Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289303
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação in situ de uma formulação de dentifricio com concentração reduzida de fluor
Author: Peres, Paulo Edelvar Correa
Advisor: Cury, Jaime Aparecido, 1947-
Abstract: Resumo: Nas últimas décadas ocorreu um dec1ínio na prevalência de cárie na maioria dos países desenvolvidos e em desenvolvimento e um concomitante aumento na prevalência da fluorose dental. Assim o desenvolvimento de um dentiftício para crianças, com concentração reduzida de flúor poderia proporcionar maior segurança em relação a fluorose dental, desde que provasse ser tão eficiente quanto um dentiftício convencional. A avaliação in vitro demonstrou que a reatividade de uma formulação contendo 550 ppm F foi melhorada, aumentando a incorporação de flúor no esmalte dental bovino com desempenho similar a um dentiftício convencional com 1100 ppm F. Resultados preliminares sobre esta formulação, com o uso de placas palatinas, demonstraram sua eficácia em reduzir a desmineralização do esmalte. Entretanto não foi avaliada a relação dose/efeito, como também não foi utilizado como controle um dentiftício "Gold Standard" para demonstrar equivalência de efeito. Para avaliação do dentiftício foi realizado um estudo cruzado, duplo-cego, composto de 5 etapas, onde 15 voluntários adultos, usando prótese parcial removível, contendo 4 blocos de esmalte bovino, sendo 2 hígidos e 2 com lesão artificial subsuperficial de cárie. Os voluntários foram submetidos aos seguintes tratamentos com dentiftícios: 1= Não Fluoretado; 11= 275 ppm F; III=550 ppm F; IV= 1100 ppm F; V= Crest ("Gold Standard" ) 1100 ppm F. Os dentiftícios experimentaís são a base de sílica e foram formuladas com pH 5,5 para melhorar a reatividade do flúor (NaF) com o esmalte dental. Análises da dureza (Knoop) do esmalte superficial e seccionado longitudinalmente foram determinadas nos blocos. O esmalte também foi submetido a analises para avaliação do flúor incorporado. Os resultados demonstram que a formulação com 550 ppm F foi mais eficiente que os dentiftícios placebo e 275 ppm F (p<O,O5) e foi equivalente em efeito ao dentiftício "Gold Standard" (p>O,O5) em: 1) Reduzir a desmineralização do esmalte na superfície e na lesão de cárie; 2) Potencializar a remineralização do esmalte na superfície e na lesão de cárie; 3) Aumentar o flúor incorporado no esmalte hígido e com lesão de cárie. Os resultados sugerem que a formulação experimental com concentração reduzida de flúor pode ter a mesma eficácia do dentiftício convencional e poderia ser mais segura em relação a fluorose dental

Abstract: In the last decades there was a caries decline in most of the countries of the world, but at the same time the prevalence of dental fluorosis increased. Thus, the development of a dentifrice for children with low fluoride concentration would offer higher safety with regard to dental fluorosis, as long as it prove to be as efficient as a conventional one with 1000-1100 ppm F. The in vitro evaluation showed that the reactivity of a formulation containing 550 ppm F was improved, increasing the fluoride incorporation in dental enamel with action similar to a conventional dentifrice with 1100 ppm F. Preliminary results of this formulation, using palatal appliances, showed its efficiency on reducing enamel demineralization. Nevertheless, the dose/effect relationship was not evaluated, as well as a control such as a Gold Standard dentifrice was not used to demonstrate equivalence of effect. A 5 step double-blind crossover study was conducted with 15 adult volunteers wearing removable prosthesis, containing 4 bovine enamel blocks, 2 sound and 2 with subsuperficial caries lesions. The volunteers were submitted to the following treatments with dentifrices: 1= Non-fluoridated; II=275 ppm F; III=550 ppm F; IV= 1100 ppm F; V= Crest ("Gold Standard", 1100 ppm F). The dentifrices were silica-based and the formulations were modified (PH5,5) to improve the reactivity of fluoride (NaF) with dental enamel. Surface and cross sectional enamel microhardness (Knoop) were determined in the blocks. Enamel was also analyzed to evaluate fluoride uptake. The data showed that the formulation with 550 ppm F was more efficient than placebo and the one with 275 ppm F (p<0.05) and it was equivalent to the "gold standard"(p>0,05) in: 1) Reducing enamel demineralization on surface and in caries lesion; 2) Enhancing enamel remineralization on surface and in caries lesion; 3) Increasing fluoride in sound and carious enamel. The data suggest that the experimental formulation with lower fluoride concentration could have the same anticaries efficiency as the conventional and would be more safe with respect to dental fluorosis
Subject: Fluorose dentária
Esmalte dentário
Cárie dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Peres_PauloEdelvarCorrea_D.pdf4.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.