Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289976
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Adaptação da margem coronaria das membranas utilizadas nos procedimentos de regeneração tecidual guiada : avaliação "in vitro"
Author: Coutinho, Marilene Duarte
Advisor: Toledo, Sérgio de, 1942-
Abstract: Resumo: o objetivo deste estudo foi avaliar a adaptaçãodas membranas utilizadas nos procedimentos de Regeneração Tecidual Guiada, sobre a superfície radicular dos molares. Foram utilizados 100 molares: 50 primeiros molares inferiores e 50 primeiros molares superiores, extraídos de pacientes adultos. Após a extração estes dentes foram instrumentados e cada dente foi montado em uma base de resina acrílica, pela sua porção mais apical, deixando as bifurcações expostas. A coroa dos dentes foi seccionada, seguindo um plano transversal ao longo eixo do dente, na junção cemento-esmalte. Uma membrana não-absorvível de PTFE-e foi suturada na junção cemento-esmalte (primeira posição) cobrindo cada bifurcação dos 100 dentes incluídos neste experimento. Este procedimento foi realizado também com a membrana absorvível Resolut. Uma outra secção do tronco foi realizada - entre 1 e 2mm apical a primeira e uma membrana de PTFE-e foi suturada em uma segunda posição. Os dentes com as membranas posicionadas foram examinadas no estereomicroscópio com aumento de 2.5x e as imagens foram capturadas através de um sistema de computador equipado com uma câmera de vídeo. O espaço existente entre a membrana e a superfície radicular foi avaliado através de um cálculo de área utilizando-se um programa analisador de imagens KS 400 2.0. Para a análise estatística dos resultados foi utilizado o Teste das Diferenças de Proporção - pl = p2, para a variável tipo de membrana e o Teste Qui-Quadrado- 'X POT. 2' para as variáveis posição da membrana e faces dos molares inferiores e superiores. Ocorreu adaptação em 52,4% dos molares superiores e em 31% dos inferiores quando a membrana foi posicionada na junção cemento-esmalte (1ª posição) e quando suturadas na posição mais apical (2ª posição) ocorreu adaptação em 15,2% e de 3% respectivamente. Houve maior proporção de adaptação na 1ª posição com diferença estatística significativa (p<O,O5). Ocorreu adaptação em 52,4% dos molares superiores e 31% dos inferiores quando se utilizou a membrana não-absorvível e em 13,1% e 5% respectivamente quando se utilizou a membrana absorvível. Houve maior proporção de adaptação quando se utilizou a membrana não-absorvível com diferença estatística significativa (p<O,O5). Podemos concluir que ocorre adaptação das membranas em maior proporção nos molares superiores do que nos inferiores. A adaptação da membrana sobre a superficie radicular dos molares ocorre em maior proporção quando a membrana é suturada na junção cemento-esmalte do que na posição mais apical. A membrana não-absorvível (pTFE-e) adapta melhor sobre a superficie radicular do que a membrana absorvível (Resolut) quando posicionadas na junção cemento-esmalte
Abstracts: The objective of this study was to evaluate the adaptation of the membranes used in the procedures of the Guided Tissue Regeneration, on the radicular surface of the molars . There have been used the first 100 molars: the first 50 inferior molars and the the first superior molars, extracted from adult patients. After the extraction these teeth were instrumented and each tooth was mounted on a base of acrylic resin, by its most apical region, leaving the bifurcations exposed.. The crown of the teeth was sectioned, following a transversal plane along the axis of the tooth, in the cemento-enamel junction. One non absorbing membrane of PTFE-e was sutured in the cemento-enamel junction (first position) covering each bifurcation of the 100 teeth included in this experiment. This procedure was also carried out with the Resolut absorbing membrane. Another section of the trunk was carried out-between 1 and 2mm apical the first and a PTFE-e membrane was sutured in a second position. The teeth with the membranes positioned were examined by using a stereomicroscope with magnification x 2.5 and the images were captured through a computer system equipped with a video camera .The space existent between the membrane and the radicular surface was assessed through a calculation of the area using the image analysis program KS400 2.0. For the statistical analysis of the results was used the test of the Proportion Differences-p 1=p2, for the variable type of the membrane and the 'X POT. 2'(Chi square) test for the variables position of the membranes and faces of the inferior and superior molars. It occurred adaptation in 52.4% of the superior molars and in 31% of the inferior ones when the membrane was positioned in the cemento-enamel junction (1st position) and when sutured in the most apical region (2nd position) it occurred adaptation in 15.2% and of 3% respectively. There was a bigger adaptation proportion in the 1st position with a significative statistical difference (p<O.O5). It occurred adaptation in 52.4% of the superior molars and in 31% of the inferior ones when the absorbing membrane was used. There was a bigger proportion of adaptation when the non-absorbing membrane was used with a significative difference (p<O.O5).We can therefore conclude, that adaptation of the membranes occurs in a bigger proportion in superior molars than in the inferior ones. The adaptation of the membrane on the radicular surface of the molars occurs in a bigger proportion when the membrane is sutured in the cemento-enamel junction than in the most apical position. The non-absorbing membrane (PTFE-e) is better adapted on the radicular surface than the absorbing one (Resolut)when positioned in the cemento-enamel junction
Subject: Periodontia
Dente molar
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Coutinho_MarileneDuarte_D.pdf7.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.