Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/289031
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação do tratamento de defeitos de rebordo alveolar com regeneração ossea guiada : estudo histometrico em cães
Author: Saldanha, Juliana Bezerra
Advisor: Nociti Junior, Francisco Humberto, 1967-
Abstract: Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar, histometricamente, a regeneração óssea de defeitos criados cirurgicamente em rebordos alveolares edêntulos de cães tratados ou não, pelo princípio da regeneração óssea guiada. Foram utilizados nove cães, sem raça definida, fêmeas, que tiveram seus primeiros, segundos e terceiros molares (M1, M2, M3) extraídos bilateralmente. Após três meses, um defeito ósseo de três paredes foi criado bilateralmente na mandíbula, sendo um deles recoberto por uma membrana não reabsorvível de politetrafluoretileno expandido. As dimensões do defeito foram de aproximadamente 8mm no sentido apicocoronário, 12mm no sentido mesiodistal e 8mm no sentido vestibulolingual. Quatro meses após a criação e tratamento dos defeitos ósseos, os animais foram sacrificados, para remoção dos blocos e preparo histológico. A análise histométrica foi realizada quantificando a área, a altura, a largura do osso neoformado e a proporção de tecido ósseo mineralizado. A análise intergrupos revelou diferença estatística significante para os parâmetros área (215,62 + 42,44; 156,33 + 46,85mm2), altura (11,59 + 1,83; 8,64 + 1,42mm) e proporção de tecido ósseo mineralizado (74,19 + 7,74; 81,51 + 6,07%), para o grupo teste e controle respectivamente (p<0,05). Não houve diferença estatística para o parâmetro largura do tecido ósseo neoformado. Dentro dos limites do presente estudo, foi possível concluir que a utilização de membranas não reabsorvíveis no tratamento de defeitos ósseos traz significativos benefícios no reparo ósseo, proporcionando uma maior quantidade de osso neoformado, e promove um retardo no processo de maturação óssea

Abstract: The aim of the present study was to histometrically evaluate the bone regeneration obtained in surgically created ridge defects in dogs treated or not with guided bone regeneration. Nine female mongrel dogs were included. All molars in the mandible were extracted. After three months, a bone defect was surgically created bilaterally in the mandible with dimensions of approximately 12mm mesiodistally and 8mm apicocoronally and 8mm buccolingually. The defects were randomly assigned to one of two groups: non-resorbable membrane (test) and no membrane (control). Four months later, the animals were sacrificed and the specimens were routinely processed for decalcified sections. The histomorphometric analyses were used to determine the height, the width and the area of new bone and the percentage of mineralized tissue. Statistically significant difference was found for the area (215,62 + 42,44; 156,33 + 46,85mm2), the height (11,59 + 1,83; 8,64 + 1,42mm) and the percentage of mineralized tissue (74,19 + 7,74; 81,51 + 6,07%), for test and control group, respectively (p<0,05). Within the limits of the present study, it was concluded that the use of non-resorbable membrane may positively influence bone regeneration, providing a superior amount of newly formed bone and delay the maturation
Subject: Periodontia
Membranas (Biologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SALDANHA, Juliana Bezerra. Avaliação do tratamento de defeitos de rebordo alveolar com regeneração ossea guiada: estudo histometrico em cães. 2003. 57f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/289031>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Saldanha_JulianaBezerra_M.pdf2.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.