Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289310
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito in vitro e in situ do amido e sua combinação com sacarose na composição do biofilme e na desmineralização in situ da dentina radicular
Title Alternative: In vitro and in situ effect of starch and sucrose on biofilm composition and on root dentine demineralization in situ
Author: Aires, Carolina Patricia
Advisor: Cury, Jaime Aparecido, 1947-
Abstract: Resumo: Sacarose é o mais cariogênico dos carboidratos da dieta e há evidências que sua cariogenicidade aumenta quando associada ao amido. Isso seria explicado pelas mudanças na matriz do biofilme formado, pois de acordo com estudo in vitro um ¿novo¿ polissacarídeo extracelular (EPS) é sintetizado pela glicosiltransferase (GTF) B de S. mutans a partir de sacarose e hidrolisados do amido. Entretanto, isso precisa ser confirmado em biofilmes, pois o efeito desse ¿novo¿ polissacarídeo pode não ser evidenciado quando da ação simultânea das diferentes GTFs de S. mutans e de outras bactérias. Em acréscimo, a maior cariogenicidade da associação amido-sacarose é conhecida para o esmalte, mas não para dentina. Na realidade, não há evidência nem mesmo se amido isoladamente seria cariogênico para dentina e cárie radicular é uma preocupação atual considerando o declínio de cárie, maior retenção de dentes e o aumento da expectativa de vida das populações. Assim, o objetivo da presente tese foi estudar a influência da associação amido-sacarose em biofilmes in vitro e in situ. In vitro, biofilmes de S. mutans foram formados sobre discos de hidroxiapatita na presença de amido, sacarose ou associações. In situ, a cariogenicidade da associação amido-sacarose foi testada através de um estudo cruzado e em cada fase blocos de dentina radicular foram submetidos extraoralmente a tratamentos com soluções de amido, sacarose ou suas combinações. Os biofilmes formados in vitro e in situ foram analisados quanto às suas composições bioquímicas e microbiológicas, enquanto que cárie dentinária foi avaliada somente in situ. O biofilme de S. mutans formado in vitro na presença da associação amido-sacarose mostrou composição distinta em EPS em relação àquele formado na presença dos açúcares isolados, porém o mesmo não foi evidenciado in situ. Quanto à expressão dos genes gtfBCD, resultados preliminares promissores foram encontrados mas aparentemente distintos para as condições in vitro e in situ. Amido se mostrou levemente cariogênico para dentina em comparação com sacarose, mas a associação amido-sacarose não foi mais cariogênica que sacarose isolada. Conclui-se que embora haja evidências que a associação amido-sacarose possa aumentar a cariogenicidade do biofilme formado, isso não foi confirmado in situ para dentina radicular, pois a associação não se mostrou mais cariogênica que sacarose isolada

Abstract: Sucrose is the most cariogenic of the dietary carbohydrates but there is evidence that its cariogenicity is enhanced when used in combination with starch. This could be explained by changes in biofilm matrix, since an in vitro study showed that a novel extracellular polysaccharide (EPS) is synthesized by glicosiltransferase (GTF) B of S. mutans in presence of sucrose and starch hydrolysates. However, this should be confirmed in biofilms since the effect of this novel polysaccharide could not be evidenced when different GTFs from S. mutans and from other bacteria are synthesized simultaneously. In addition, the cariogenicity of starch-sucrose combination is well established for enamel but not for dentine. Also, evidence is still lacking on the cariogenicity of starch for root dentine, and root caries is a current concern considering the decline of caries, higher tooth retention and the increase of the life expectancy for populations. Thus, the aim of this study was to evaluate the influence of starch, sucrose and their combinations in in vitro and in situ biofilms. In vitro, S. mutans biofilms were formed on hydroxyapatite discs in presence of starch, sucrose or their combination. In situ, the cariogenicity of starch-sucrose association was tested by a crossover study and during each phase root dentine slabs were submitted extraorally to solutions of starch, sucrose or starch-sucrose association. In vitro and in situ biofilms were analyzed for biochemical and microbiological composition, and root dentine caries was evaluated in situ. In vitro biofilms formed in presence of starch-sucrose association showed distinct EPS composition in relation to those formed in the presence of isolated sugars, but the same trend was not evidenced in situ. In relation to gtfBCD expression, promising preliminary results were found, but they were distinct for in vitro and in situ studies. Starch was moderately cariogenic for dentine in comparison to sucrose but starch-sucrose association was not more cariogenic than sucrose alone. In conclusion, although starch-sucrose association could enhance the cariogenicity of the biofilm formed, this trend was not confirmed in situ for root dentine since the association was not more cariogenic than sucrose alone
Subject: Cárie dentária
Placas dentárias
Polissacarídeos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: AIRES, Carolina Patricia. Efeito in vitro e in situ do amido e sua combinação com sacarose na composição do biofilme e na desmineralização in situ da dentina radicular. 2008. 47p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289310>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aires_CarolinaPatricia_D.pdf2.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.