Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289710
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influencia dos sitemas de cimentação na resistencia a fratura de inlays de porcelana
Author: Cordeiro, Nara Pereira d'Abreu
Advisor: Martins, Luís Roberto Marcondes, 1960-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a influência dos sistemas de cimentação na resistência à fratura de in/ays em porcelana. Preparos MOD padronizados foram confeccionados em cinqüenta molares inferiores hígidos, divididos em cinco grupos de dez dentes cada. In/ays em porcelana foram confeccionados e fixados aos dentes preparados com os seguintes sistemas cimentantes: Grupo A- in/ays não cimentados, Grupo B- Fosfato de Zinco, Grupo C- Prime & Bond 2.1 e Enforce, Grupo D- Scotchbond Multi Uso Plus e Resin Cement, Grupo E- Scotchbond Multi Uso Plus e Opal. Os dentes restaurados foram submetidos a um carregamento axial, por uma esfera de 4.0mm de diâmetro posicionada na região central da caixa oclusal, com velocidade de 1.0mm/min até a fratura. Os valores médios de resistência obtidos foram 8,9 Kgf, 143,1 Kgf, 243,1. Kgf, 206,7 Kgf, 201,2 Kgf para os grupos A, S, C, D e E, respectivamente. A análise estatística revelou que os grupos C, D e E demonstraram maior resistência à fratura, não havendo diferenças estatisticamente significantes entre eles. Concluiu-se neste estudo laboratorial que a resistência à fratura de i nlays em porcelana está diretamente relacionada ao sistema de cimentação utilizado, sendo os sistemas resinosos os mais indicados para este fim

Abstract: The aim of this study was to investigate the effect of differing bonding and luting systems on the fracture resistance of dentin-bonded-ceramic inlays. Sound, unrestored, lower molar teeth received standardized preparations and were randomly divided into five groups of ten teeth each: Group A: Received no luting system application; Group B: Zinc Phosphate Cement; Group C: Prime & Bond 2.1 and Enforce; Group D: Scotchbond Multi Uso Plus and Resin Cement; Group E: Scotchbond Multi Uso Plus and Opal. The restored teeth were loaded in compression at 1.0mm/min.. Mean fracture loads of 8.9Kgf, 143.1Kgf, 243.1Kgf, 206.7Kgf, 201.2Kgf were recorded for groups A, B, C, D and E , respective/y. The mean fracture resistance of the inlays was significantly greater (P <0.05) for groups C, D and E, fol/owed by groups B and A, respectively. No statistical differences were observed among groups 'c, D, and E. It was concluded th9t the fracture resistance of ceramic inlays used inthis laboratory study was dependent on the luting system used and it was enhanced by resin /uting ones
Subject: Cimentos dentários
Porcelana
Cerâmica odontológica
Resistência de materiais
Fraturas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORDEIRO, Nara Pereira d'Abreu. Influencia dos sitemas de cimentação na resistencia a fratura de inlays de porcelana. 1999. 119p. : b il. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289710>. Acesso em: 24 jul. 2018.
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cordeiro_NaraPereirad'Abreu_M.pdf3.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.