Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289412
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Analise das cirurgias de elevação de seio maxilar para instalação de implantes osseointegraveis na Faculdade de Odontologia de Piracicaba Unicamp: estudo retrospectivo de seis anos
Author: Luna, Anibal Henrique Barbosa
Advisor: Albergaria-Barbosa, José Ricardo de, 1956-
Abstract: Resumo: Reabilitações na região posterior da maxila são geralmente confrontadas com atrofia óssea, associada à pneumatização do seio maxilar, impedindo a instalação de implantes de comprimento adequado. A cirurgia de elevação do seio maxilar foi introduzida na literatura em 1980, por Boyne & James, para permitir a instalação de implantes osseointegráveis nesta região, apresentando desde então algumas modificações que resultam em diferentes índices de sucesso e de complicações. Este estudo retrospectivo envolveu uma análise de 72 pacientes tratados em um período de 06 anos pela Área de Cirurgia Buco-Maxilo-Facial da Faculdade de Odontologia de Piracicaba - Unicamp. A amostra foi representada por um total de 91 seios maxilares, que receberam elevação associada a diferentes materiais de preenchimento para instalação de 101 implantes. Um total de 70 implantes (69,3%) foi instalado em um segundo procedimento cirúrgico, com um tempo médio decorrido desde a elevação de 9,88± 4,27 meses. Em 13 pacientes (18,5%) a reabilitação implanto-suportada foi abortada. Um total de 35 pacientes (48,61%) encontra-se em fase de reabilitação; 24 pacientes (33,33%) encontram-se reabilitados com próteses implanto-suportadas coroas unitárias, próteses fixas ou overdentures - com um tempo médio de acompanhamento de 25,54 ± 23,75 meses. O índice de sucesso neste período foi de 88,24%

Abstract: Rehabilitation of the posterior maxilla is often impaired by bone atrophy, associated with maxillary sinus pneumatization, preventing the installation of implants of ideal length. Maxillary sinus elevation was first introduced in the literature in 1980, by Boyne & James, as an attempt to allow the placement of osseointegrated implants in this region, and several modifications have been presented resulting in different success and complication rates. This retrospective study involved an analysis of 72 patients treated during a period of 6 years in the Oral and Maxillofacial Surgery Area, Piracicaba Dental School - Unicamp. The sample was represented by 91 maxillary sinuses that had been subjected to elevation associated with different grafting materiais, for the installation of 101 implants. In 13 patients (18.50%), implantsupported rehabilitation had been aborted; in 35 patients (48.61%), it had not been finished; 24 patients (33.33%) had already received rehabilitation with implant-supported prostheses unitary crowns, fixed prostheses or overdentures - with a mean follow-up period of 25.54 ± 23.75% months. The success rate in this period was 88.24%
Subject: Maxilares
Implantes dentários
Reabilitação
Complicações pós-operatórias
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luna_AnibalHenriqueBarbosa_M.pdf8.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.