Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289387
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da atividade antimicrobiana de soluções anestesicas topicas comerciais : estudo "in vitro" e "in vivo"
Author: Fortunato, Rubens Xavier
Advisor: Ranali, José, 1949-
Abstract: Resumo: O objetivo do presente trabalho foi verificar o potencial antimicrobiano de 6 soluções anestésicas tópicas comerciais utilizadas em Odontologia. O estudo desenvolveu-se através de 3 métodos, a saber: a) verificação da capacidade bactericida com o método para o teste de difusão em gel de ágar com as soluções em contato com as culturas de germes; b) o método de MILLER, DOMINIC & CRIMMEL (1973) modificado, para o teste das capacidades bactericidas das soluções e c) verificação das capacidades bactericidas através de um teste "in vivo", segundo metodologia proposta por SAHADE et alii (1975). , Os resultados obtidos no presente trabalho, permitem concluir que: 1. nos testes de difusão em"ágar, a solução anestésica 11 mostrou eficiente atividade antimicrobiana, seguida das soluções anestésicas V e VI que somente não apresentaram atividade antimicrobiana frente a cultura mista proveniente da mucosa oral quando incubada em anaerobiose. Por outro lado, as soluções anestésicas I e III, foram eficazes perante algumas culturas testadas, enquanto que a solução anestésica IV não apresentou atividade antimicrobiana frente a nenhum dos inóculos. 2. nos testes de ação bacterecida a solução anestésica II foi a que melhor desempenho apresentou, apesar de não ser efetiva pará todas as culturas, enquanto que a solução IV revelou-se inefetiva contra todos os germes testados. As soluçôes anestésicas I, III, V e VI não puderam ser classificadas como eficientes já que não mostraram atividade antimicrobiana frente à maioria dos inóculos. 3. no estudo "in vivo" todas as soluçôes anestésicas foram eficientes em descontaminar o local de punção da agulha, embora em graus diferentes. A solução anestésica V apresentou o maior índice de esterilidade (100%) enquanto que a solução IV apresentou o menor índice (70%). 4. a solução anestésica II demonstrou maior eficiência conjuntamente nos testes "in vitro" e no estudo "in vivo", além de um bom desempenho leveduricida. 5. as culturas puras e mistas utilizadas, mostraram-se adequadas para o estudo realizado

Abstract: Not informed.
Subject: Anestesia Dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fortunato_RubensXavier_M.pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.