Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289320
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Atividade antiinflamatoria do oleo de sucupira : Pterodon pubescens Benth. Leguminosae-Papilionoideae
Author: Denny, Carina
Advisor: Carvalho, João Ernesto, 1954-
Abstract: Resumo: Pterodon pubescens Benth. (Leguminosae, Papilionoidea) conhecida como sucupira branca é utilizada na medicina popular como antiinflamatório, tônico e depurativo. O objetivo desse trabalho foi avaliar a atividade antiinflamatória; antinociceptiva a toxicidade aguda do óleo das sementes e identificar a fração ativa. O óleo foi obtido por prensagem das sementes e centrifugação. As frações foram obtidas através de cromatografia em coluna, monitoradas por cromatografia de camada delgada e identificadas por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas. Os modelos de edema de pata produzidos por carragenina, histamina e bradicinina e edema de orelha produzido por óleo de croton foram utilizados na avaliação da atividade antiinflamatória. A atividade antinociceptiva foi avaliada através do teste de analgesia induzi da por calor e do teste das contorções abdominais induzi das por ácido acético. A toxicidade do óleo de sucupira foi avaliada também em modelo animal, por meio de análise anatomohistopatológica, verificação dos níveis de glicose e do peso corporal diário. A atividade antiproliferativa foi avaliada em cultura de células tumorais humanas. A fração ativa revelou a presença majoritária de compostos terpênicos. O óleo de Pterodon pubescens e a fração rica em terpenos inibiram o edema de pata induzido por carragenina. Em ratos adrenalectomizados o óleo manteve atividade antiedematogênica eliminando a exclusividade da atividade antiinflamatória por corticóides endógenos. Nos modelos de edema de pata induzido por histamina e bradicinina o óleo de P. pubescens reduziu a formação de edema. Na dermatite provocada pela aplicação de óleo de cróton, o óleo de P. pubescens também inibiu a formação de edema. No modelo de nocicepção químico, o óleo de P. pubescens inibiu o número de contorções abdominais pelo ácido acético. O efeito antinociceptivo foi confirmado no teste da placa quente, onde o tratamento com o óleo de P. pubescens ampliou a reatividade ao estímulo térmico. O óleo e a fração ativa apresentaram atividade antiproliferativa concentração-dependente, apresentando citotoxicidade na maioria das concentrações estudadas. Houve um aumento significante da glicemia com o óleo de P. pubescens na dose de 30mg!kg; um aumento do peso corporal dos animais na dose de 30mglkg e uma diminuição nas doses de 100 e 300mg/kg; a análise anatomohistopatológica também revelou toxicidade. Os resultados indicam que o óleo de P. pubescens apresenta atividade antiinflamatória e antinociceptiva e que os terpenos parecem ser responsáveis por essa atividade. Apresenta toxicidade na dose efetiva como antiinflamatória e antinociceptiva após 14 dias de tratamento e atividade antiproliferativa em cultura de células tumorais, provavelmente relacionada a inibição de COX-2

Abstract: Pterodon pubescens Benth.(Leguminosae, Papilionoidea), popularly known as "sucupira branca" is widely used by folk medicine as an anti-inflammatory. The present investigation was performed to examine the anti-inflammatory, antinociceptive activity, and the subacute toxicity evaluation of P. pubescens seed oil and identify the active fraction. The seed oil was extracted by pressure and centrigugation. The fractions were obtained by colum chromatography, monitored by thin layer chromatography and analyzed by gas chromatography with mass detection. The anti-inflammatory activity was evaluated by paw edema induced by carrageenin, histamine, bradykinin and ear croton oil edema. The antinociceptive activity was demonstrated employing hot plate and acetic acid-induced abdominal constriction writing model. The toxicological analysis involved anatomical and histopathological; glucose leveI and weight body examination in animal models. The antiproliferative activity was examinated in human cell culture. The terpenoids is the main c1ass of compounds identified in the active fraction. The treatment with P. pubescens seed oil and the enriched terpenoids fraction, inhibited edema formation induced by carragenin. In adrenalectomizated rats the seed's oil showed antiedematogenic activity, rejecting the anti-inflamatory activity exc1usively by endogen corticoids. The seed's oil reduced paw edema induced by histamine and bradykinin, as well as by ear croton oil induced edema. The seed's oil inhibited the number of acetic acid-induced abdominal constriction. The antinociceptive effect was confirmed by the hot plate test, where the treatment with the seed's oil increased reaction time period for thermic stimulus. Administration of 30mglkg doses increased glucose levels and body weight. Whereas 100 and 300mglkg doses of seed's oil decreased these parameters. The anatomical and histophatological examination indicated toxicity. The oil and the active fraction showed antiproliferative activity related to concentration, demonstrating citotoxicity in the highest concentration tested. Based on these results the seed's oil showed toxicity in the effective dose after 14 days of treatment and antiproliferative activity in the tumoral cell culture. We suggest that the antiinflamatory activity is due to the presence of terpenic compounds
Subject: Anti-inflamatórios
Plantas medicinais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DENNY, Carina. Atividade antiinflamatoria do oleo de sucupira: Pterodon pubescens Benth. Leguminosae-Papilionoideae. 2002. 101p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289320>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Denny_Carina_M.pdf3.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.