Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289867
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Associação entre condições de saúde bucal de idosos não institucionalizados, variáveis sociais e déficits funcionais
Title Alternative: Association between oral health status of noninstitutionalized older adults, social variables and functional deficits
Author: Alça, Liliane Raquel Ribas, 1970-
Advisor: Meneghim, Marcelo de Castro, 1965-
Abstract: Resumo: Até o ano de 2025 o Brasil será o sexto país do mundo em maior número de idosos. Estima-se que os mesmos irão constituir em 2050 29,7% da população. Segundo dados do levantamento SB Brasil 2010, 15,8% necessita de prótese total em ambas as arcadas e 21% de prótese parcial em um dos arcos. O objetivo deste estudo foi investigar a associação entre as condições de saúde bucal de idosos não institucionalizados e as variáveis sociais, autopercepção, condição cognitiva e depressão. Amostra composta por 78 idosos independentes e parcialmente dependentes, com média de idade de 68,5 anos, ambos os gêneros, dentados ou não. Utilizou-se para a avaliação clínica o índice CPOD (OMS,1999), o índice de placa de O'Leary (1972) índice de placa para próteses de Shubert & Shubert (1979) e índice gengival de Loe e Silness (1963). Para avaliar a autopercepção foi aplicado o Geriatric Oral Health Assessment Index (GOHAI)(Atchison & Dolan, 1990) além de responderam a uma questão aberta. Para apontar a presença da depressão nessa amostra foi aplicado o Geriatric Depression Scale (GDS) (Almeida & Almeida, 1999) e para avaliar estado de cognição empregou-se o Mini-Exame do Estado Mental (MMental) (Folnstein et al, 1975). A estatística foi realizada utilizando-se o teste qui-quadrado e exato de Fisher com nível de significância de 5% e de 10%, para a questão aberta utilizou-se a Análise de Conteúdo de Bardin, 2011. Os resultados obtidos apresentaram um CPOD médio para coroa de 24,5 e para raiz de 21,5. O GOHAI médio encontrado de 31,92 (autopercepção moderada); GDS médio de 3,15 com 25,7% da amostra com sugestão de depressão leve a profunda; MMental de 21,7 com 91,1% dos indivíduos com cognição normal. Na avaliação do Índice de Placa de O'Leary, 69,4% estavam excelentes e no índice de Placa de prótese 86,1% estavam excelentes. Na questão aberta a categoria mais citada foi problemas com a mastigação. Concluiu-se com esse estudo que dentre as variáveis sociais, o estado civil apresentou associação com necessidade de prótese em ambas as arcadas; a autopercepção em saúde bucal de moderada a alta (GOHAI) apresentou associação significativa com não necessidade de prótese; o estado cognitivo (MMental) não apresentou associação com uso e necessidade de prótese; o GDS apresentou associação significativa com o uso de prótese em ambas as arcadas

Abstract: By the year 2025, Brazil will be the sixth country in the world in greater numbers of elderly. It is estimated that they will be in 2050 30.0% of the population. According to the SB Brazil 2010 survey, 15.8% need dentures in both arches and 21% partial denture in one of the arches. The objective of this study was to investigate the association between oral health status of non-institutionalized elderly and social variables, selfperception, cognitive status and depression. Sample composed of 78 independent and partially dependent elderly, mean age 68.5 years, both genders, serrated or not. Was used to evaluate the clinical DMFT (OMS1999), plaque index of O'Leary (1972), plaque index for prosthetic & Shubert Shubert (1979) and gingival index of Loe and Silness (1963). To evaluate the perception was administered the Geriatric Oral Health Assesment (GOHAI) (Atchison & Dolan, 1990) and respond to an open question. To point to the presence of depression in this sample was applied to the Geriatric Depression Scale (GDS) (Almeida & Almeida, 1999) and to assess the state of cognition we used the Mini-Mental State Examination (Mmental) (Folstein et al., 1975.) Statistical analysis was performed using the chi-square and Fisher's exact with significance level of 5% and 10% for the open question was used Bardin's Content Analysis (2011). The results showed a mean DMFT of 24.5 for crown and root of 21.5. The GOHAI average of 31.92 found (moderate self); GDS average of 3.15 with 25.7% of the sample with the suggestion of mild to profound depression; Mmental average of 21.7 with 91.1% of individuals with normal cognition. In assessing the O'Leary plaque index, 69.4% were excellent and the plaque index prosthesis were 86.1% excellent. In the open question was the category most frequently cited problems with chewing. It was concluded from this study that among the social variables, marital status was associated with need for prostheses in both arches; self-perception of oral health from moderate to high (GOHAI) showed significant association with no need for prostheses; the cognitive state (Mmental) was not significantly associated with the use of prostheses in both arches
Subject: Odontologia
Epidemiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ALÇA, Liliane Raquel Ribas. Associação entre condições de saúde bucal de idosos não institucionalizados, variáveis sociais e déficits funcionais. 2012. 59 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289867>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Alca_LilianeRaquelRibas_M.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.