Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288664
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Prevalencia de desordens temporomandibulares em universitarios e sua associação com fatores oclusais, articulares e bruxismo
Author: Rosa, Rosena Santos da
Advisor: Rodrigues-Garcia, Renata Cunha Matheus, 1964-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo retrospectivo foi verificar a prevalência de sinais e sintomas indicativos de Desordem Temporomandibular (DTM) e suas associações, em amostra composta por universitários, por meio da utilização de arquivos de fichas de exames clínicos e questionários. Para constituição do arquivo foi utilizada uma amostra constituída de 177 voluntários, recrutados na Faculdade de Odontologia de Araras do Centro Universitário Hermínio Ometto, com idade entre dezenove e 25 anos (média de 22 anos). Os dados foram obtidos por meio da aplicação de questionário, exame clínico e exame de eletrovibratografia. Após a obtenção dos dados por meio de questionário, e confirmação clínica e eletrônica dos mesmos, os voluntários foram classificados como possuidores de DTM e não possuidores de DTM, segundo a presença de sensibilidade dolorosa na Articulação Temporomandibular (ATM) e/ou presença de ruídos articulares. Após a classificação dos voluntários e de posse dos dados obtidos, os mesmos foram submetidos a análise estatística para verificação da existência de associação entre DTM e: (1) interferências oclusais, (2) bruxismo, (3) hipermobilidade articular, (4) ruídos articulares, e (5) presença de tratamento ortodôntico anterior. Foi verificado que do total dos voluntários selecionados, 101 não apresentaram indícios compatíveis com DTM e 76 foram classificados como possuidores desta. O teste do Qui-quadrado e Exato de Fisher demonstraram prevalência de DTM em 42,94% da amostra, com intervalo de confiança de 95% (limite inferior de 35,54% e limite superior de 50,58%). Foi verificada presença de associação significante entre DTM e ruídos articulares (p<0,001) e entre DTM e bruxismo (p<0,05). Não foi observada associação significante entre DTM e demais variáveis estudadas: interferências oclusais (p=0,929), hipermobilidade articular (p=0,081) e tratamento ortodôntico (p=0,103). Desta forma, os dados sugerem que pacientes que apresentam bruxismo devem ser monitorados quanto ao aparecimento de DTM

Abstract: The aim of this retrospective study was to evaluate the prevalence of signs and symptoms of Temporomandibular Disorders (TMD) and its association in adults, by clinical examination files and questionnaires. This file was composed by one hundred seventy seven volunteers, aged between 19 and 25 years old (mean age 22) selected in The Faculty of Dentistry of Araras from the Hermínio Ometto University Center. They were submitted to clinical examination, computerized eletrovibratography and answered a questionnaire. The volunteers were classified according to the presence of TMD tenderness and/or articular noises in TMD or not TMD subjects. The data were submitted to statistical analysis in order to verify the association between TMD and the presence of (1) occlusal interferences, (2) bruxism, (3) articular hypermobility, (4) articular noises and (5) presence of orthodontic treatment. It was verified that of the 177 volunteers, 101 have not presented any signs of TMD and 76 were classified as TMD patients. The Chi square test and Fisher's Exact test demonstrated a TMD prevalence of 42.94 % at 95% of confidence level (lower limit of 35,54% and higher limit of 50,58%). It was verified a significant association (p<0.0001) between TMD and articular noises, and between TMD and bruxism (p<0.05). There was no association between TMD and other variables: occlusal interferences (p=0.929), articular hypermobility (p=0.081) and orthodontic treatment (p=0.103). These data suggests that patients presenting bruxism should be monitored regarding to TMD occurrence
Subject: Prevalência
Articulação temporomandibular
Articulações - Hipermobilidade
Bruxismo
Oclusão dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ROSA, Rosena Santos da. Prevalencia de desordens temporomandibulares em universitarios e sua associação com fatores oclusais, articulares e bruxismo. 2004. 95f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288664>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rosa_RosenaSantosda_D.pdf523.82 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.