Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288536
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Correlação entre fatores de qualidade ossea mandibular e densidade ossea mineral em mulheres brasileiras
Title Alternative: Correlation between mandibular bone quality factors and bone mineral density in brazilian women
Author: Pedrosa, Esio Fortaleza Nascimento Chaves
Advisor: Watanabe, Plauto Christopher Aranha
Abstract: Resumo: Existem diversos métodos para avaliar a qualidade óssea através de sua densidade. Estes métodos variam no custo, disponibilidade e na dose de radiação. O cirurgião-dentista atua nos elementos dentários e nas estruturas de suporte dos maxilares e mandíbula, componentes do sistema estomatognático. Nas últimas décadas têm se pesquisado muito a respeito da qualidade óssea das estruturas de suporte dos elementos dentários, principalmente na mandíbula, com convincentes evidências de perda óssea bucal associada com a osteoporose, particularmente um aumento da porosidade cortical do osso alveolar e corpo mandibular. O Objetivo deste estudo foi avaliar a correlação de três aspectos da qualidade óssea mandibular, em radiografias panorâmicas, correlacionando-os com medidas de densidade óssea mineral (DOM) do DEXA realizados no radio, coluna e fêmur. Os resultados apresentaram correlação significante entre a classificação morfológica do córtex (CC) e a espessura da cortical basal mandibular com a DOM. Não houve correlação entre os fatores dimensão fractal (DF) e porcentagem de pixels pretos (ET) com a DOM. Pode-se concluir que é possível referenciar pacientes para o DEXA com a finalidade de pesquisar a baixa massa óssea mineral pelas análises da cortical inferior da mandíbula.

Abstract: There are several methods to evaluate the bone quality by the density. These methods vary in cost, availability and the radiation dose. The dentist works on teeth and in the maxilla and mandible support structures, components of the stomatognathic system. Recently, it has been searched too much about the bone quality of the teeth support structures, especially in the jaw with evidences of oral bone loss associated with osteoporosis, particularly an increase in cortical porosity of the alveolar bone and mandibular body. The aim of this study was to evaluate the interrelationship of three aspects of mandibular bone quality on panoramic radiographs, correlating them with measures of bone mineral density (BMD) of DEXA performed in radio, spine and femur. The results showed a significant correlation between the cortex morphological classification and cortex thickness with lower BMD. There was no correlation between the fractal dimension (FD) factors and black pixels (ET) percentage with the BMD. It could be concluded that it is possible to refer patients for DEXA in order to search for low bone mineral analysis of the lower mandibular cortex.
Subject: Densitometria
Mandibula
Radiografia panorâmica
Osteoporose
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PEDROSA, Esio Fortaleza Nascimento Chaves. Correlação entre fatores de qualidade ossea mandibular e densidade ossea mineral em mulheres brasileiras. 2009. 63 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288536>. Acesso em: 13 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pedrosa_EsioFortalezaNascimentoChaves_M.pdf2.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.