Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289746
Type: TESE
Title: Evaluation of cytotoxicity and physicochemical properties of calcium silicate-based endodontic sealer - MTA Fillapex = Avaliação das propriedades físico-químicas e biológicas de um cimento endodôntico a base de silicato de cálcio ¿ MTA Fillapex
Title Alternative: Avaliação das propriedades físico-químicas e biológicas de um cimento endodôntico a base de silicato de cálcio ¿ MTA Fillapex
Author: Silva, Emmanuel João Nogueira Leal da, 1985-
Advisor: Zaia, Alexandre Augusto, 1968-
Abstract: Resumo: O cimento endodôntico obturador MTA Fillapex® foi criado numa tentativa de aliar as propriedades físico-químicas e a capacidade seladora dos cimentos resinosos às excelentes propriedades biológicas do agregado trióxido mineral (MTA). Entretanto, ainda existe uma escassez de trabalhos na literatura avaliando as suas características físico-químicas e biológicas. Dessa forma, os objetivos deste estudo foram: 1) avaliar propriedades físico-químicas (radiopacidade, escoamento e pH) e biológicas (citotoxicidade) do cimento endodôntico MTA Fillapex e comparar com o cimento AH Plus, 2) realizar um acompanhamento em longo prazo do efeito citotóxico em fibroblastos 3T3 de diferentes cimentos endodônticos contemporâneos, e 3) avaliarem a partir de um ensaio multiparamétrico em longo prazo os efeitos citotóxicos do MTA Fillapex e do AH Plus em uma cultura primária de osteoblastos humanos. Os resultados do estudo mostraram que embora o AH Plus tenha apresentado radiopacidade estatisticamente maior que o MTA Fillapex (P<0.05), ambos os cimentos obtiveram os valores mínimos exigidos pela ISO 6876/2001. O MTA Fillapex apresentou um pH alcalino em todos os períodos experimentais, enquanto o AH Plus demonstrou um pH ligeiramente neutro, com diferenças estatisticamente significantes entre os cimentos (P<0.05). Com relação ao escoamento, ambos os cimentos apresentaram os valores mínimos exigidos pela ISO 6876/2001, no entanto o AH Plus apresentou valor estatisticamente mais baixo do que o do MTA Fillapex (P<0.05). Com relação à citotoxicidade, em todos os períodos testados o MTA Fillapex foi mais citotóxico do que o AH Plus (P<0.05). Quando comparado com diversos cimentos endodônticos, novamente o MTA Fillapex apresentou os maiores valores de citotoxicidade (P<0.05), permanecendo moderadamente citotóxico mesmo após 5 semanas de sua manipulação. Quando testados em um ensaio multiparamétrico utilizando culturas de osteoblastos humanos, ambos os cimentos foram citotóxicos sem apresentar nenhuma diferença significativa quando testados imediatamente após a manipulação (P>0.05). No entanto, uma semana após sua manipulação o AH Plus se tornou não citotóxico em todos os parâmetros avaliados. Por outro lado, o MTA Fillapex permaneceu citotóxico durante todo o período experimental, mostrando diferenças estatisticamente significantes quando comparados com o AH Plus (P<0.05). Dentro da metodologia empregada e de acordo com os resultados apresentados, pode-se concluir que embora o MTA Fillapex tenha apresentado propriedades físico-químicas adequadas para a utilização na terapia endodôntica, o mesmo apresentou-se altamente citotóxico nas diversas condições testadas

Abstract: The endodontic sealer MTA Fillapex® was developed in an attempt to combine the physicochemical properties and sealing capacity of resin-based cements to the excellent biological properties of mineral trioxide aggregate (MTA). However, little information exists regarding MTA Fillapex physicochemical properties. Thus, the aims of the present study were: 1) evaluate the physicochemical (radiopacity, flow and pH) and biological (cytotoxicity) properties of MTA Fillapex and compare it with AH Plus, 2) investigate MTA Fillapex effects on the cytotoxicity during a period of 5 weeks in 3T3 fibroblasts and compare with 7 different endodontic sealers, and 3) verify, through a multiparametric in vitro assay, the long term cytotoxic effects in human osteoblasts of the MTA Fillapex and compare it with AH Plus. The results of the study showed that although AH Plus presented higher radiopacity than MTA Fillapex (P<0.05), both sealers showed ISO 6876/2001 minimum required values. MTA Fillapex presented alkaline pH in all experimental times, while AH Plus demonstrated slightly neutral pH (P<0.05). Both sealers showed ISO 6876/2001 required values for flow, however AH Plus flow was significantly lower than that of MTA Fillapex (P<0.05). In all tested periods, MTA Fillapex was more cytotoxic than AH Plus (P < .05). When compared to 7 different endodontic sealers, MTA Fillapex was associated with significantly less cell viability (P<0.05) even after 5 weeks of manipulation. When tested in a muliparametric assay using human osteoblasts, no significant difference was found among the materials when fresh mixed (p>0.05). After one week AH Plus become noncytotoxic, on all three parameters evaluated. Conversely, MTA Fillapex remained cytotoxic over the entire experimental period, showing significantly differences when compared to AH Plus (P<0.05). Within the employed methodology and according to the results can be concluded that although MTA Fillapex showed suitable physicochemical properties for use in endodontic therapy, it appeared highly cytotoxic in the different tested conditions
Subject: Endodontia
Materiais dentários
Obturação do canal radicular
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_EmmanuelJoaoNogueiraLealda_D.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.