Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289467
Type: TESE
Title: Influencia da espessura da camada e do tempo de exposição a luz na determinação do modulo de Young de um composito odontologico
Author: Lima, Adriano de Almeida de
Advisor: Lovadino, José Roberto, 1953-
Abstract: Resumo: OBJETIVO: Verificar a influência do tempo de exposição à luz e da espessura da camada de compósito no módulo de elasticidade de um compósito comercial de partículas pequenas. MATERIAIS e MÉTODO: Corpos de prova cilíndricos medindo 4 mm de diâmetro por 8 mm de espessura foram confeccionados com o compósito (Filtek Z250TM), em incrementos de 1, 2 ou 4 mm, ativados por 10, 20, 40 ou 60 segundos, com um fotoativador (XL 1500 - 3M) emitindo 550 mW/cm2. Foram confeccionados 12 corpos de prova para cada interação tempo x espessura. Os corpos de prova foram submetidos a ensaio de compressão, em uma máquina de ensaio universal Instron. Módulos de elasticidade foram obtidos através dos dados de tensão/deformação. Os dados foram submetidos à análise de Krukal-Wallis e teste de Ryan. RESULTADOS: Interações 1-60 (1 mm x 60 segundos), 1-40, 2-60, 1-20 e 2-40 produziram os maiores módulos de elasticidade, não diferindo estatisticamente entre si (p > 0,05); 2-20 e 1-10 produziram módulos semelhantes, que não diferiam de 1-20 e 2-40; 210, 4-60 e 4-40 produziram um terceiro grupo de módulo, com valores semelhantes; os menores valores foram obtidos por 4-20 e 4-10. CONCLUSÕES: Quanto maior o tempo de exposição maior o módulo de elasticidade em todas as espessuras; Quanto maior a espessura menor o módulo de elasticidade em todos os tempos; A interação entre as menores espessuras (1 e 2 mm) e tempos mais prolongados (40 e 60 segundos) produziu os maiores módulos de elasticidade, exceção para espessura de 1 mm ativada por 20 segundos que teve valor semelhante, e; Tempos maiores não são capazes de produzir altos valores de m6dulo de elasticidade na espessura de 4 mm exceto para grupo de incrementos de 4 mm ativados por 60 segundos

Abstract: OBJECTIVE: To verify the influence of exposition time and the thickness of the composite resin layer in the modulus of elasticity of a commercial small particles composite resin. MATERIALS and METHOD: Cylindrical specimens measuring 4 mm of diameter for 8 mm of thickness had been confectioned with the composite resin (Filtek Z250TM), in increments of 1,2 or 4 mm, polymerized for 10, 20, 40 or 60 seconds, with a light cure unit (XL 1500 - 3M) emitting 550 mW/cm2. For each time/thickness interaction, 12 specimens had been confectioned. The specimens had been submitted the compression test, in an Instron mechanical tester. Moduli of elasticity were recorded by analysis of Stress/Strain data. The data were submitted to Kruskal-Wallis analysis e Ryan's test. RESUL TS: Interactions 1-60 (1 mm x 60 seconds), 1-40, 2-60, 1-20 and 2-40 had produced the highest moduli of elasticity, not differing between themselves (p > 0,05); 2-20 and 1-10 had produced similar moduli, that they did not differ from 1-20 and 2-40; 2-10,4-60 and 4-40 had produced a third group of moduli, with similar values; the worse values had been gotten by 4-20 and 4-10. CONCLUSIONS: The longer cured times produce the higher moduli of elasticity in ali thicknesses; The higher thickness produce the lower moduli of elasticity in ali times; The interaction between the lower thicknesses (1 and 2 mm) and the longer times (40 and 60 seconds) had produced the highest moduli of elasticity and; Longer times were not able to produce high values of moduli of elasticity in the thickness of 4 mm
Subject: Dentística
Polimerização
Compostos poliméricos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_AdrianodeAlmeidade_D.pdf3.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.