontal polishing machine with sandpaper 220, 400, 600, 800 and 1000 grito The samples surfaces were examined under esthereoscopic lens, to assure that on the test region would be exposed only enamel or dentin, depending on the experimental group they belong. In order to obtain the samples for the tension bond strength test, a device idealized by ISO were used, with the purpose of getting a perfect alignment during the bonding procedure. Groups 1 and 3 had their surfaces irradiated with Er:Y AG laser, energy levei of 100 mJ, chosen from the results obtained in morphologic analysis; and the samples of groups 2 and 4 were conditioned with 35% phosphoric acid, for 15 seconds. The adhesive system used, for ali test groups, was Single Bond (3M) and the resin 2-250 (3M), according to manufacturer's instructions. The tension bond strength test was realized 24 hours after the bonding procedure, in a universal test machine Instron model 4411, with a cross head speed of 0,5 mm/min. The results were submitted to Tukey's test at a significance levei of p<0.05. From the results, the mean values of bond strength to enamel and dentin irradiated with Er:Y AG laser were statistically lower (p<0.05) than those for phosphoric acid conditioning. The mean values of bond strength to enamel were statistically higher (p<0.05) compared with dentin, no matter which type of conditioning method used.
Subject: Materiais dentários
Adesivos dentários
Adesão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUIMARÃES, Priscilla Santos. Avaliação do laser Er:YAG como condicionador de esmalte e dentina para procedimento de união a materiais resinosos. 2002. 59f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/290108>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_PriscillaSantos_D.pdf1.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.