Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289758
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação in situ da inibição de carie ao redor de restaurações de amalgama submetidas a diferentes tratamentos das paredes cavitarias
Author: Morais, Paula Mathias Rabelo de
Advisor: Pimenta, Luiz Andre Freire, 1965-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar in situ a capacidade de diferentes agentes intermediários de inibir a progressão de lesões de cárie ao redor de restaurações de amálgama com margens em esmalte, em uma situação de alto desafio cariogênico. Fragmentos dentais foram obtidos de terceiros molares não­erupcionados e divididos, aleatoriamente, em seis grupos, de acordo com o tratamento utilizado nas paredes cavitárias previamente à restauração de amálgama: 1- Controle negativo (C-) (sem material intermediário e sem exposição ao desafio cariogênico); 2- Controle positivo (C+) (sem material intermediário); 3­Verniz cavitário (VC); 4- Sistema adesivo (SA); 5- Solução de fIúor fosfato acidulado 1,23% (FFA); 6- Material híbrido de ionômero de vidro/resina composta (H/). Dispositivos intra-orais contendo simultaneamente cinco fragmentos dentais restaurados foram utilizados por vinte voluntários, durante o período de três semanas. Uma situação de alto desafio cariogênico foi simulada sobre os fragmentos dentais, mediante não-remoção da placa bacteriana; contato com solução de sacarose a 20%, durante cinco minutos, oito vezes ao dia; e suspensão do uso de dentifrícios fIuoretados. A presença da desmineralização nos fragmentos dentais, ao redor das restaurações de amálgama, com diferentes tratamentos prévios de suas paredes cavitárias, foi quantificada através da análise de microdureza, em cortes longitudinais, no esmalte o clusa I adjacente à restauração. As médias dos valores de microdureza (KHN - número de dureza Knoop), seguidas por diferentes letras, indicam significativa diferença estatística (p<0,05/ ANOVA e teste de SIDAK): C-= 346,9a; C+= 257,8bc; VC= 196,4c; SA= 253,4bc; FFA= 286,9ab; H/= 276,5b (Médias na posição de 20 J.1m de profundidade, a partir da superfície do esmalte, e a 100 Pm de distância da margem oclusal da restauração). Assim, pode-se concluir que nenhum tratamento foi capaz de evitar a formação de lesões de cárie adjacentes às restaurações de amálgama. Contudo, os agentes intermediários que liberam íons fIúor demonstraram melhores propriedades cariostáticas, sendo importante sua indicação em situações de alto desafio cariogênico

Abstract: The aim of this in situ study was to evaluate the capacity of different intermediate materiaIs in reducing ar avoiding caries lesions in enamel araund amalgam restorations. Enamel slabs obtained fram unerupted third molars were randomly divided into six graups, according to different treatments on the cavity walls applied before amalgam restorations: 1- Negative contraI (C-) (with no lining agent nor caries exposure); 2- Positive contraI (C+) (with no /ining agent); 3- Cavity vamish (CV); 4- Adhesive system (AS); 5- Solution 1.23% of acidulated phosphate fIuoride (APF) ; 6­Composite resin-moditied glass ionomer (CGI). Intra-oral app/iance containing tive slabs of human dental enamel, each one fram graups 2-6, placed 1 mm below the surface of the acry/ic resin and covered by a plastic mesh for pIa que accumulation, were used by twenty volunteers for three weeks. During the experimental period, ali subjects used no fIuoridated dentifrice and 20% sucrose solution were extraorally drapped on enamel slabs remaining for tive minutes, eight times a day, to simulate a high cariogenic challenge. The enamel deminera/ization araund amalgam restorations with different treatments on the cavity walls was quantified by micrahardness analyses. Micrahardness Knoop in longitudinal sections was determined by nine indentations made on oe/usal enamel araund each restoration. The means (KHN - Knoop hardness number) followed by different letters were statistically significant p<0.05 (ANOVA and Sidak test): C- = 346.86a; APF = 286.85ab; CGI = 276.45b; C+ = 257.99bc; AS = 253.40bc; CV = 196.43c (Means at 20 f.1IT1 fram surface enamel and 100 f.1IT1 fram oclusal margin of the restoration). Hence, it was concluded that no treatment could prevent caries lesions araund amalgam restorations. However, the use of fIuoride­containing liners presented the most anticariogenic effect, and may thus be considered useful in situations of high caries risk
Subject: Cárie dentária
Amalgama dentário
Materiais dentários
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MORAIS, Paula Mathias Rabelo de. Avaliação in situ da inibição de carie ao redor de restaurações de amalgama submetidas a diferentes tratamentos das paredes cavitarias. 2000. 113 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289758>. Acesso em: 11 ago. 2018.
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Morais_PaulaMathiasRabelode_D.pdf3.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.