Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288652
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito da alteração do suporte oclusal na mastigação de portadores de próteses removíveis
Title Alternative: Effect of occlusal support alteration on mastication of removable denture wearers
Author: Sánchez-Ayala, Alfonso, 1979-
Advisor: Rodrigues-Garcia, Renata Cunha Matheus, 1964-
Abstract: Resumo: Evidências científicas que determinem a influência do suporte oclusal (SO) reabilitado na função mastigatória são insuficientes. A proposta deste estudo foi avaliar a influência do SO na função mastigatória de portadores de próteses removíveis. Vinte e três indivíduos edêntulos (idade média=55.2 ± 8.4 anos) foram reabilitados com prótese total superior e parcial removível inferior (PPR). Cinco condições de SO foram determinadas através do desgaste dos dentes das PPRs: SO completo (L1-condição controle), SO até 1° molar (L2), até 2° pré-molar (L3), até 1° pré-molar (L4), e ausência de suporte oclusal (L5). Performance e eficiência mastigatórias foram avaliadas por meio da mastigação de cubos de Optocal de 5.6 mm de aresta utilizando 20 ciclos mastigatórios. A performance mastigatória foi determinada pelo tamanho mediano de partícula (X50) utilizando o método das peneiras (0,5-5,6 mm). A eficiência mastigatória foi determinada pela porcentagem do material que atravessou as peneiras de 5,6, 4, 2,8 e 2 mm. O número de ciclos mastigatórios realizados por minuto foi considerado como taxa mastigatória. A chance de seleção e função de fratura foram avaliadas realizandose um ciclo mastigatório simultaneamente para tamanhos de 8, 4,8 e 2,4 mm dos cubos de Optocal. O padrão de ciclo mastigatório foi qualitativamente analisado por meio das trajetórias, e quantitativamente examinado por meio das aberturas e áreas máximas registradas utilizando cinesiografia. Na primeira parte do trabalho, o impacto súbito de cada condição de SO na função mastigatória foi avaliado. Em um segundo momento, a adaptação a cada condição de SO foi semanalmente analisada. Assim, as variáveis foram mensuradas imediatamente após a obtenção de cada condição, e após uma semana de uso das próteses nestas mesmas condições. Foram aplicados os testes de ANOVA para medidas repetidas e Tukey, Friedman e comparações múltiplas não paramétricas, e Exato de Fisher para comparar as condições de SO entre si. Os testes de ANOVA para medidas repetidas e Dunnett foram empregados para comparar os resultados de adaptação em cada condição de SO e a condição controle (?=0,05). Performance e eficiência (5.6 mm) mastigatórias diminuíram gradualmente (p<0,0001) desde L1 (X50=5,46±0,64 mm, e 51,21±19,44 %, respectivamente) até L5 (X50=6,24±0,44 mm, e 24,50±15,98 %, respectivamente). A condição L4 apresentou menor taxa mastigatória do que a L1. As chances para selecionar e fraturar cubos de 8, 4,8 e 2,4 mm igualmente diminuíram (p<0,0001) à medida que o SO foi reduzido. O padrão de ciclo mastigatório foi similar (p>0,05). Os indivíduos adaptaram sua performance e eficiência (4 e 2,8 mm) mastigatórias até L3 apresentando valores similares à condição controle (p<0,05). Considerando a peneira de 2 mm, os indivíduos também mostraram adaptação em L4 (p<0,05). Apenas em L2, os indivíduos apresentaram adaptação da taxa mastigatória, chance de seleção e função de fratura (p<0,05). A redução súbita do suporte oclusal ocasionou a diminuição da performance e eficiência mastigatória devido à deterioração da capacidade de selecionar e fraturar o Optocal. Porém, os indivíduos avaliados adaptaram sua função mastigatória a arcos dentais reduzidos até pré-molares

Abstract: Scientific evidences to determine the influence of rehabilitated occlusal support (OS) on masticatory function are insufficient. The aim of this study was to evaluate the influence of OS on masticatory function of removable denture wearers. Twenty three edentulous subjects (mean age=54.2±8.3 years) were rehabilitated with maxillary complete denture and mandibular removable partial denture (RPD). Five OS conditions were determined through wearing of RPD teeth: full OS (L1-control condition), OS to 1° molar (L2), to 2° premolar (L3), to 1° premolar (L4), and absence of occlusal support (L5). Masticatory performance and efficiency were evaluated by chew of Optocal cubes edged 5.6 mm using 20 masticatory cycles. Masticatory performance was evaluated through median particle size (X50) using the sieve method (0.5 - 5.6 mm mesh). Masticatory efficiency was determined through test food percentage by weight that passed through sieve of 5.6, 4, 2.8 and 2 mm mesh. The number of masticatory cycles effected per minute was defined as chewing rate. Selection chances and breakage functions were evaluated performing one masticatory cycle simultaneously to Optocal cubes edged 8, 4.8 and 2.4 mm. Masticatory cycle pattern was qualitatively analyzed through its trajectory and quantitatively evaluated through maximum openings and areas recorded using kinesiographic. In the first part of work, the impact of each OS condition was evaluated. In a second stage, the adapting to each OS condition were weekly evaluated. Then, variables were measured immediately after determining each condition, and after one week using the prostheses in the same conditions. It was applied ANOVA for repeated measures and Tukey tests, Friedman and nonparametric multiple comparisons tests, and Fisher's exact test to compare the OS conditions between them. ANOVA for repeated measures and Dunnett tests were used to compare the adaptation results at each OS and control conditions (?=0.05). Masticatory performance and efficiency (5.6 mm) gradually decreased (p<0.0001) from L1 (X50 = 5.46 ± 0.64 mm, and 51.21 ± 19.44 %, respectively) to L5 (X50 = 6.24 ± 0.44 mm, and 24.50 ± 15.98 %, respectively). The L4 condition showed lower chewing rate than the L1. Chances to select and break cubes sized 8, 4.8 and 2.4 mm also decreased (p<0.0001) as OS was shortened. Masticatory cycle pattern was similar (p>0.05). Subjects adapted their masticatory performance and efficiency (4 and 2.8 mm) until L3 presenting similar values to control condition (p<0.05). According to sieve 2 mm mesh, subjects also showed adaptation in L4 (p<0.05). Only in L2, subjects presented adaptation for chewing rate, selection chance and breakage function (p<0.05). The sudden reduction of the occlusal support resulted in decreased masticatory performance and efficiency due to deteriorated capacity to select and break the Optocal. However, the evaluated subjects adapted their chewing to shortened dental arches up to premolars
Subject: Dente artificial
Oclusão dentária
Reabilitação bucal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SÁNCHEZ-AYALA, Alfonso. Efeito da alteração do suporte oclusal na mastigação de portadores de próteses removíveis. 2011. 77 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288652>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sanchez-Ayala_Alfonso_D.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.