Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288791
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estatura : dado fundamental em antropologia forense
Author: Freire, Jose Jozefran Berto
Advisor: Wada, Ronaldo Seichi, 1951-
Abstract: Resumo: É fato conhecido que não há padrões brasileiros para estimativa da estatura. Enquanto as pesquisas nacionais em Antropologia Forense sobre sexo, idade e peso avançaram, a pesquisa sobre estatura não evoluiu. Partindo-se da idéia que a estatura é dado fundamental em Antropologia Forense, sabe-se também que, nas perícias sobre ossadas humanas, no Brasil, são utilizadas tabelas e fórmulas de regressão elaboradas fora do país, com padrões raciais definidos, em estudos onde se enfatiza, além do sexo, a questão racial. Portanto, não atenderiam à miscigenação racial presente no Brasil. Nesta pesquisa, iniciouse uma série de estudos sobre estatura, na busca de um padrão nacional. Foi constituída uma amostra de 216 cadáveres, sendo 116 masculinos e 100 femininos. Escolhemos trabalhar com o cadáver, pela possibilidade de se estabelecer a estatura previamente e assim, fazer-se a correlação com as medidas de ossos longos e, portanto, com maior possibilidade de se estabelecer a relação medida de ossos longos e estatura. Foram medidos os ossos úmero, rádio, fêmur e tíbia - pois participam efetivamente da estatura, sob o ponto de vista anatômico. A amostra foi submetida a análise estatística através de cálculos de correlação linear, regressão linear e estabelecimento de intervalo de confiança, para estimativa de estatura. Obtiveram-se, assim, fórmulas de regressão com padrões nacionais que, devidamente aplicadas, auxiliarão o perito brasileiro na estimativa da estatura, quando necessária. Foi constatada, finalmente, a necessidade de novos estudos, onde se contemplem outras variáveis deste tema, como, por exemplo, os biótipos

Abstract: It is well-known that there are no Brazilian standards for stature estimates. While the national researches on Forensic Anthropology about sex, age and weight progressed, the research on stature did not. Based on the idea that the stature is an essential piece of information in Forensic Anthropology we also know that in Brazil, in the human bone investigation the tables and regression formulas used are elaborated abroad, with defined racial standards in which, besides the sex, the racial issue is emphasized. Therefore, they do not meet the racial mixture present in Brazil. In this present research, a series of studies about statures was started in search of a national standard. A sample of 216 corpses, 116 mal e and 100 female, was taken. We chose to work with corpses, due to fact that it was possible to establish the stature previously and thus, to make the correlation with the measurements of long bones and therefore, with a bigger possibility of establishing the relation long bones and stature. The bones measured were the humarus, the radius, femur and tibia because they play an effective part in the stature, from the anatomic point of view. The sample was submitted to statistical analysis through linear correlation calculation, linear regression and the establishment of confidence intervals, to estimate the statures. Thus, regression formulas were obtained, with national standards which property applied will help the Brazilian expert in the estimate whenever necessary. Finnaly, we observed that deeper studies on variables of this very theme such as biotypes prove to be necessary
Subject: Odontologia legal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FREIRE, Jose Jozefran Berto. Estatura: dado fundamental em antropologia forense. 2000. 83f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288791>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freire_JoseJozefranBerto_M.pdf2.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.