Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288709
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da perda tardia de implantes osseointegráveis realizados na Faculdade de Odontologia de Piracicaba - UNICAMP no período de julho de 1996 a julho de 2007
Title Alternative: Study of loss of late dental implants at the Piracicaba Dental School - UNICAMP the period july 1996 to july 2007
Author: Ortega-Lopes, Rafael, 1978-
Advisor: Mazzonetto, Renato, 1968-2011
Abstract: Resumo: O objetivo neste estudo foi analisar a perda tardia dos implantes osseointegrados e os fatores de risco associados aos procedimentos realizados no período entre julho de 1996 a julho de 2007 na Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp. Foram analisados 1795 prontuários dos arquivos desta instituição, sendo destes, 875 pacientes submetidos à instalação de implantes e próteses sobre implantes. A avaliação foi realizada de acordo com as variáveis obtidas das informações colhidas, sendo: idade, gênero, comprimento e largura dos implantes, período de ativação dos implantes, região de instalação dos implantes, método de fixação e tipo da prótese, relacionando-as com as complicações que levaram à perda tardia dos implantes. Os resultados foram analisados através de estatística bivariada e regressão logística multivariada, demonstrando a significância e o fator de risco quanto à perda tardia de implantes dentários nas seguintes proporções: a idade aumenta a chance de perda tardia dos implantes em 1,033 vezes por ano que passa; o período de ativação diminui em 0,7 vezes a chance de perda tardia a cada mês que passa; a história de perda precoce aumenta em 15 vezes a possibilidade de perda tardia do segundo implante; implantes localizados na maxila possuem 2,8 vezes mais riscos de perda tardia que implantes mandibulares; próteses cimentadas possuem maiores chances de fracasso que próteses parafusadas (p=0,000). Já em relação ao gênero; ao diâmetro e comprimento do implante; à localização do implante (anterior/posterior) e ao tipo de prótese (fixa/removivel), os resultados não demonstraram significância estatística com relação à perda tardia. Desta forma, pode-se concluir que a idade, período de ativação do implante, histórico anterior de perda precoce, localização do implante e o tipo de fixação da prótese interferem no prognóstico da reabilitação, aumentando as chances de perda tardia dos implantes, alertando então aos profissionais quanto à previsibilidade da reabilitação proposta

Abstract: The aim of this study was to analyze the late loss of dental implants and the risk factors associated with the procedures performed between July 1996 and July 2007 at the Piracicaba Dental School FOP/Unicamp. We analyzed medical records of 1795 files in this institution, and of these, 875 patients undergoing implant placement and implant. The evaluation was performed according to the variables from the information obtained these records, with age, gender, length and width of implants, implant activation period, the region of implantation, method of fixation and type of prosthesis, relating with the complications that led to the late loss of implants. The results were statistically analyzed using bivariate and multivariate logistic regression, demonstrating the significance and risk factor regarding the late loss of dental implants in the following proportions: age increases chance of late loss of the implants in 1.033 times per year that passes, the activation period is reduced by 0.7 times the chance of late loss with each passing month, the history of early loss increases by 15 times the possibility of late loss of the second implant implants located in the maxilla have 2.8 times higher risk of late loss that mandibular implants, cemented prostheses have higher chances of failure that screwed prosthesis (p = 0.000). In relation to gender of patients, the diameter and length of the implant to the implant location (anterior / posterior) and type of prosthesis (fixed / removable), the results showed no statistical significance with respect to late loss of implants. Thus, this study can be concluded that factors such as age, length of implant activation, previous history of early loss, location and type of implant fixation of prosthesis affect prognosis for rehabilitation, increasing the chances of late loss of implants, alerting the professionals and the predictability of the rehabilitation proposal
Subject: Cirurgia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ORTEGA-LOPES, Rafael. Estudo da perda tardia de implantes osseointegráveis realizados na Faculdade de Odontologia de Piracicaba - UNICAMP no período de julho de 1996 a julho de 2007. 2011. 86 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288709>. Acesso em: 18 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ortega-Lopes_Rafael_M.pdf11.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.