Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289155
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Desenvolvimento e validação de um instrumento de avaliação das práticas de controle de infecção em Radiologia Odontológica
Title Alternative: Development and validation of an assessment tool to evalute the practice of an infection control in Dental Radiology
Author: Costa, Eliana Dantas da, 1980-
Advisor: Ambrosano, Gláucia Maria Bovi, 1960-
Abstract: Resumo: A equipe odontológica deve seguir as precauções padrão e utilizar protocolos de controle de infecção para evitar a contaminação cruzada e transmissão de doenças. Na Radiologia Odontológica, o risco para contaminação ocorre principalmente durante a realização dos exames radiográficos intrabucais, pelo contato com saliva e/ou sangue, quando o receptor de imagem é retirado da boca do paciente, ou quando o profissional manipula o equipamento de raios X com as mãos/luvas contaminadas. Assim, a adesão ao controle de infecção em Radiologia é um componente que merece atenção, podendo ser mensurado por meio da aplicação de questionários específicos. Considerando-se a escassez de instrumentos para essa finalidade, o presente estudo teve como objetivo desenvolver e validar um questionário para medir as práticas de controle de infecção em Radiologia Odontológica. O questionário foi desenvolvido após extensa revisão de literatura sobre os trabalhos publicados e consulta aos protocolos de biossegurança disponíveis em agências de saúde nacionais e internacionais. A versão inicial do questionário foi composta por 17 questões de múltipla escolha, relacionadas à higiene das mãos, à utilização de barreiras protetoras de superfícies, e ao tipo de desinfetante utilizado para limpeza/desinfecção. A confiabilidade foi avaliada por meio do teste-reteste, estimada pelo coeficiente de correlação intra-classe (ICC) para as variáveis ordinais e kappa para as dicotômicas. A consistência interna foi verificada pelo coeficiente alfa de Cronbach. Um total de 115 estudantes de Odontologia de 3º a 5º ano de graduação, de duas faculdades públicas e de uma faculdade particular do Estado de São Paulo participaram da fase do teste-reteste. A validade de conteúdo foi realizada por dois comitês de especialistas; o primeiro comitê revisou o conteúdo do questionário, verificando o seu conteúdo e abrangência; o segundo comitê verificou a relevância de cada item do questionário. A validade de constructo foi verificada por meio da análise fatorial e teste de Kruskal-Wallis (para comparação entre os grupos conhecidos), comparando-se a resposta de 641 acadêmicos de Odontologia de 2 faculdades públicas e 4 faculdades particulares do Estado de São Paulo, 20 alunos de doutorado e 15 professores de Radiologia Odontológica. Os resultados indicaram confiabilidade (teste-reteste) satisfatória a excelente (1,000?ICC?0,722); boa a ótima (0,662?kappa?0,913) e ótima consistência interna (alfa de Cronbach =0,88). A etapa de análise do conteúdo pelo comitê de especialistas e análise fatorial resultaram na redução de alguns itens do questionário, que foi aprovado pela equipe de desenvolvimento do questionário. Assim, a versão final do questionário foi composta por 15 questões e 7 domínios. Diferenças estatisticamente significantes (p<0,05) foram observadas entre os estudantes de graduação, doutorandos e professores, para a maioria das respostas, indicando o poder discriminatório do questionário. Concluiu-se que o novo questionário mostrou boas propriedades psicométricas e pode ser uma ferramenta importante para medir a adesão aos protocolos de controle de infecção por profissionais de Odontologia

Abstract: The dental team should follow standard precautions for infection control in order to prevent cross-contamination and disease transmission. In Dental Radiology, the risk of contamination occurs primarily during intraoral radiographs by contacting saliva and/or blood, as well as during removing of image receptor from the patient's mouth, or when the practitioner manipulates the X-ray equipment with contaminated hands/gloves. Thus, adherence to infection control in Dental Radiology is an important component deserves attention and can be measured by using specific questionnaires. Considering the scarcity of instruments for this purpose, this study aimed to develop and validate a questionnaire to evaluate infection control practices in Dental Radiology. The questionnaire was developed after extensive literature review on published papers and on the biosafety protocols available in national and international health agencies. The initial version of the questionnaire consisted of 17 multiple-choice questions related to hands hygiene, surface barrier protection, and cleaning/disinfection. Reliability was assessed by test-retest, using the intra-class correlation coefficient (ICC) for ordinal variables and kappa for dichotomous ones. Internal consistency was assessed by Cronbach's alpha coefficient. A total of 115 dental students in third to fifth years from two public and one private dental schools, in the state of São Paulo, participated in the test- retest reliability. The content validity was performed by two expert committees; the first one reviewed the content and coverage of the questionnaire; the second one determined the relevance of each item of the questionnaire. Construct validity was determined by the factor analysis and the Kruskal-Wallis test (for comparison between known groups), comparing the responses of 641 students from two public and four private dental schools, 20 PhD students and 15 teachers of Dental Radiology. Results indicated (test-retest) satisfactory to excellent reliability (1.000?ICC?0.722); good to great (0.662?kappa?0.913) reliability, and good internal consistency (Cronbach's alpha = 0.88). The content analysis performed by the expert committee and the factor analysis indicated the exclusion of some items, which was approved by the questionnaire development team. Thus, the final version of the questionnaire consisted of 15 questions and 7 domains. Statistically significant differences (p<0.05) were observed among students, doctoral students and teachers, for most of the responses, indicating the discriminatory power of the questionnaire. It was concluded that the new questionnaire showed good psychometric properties, and can be an important tool for measuring adherence to infection control protocols by dental professionals
Subject: Questionários
Radiologia
Controle de infecções
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Costa_ElianaDantasda_M.pdf3.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.