Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/290009
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Analise da dentição posterior de primatas = modelo para predição de tamanho de molares
Title Alternative: Primate posterior dentition analysis : model for molar size prediction
Author: Ribeiro, Mariana Martins, 1984-
Advisor: Line, Sergio Roberto Peres, 1963-
Abstract: Resumo: A evolução dos primatas foi marcada por uma redução em tamanho das mandíbulas e maxilas acompanhada por uma redução geral de tamanho de dentes. Esta redução foi facilitada pela organização da dentição em módulos que são autônomos em função e evolução. Esta redução segue uma regra simples: quanto mais tardio o desenvolvimento do dente maior será sua redução. Modelos foram propostos para explicar as variações no padrão de dentição mamária, porém nenhum destes modelos leva em consideração o tamanho da mandíbula e maxila já que a falta de espaço parece ter gerado esta redução. O objetivo deste trabalho é desenvolver um modelo novo que considera o espaço disponível medindo o palato e área e comprimento de molares. Neste estudo foram medidas 85 maxilas de primatas e os dados submetidos a análises estatísticas. Este estudo além de prover um modelo que pode estimar o tamanho de cada molar e tamanho de palato secundário em primatas também salienta algumas tendências observadas nos primatas estudados como, por exemplo, a presença de um terceiro pré-molar em alguns primatas e a grande variação de tamanho do terceiro molar

Abstract: The primate evolution was marked by a reduction in size of the jaws accompanied by a general reduction of teeth size. This reduction was facilitated by the organization of the dentition into modules that are autonomous in function and evolution. This reduction follows a simple rule: the later the tooth develops the greater will be its reduction. Models have been proposed to explain the variations in the pattern of mammalian dentition however none of these models takes into account the jaws size, since the lack of space seems to have triggered this reduction. The aim of this paper is to develop a new model that considers the space available by measuring the palate and molars area and length. In this study 85 upper jaws of primates were measured and statistical analysis was carried out with the data. This study not only provides a model that can estimate the size of each molar and secondary palate in primates but also points out some trends observed in the primates studied as, for instance, the presence of a third premolar in some primates and the great variation in size of the third molar
Subject: Biologia do desenvolvimento
Maxilares
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_MarianaMartins_M.pdf3.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.