Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289557
Type: TESE
Title: Duração do ato e do ciclo mastigatorio em individuos com disfunção craniomandibular
Author: Gouvea Junior, Francisco
Advisor: Trindade Junior, Alceu Sergio
Junior, Alceu Sergio Trindade
Abstract: Resumo: Foram estudados, nos músculos masseteres e temporais anteriores de indivíduos portadores de DCM (n=46), os parâmetros eletromiográficos de duração do ato mastigatório, correspondente ao período entre o início e o final da contração muscular; a duração do ciclo mastigatório, ou o período entre o início de uma contração muscular e o início da próxima; a duração do período de relaxamento muscular, relativo à fase de ausência de potenciais bioelétricos entre dois atos mastigatórios e a amplitude máxima dos potenciais bioelétricos. Os registros foram realizados durante os procedimentos de percussão voluntária dos dentes, mastigação molar unilateral direita e esquerda. Para fins de controle foram igualmente avaliados 22 indivíduos normais. Os resultados mostraram redução, estatisticamente significante ao nível de 5% (ANOVA,- Statgraphics 2.7), em todos os parâmetros no grupo de indivíduos com DCM, comparativamente aos normais. A redução na duração e amplitude do ato mastigatório poderia ser interpretada como uma forma de adaptação funcional, uma vez que os portadores de DCM sofreriam uma mudança no comportamento alimentar e uma reprogramação neuromuscular, provavelmente uma readaptação neural do tipo inibitório da atividade muscular, desencadeada por estímulos dos receptores musculares elou periodontais. As reduções na duração do ciclo mastigatório e do período' de relaxamento muscular observadas nos indivíduos portadores de DCM igualmente refletem o possível envolvimento do reflexo inibitório sobre a atividade muscular e poderiam justificar a presença de dor ou desconforto, uma vez que períodos de relaxamento reduzidos comprometeriam o fluxo sanguíneo muscular. Com relação aos procedimentos observou-se valores mais elevados de duração e amplitude do ato mastigatório durante a percussão voluntária dos dentes, comparativamente à mastigação molar unilateral direita e esquerda, possivelmente pelo fato da percussão voluntária dos dentes tratar-se de um movimento voluntário e coordenado, sem a participação da interferência oclusal, pois a fase oclusal é interrompida imediatamente após o contato inicial dos dentes. Na duração do ciclo mastigatório e período de relaxamento muscular não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os procedimentos, indicando que a atividade muscular e o período de relaxamento muscular não são comprometidas pelo tipo de movimento, voluntário ou automático, quando consideradas em conjunto. Outro fato observado foi a duração e amplitude mais elevada nos músculos masseteres do que nos temporais, salientando a característica de que os músculos curtos, como os masseteres, seriam produtores de força primários, enquanto que os músculos longos, como os temporais, seriam produtores de movimentos com maior grau de liberdade e rapidez. Analisando as reduções nos parâmetros de duração e amplitude do ato mastigatório, bem como na duração do ciclo mastigatório e no período de relaxamento muscular nos indivíduos com DCM, concluíu-se que tais reduções podem ser interpretadas como sinais indicativos de DCM

Abstract: The purpose of this study was to assess the eletromyographic parameters of the masticatory act duration, in the muscles temporal anterior and masseter of the 46 subjects with craniomandibular disorders (CMD), corresponding to the period of time between the start and the final of muscle contration; the duration of the masticatory cycle, or the period between the start of a muscle contraction and the start of the next one; the duration of the muscle relaxing period, relative to bioelectrical. potential absence between two masticatory acts and the maximum amplitude of bioelectrical potentials. The records were obtained during the voluntary teeth percussion and molar unilateral mastication (Ieft and right side) procedures. The control group was comprised of 22 normal subjects. The results showed a statistically significant decrease at 5% levei (ANOVA - Statgraphics 2,7) in ali parameters in CMD group, comparing to the normal subjects. The reduction in duration and amplitude of the masticatory act could be interpreted as a functional adaptation form, since the CMD group subjects have undergone a change in dietary behavior and a neuromuscular reprogramation, a likely neural readaptation of inhibitoi-y type, elicited by periodontal and/or muscle receptors stimuli. The reductions or decreases in the masticatÇ>ry cycle duration and of the muscle relaxing period observed in the CMD subjects, equally reflect the likely effect of the inhibitory reflex on the muscle activity and could possibly justify the presence of pain or discomfort, due to reduced relax periods, which would compromise the muscular blood flow. Concerning to the procedures, higher duration and amplitude masticatory act values were noted during the voluntary teeth percussion when compared to the unilateral molar mastication, right or left side, possibly due to the fact that voluntary percussion of the teeth is a voluntary and coordinated movement, without the participation of the occlusal interference, since the occlusal phase is immediately stopped after the teeth initial contact. In masticatory cycle duration and muscle relaxing period no statistically significant differences were observed between the procedures, indicating that the muscle activity and the muscle relaxing period are not compromised by the kind of movement, either voluntary or automatic, when considered as a whole. Another fact observed was the higher duration and amplitude for the masseters than the tempor.al anterior muscles, outlining the feature that the short muscles, as the masseters, would be primary strength producers, while the long muscles, as the temporal anterior, would be essencially producers of a grater rate of speed and freedom. Analysing the reductions in the duration and amplitude of the masticatory act, as well as in the duration of the masticatory cycle and in relaxing period of the CMD group patients, it was concluded that such reductions (decreases) can be interpreted as indicative signs of CMD
Subject: Eletromiografia
Articulação temporomandibular - Doenças
Face - Músculos
Músculo temporal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
GouveaJunior_Francisco_M.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.