Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289658
Type: TESE
Title: Use of fluorescence in the performance evaluation of adhesive systems = Uso da fluorescência na avaliação do comportamento de sistemas adesivos
Title Alternative: Uso da fluorescência na avaliação do comportamento de sistemas adesivos
Author: Araújo, Cíntia Tereza Pimenta de, 1968-
Advisor: Paulillo, Luis Alexandre Maffei Sartini, 1962-
Paulillo, Luis Alexandre Maffei Sartinni
Abstract: Resumo: A microscopia confocal de varredura a laser (MCVL) é um recurso de visualização microscópica que permite a análise de materiais ou estruturas com requisitos mínimos de preparação de amostras de modo não destrutivo. Assim, os objetivos deste estudo foram: avaliar a influência da incorporação do corante fluorescente Rodamina B (R) nas propriedades mecânicas resistência coesiva (RC), módulo de elasticidade (ME) e resistência à flexão (RF) de 2 sistemas adesivos, o autocondicionante Clearfil SE Bond e o convencional Scotchbond Multi-Purpose (estudo 1); validar o método modificado de microtração (?TBS), em que micro-amostras de secção transversal de 0,09 mm2 foram testadas e verificar a influência da R na resistência à união a dentina e integridade interfacial através de microscopia confocal (estudo 2). Para avaliar a influência do corante, 0,16 mg/ml de R foram incorporados aos adesivos constituindo assim dois grupos para cada adesivo: grupos dos adesivos corados e não corados totalizando 4 grupos experimentais. Para a análise da RC, E e RF, os corpos de prova foram confeccionados a partir de uma matriz de silicone por adição. Sobre a matriz, foram dispensados 10 ?L de adesivo variando de acordo com cada grupo de adesivos corados e não corados. RC (n= 10), E e RF (n= 5) foram avaliadas em máquina de ensaio universal a 0,5 mm/min, até a ruptura da amostra. Para visualização em microscopia confocal e análise da resistência à união os adesivos foram aplicados à superfície plana da dentina oclusal de 32 pré-molares humanos. Após a realização dos procedimentos adesivos, realizaram-se as restaurações (blocos de 16 mm2) com Charisma Opal (Kulzer - cor A3). Em seguida, para a realização do teste modificado de microtração, micro-amostras em forma de palito (secção transversal 0,09 mm2) foram confeccionadas. Previamente ao ensaio mecânico, foi realizada através de MVCL a análise micromorfológica das microamostras dos grupos de adesivos corados. Posteriormente a resistência à união foi mensurada através do ensaio modificado de microtração a velocidade de 0,5 mm/min em máquina de ensaio universal. Os dados de todos os testes avaliados foram submetidos à análise de variância dois fatores. Os resultados mostraram que o comportamento dos sistemas adesivos investigados não se modificou, independente da presença do corante, pois não foram observadas diferenças significativas nas propriedades mecânicas estudadas: resistência à união, resistência coesiva, resistência flexural, módulo de elasticidade, bem como a integridade interfacial. A preparação de micro-amostras não comprometeu os resultados do ensaio de resistência adesiva. De acordo com os resultados obtidos e análise dos parâmetros: coeficiente de variação, porcentagem de padrão de fratura e incidência de falhas prematuras, concluiu-se que o teste modificado de microtração foi considerado um método confiável para a avaliação da resistência à união de sistemas adesivos. A técnica de visualização microscópica confocal produziu informações detalhadas da interface adesiva e pode ser bem indicada para a avaliação da efetividade de união de sistemas adesivos. Desta forma, é possível associar ambas as metodologias obtendo-se uma avaliação mais realista e confiável dos materiais restauradores

Abstract: The confocal laser scanning microscopic (CLSM) is a tool of visualization that allows microscopic analysis of materials or structures labeled with fluorescent dyes with minimal requirements of specimen's preparation nondestructively. The aims of this study were: to evaluate the influence of incorporation of fluorescent dye Rhodamine B (R) in the properties mechanical: cohesive strength (CS), elastic modulus (E) and flexural strength (FS) of the selfetching Clearfil SE Bond and etch-and-rinse Scotchbond Multi-Purpose (Study 1); validating the modified microtensile method using micro-specimens cross section of 0.09 mm2 (?TBS) and evaluate the influence of R in bond strength in dentin and interfacial integrity by confocal microscopy (study 2). To evaluate the influence of the dye, 0.16 mg/ml of R were incorporated into adhesives thus forming two groups for each adhesive: groups of labeled adhesives and no-labeled totaling 4 experimental groups. For the analysis of CS, E and FS the specimens were made from a silicone matrix. About the matrix were 10 ?L dispensed adhesive varying according to each group of adhesives stained or not. CS (n = 10), E and FS (n = 5) were evaluated in a universal testing machine at 0.5 mm/min until failure of the specimen. For visualization in confocal microscopy and bond strength analysis (n = 8), the adhesives were applied to the occlusal dentine surface 32 of human premolars. After procedures adhesives, composite crowns approximately (16 mm2) were built up with Charisma Opal (Kulzer - color A3). Then for testing modified microtensile, micro-specimens beam-shaped were prepared. Prior to mechanical testing micromorphological analysis of micro-sticks of the groups of labeled adhesives was performed using CLSM. Subsequently bond strength was measured using the modified microtensile test in a universal testing machine speed of 0.5 mm/min. The results showed that the behavior of the adhesive systems investigated did not change regardless of the presence of the dye, as there were no significant differences in mechanical properties studied: bond strength, tensile strength, flexural strength, modulus of elasticity, as well as interfacial integrity. The preparation of micro-specimens did not affect the results of the bond strength test. According to the analysis results and parameters: coefficient of variation percentage of fracture pattern and incidence of early failures, it is concluded that the modified microtensile test was considered a reliable method for evaluating the bond strength of adhesive systems. The confocal microscopic visualization technique yielded detailed information of the adhesive interface and can be well suited for evaluating the effectiveness of adhesive systems. Thus, it is possible to associate both methods give a more realistic and reliable adhesive restoration on the presence of fluorescent dye
Subject: Corantes fluorescentes
Microscopia confocal
Propriedades físicas
Resistência à tração
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_CintiaTerezaPimentade_D.pdf9.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.