Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288884
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Argamassa baritada : teste da proporção e da espessura do revestimento, para uso como barreira de proteção para raios-x de 30K e V de energia efetiva, em clinicas odontologicas
Author: Souza, João Geraldo Martins de
Advisor: Boscolo, Frab Norberto, 1942-
Abstract: Resumo: O presente estudo teve o propósito de determinar a proporção ideal do mineral barita em argamassa de revestimento. E a espessura necessária e equivalente à espessura de chumbo para barrar ou absorver raios-X de aproximadamente 30keV de energia efetiva, para blindagens em clinicas de radiologia odontológica. Foram confeccionados blocos de argamassa baritada com 150x150mm e espessuras de 1.4 a 15.1mm. Foi utilizado como fonte de radiação um a aparelho GE 100 modelo A0061. Os feixes incidentes e emergentes de radiação, foram medidos por meio de dosimetros termoluminescentes de Fluoreto de Litio 700, e por câmara de ionização e eletrometro Victoreen modelos 600-4 e 600 respectivamente, e ainda foi feito um cálculo teórico a partir dos elementos componentes da argamassa, para uma comparação com os resultados nos testes. Os resultados evidenciaram que a barita, numa proporção de 60%, em relação aos demais componentes da argamassa estudada, para raios-X de aproximadamente 30keV de energia efetiva (93.7 kVp), foi obtido por meio de um fator de conversão de 5.6 da espessura da argamassa para espessura necessária de chumbo. A camada semi-redutora (HVL) da argamassa baritada foi de 1.24mm e a camada semi-redutora (HVL) do chumbo foi de O.22mm. Assim sendo, para cada milímetro de chumbo seria necessário 5.6mm da argamassa de revestimento para uma proteção eficiente

Abstract: The present paper has the aim of determine the ideal portion of baryte mineral in plaster and the necessary equivalent thickness of plumbum to absorb or stop x-rays in nearly 30keV effective energy, in isolating odontological clinics. Baryte plaster boards were made at 150x150mm and from 1.4 to 15.1mm of thick. As a radiation source, a GE 100, model A0061 device was used. The incidental and emergent radiadion beams were measured with Lithium Fluoride 700 dosimeter and ionization chamber and Victoreen electrometer models 600-4 and 600 respectively. A theo cal calculus was also done from the plaster compound elements for a testing result comparison. The results highlighted that baryte in 60% portion related to the other studied plaster compounds for x-rays nearly 30keV effective energy (93.7kVp) was obtained through a convertion factor of 5.6 in the plaster thickness for the plumbum necessary thickness. The baryte plaster half-value-layer (HVL) was 1.24mm and the plumbum half-value-layer was 0.22mm. Hence, for each plumbum milimeter it would be necessary 5.6mm of plaster for an efficient protection
Subject: Argamassa
Barita
Dentes - Radiologia
Raios X
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, João Geraldo Martins de. Argamassa baritada: teste da proporção e da espessura do revestimento, para uso como barreira de proteção para raios-x de 30K e V de energia efetiva, em clinicas odontologicas. 1992. [74]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288884>. Acesso em: 13 jul. 2018.
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_JoaoGeraldoMartinsde_M.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.