Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288522
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação do potencial anticarie da propolis proveniente da região de mata atlantica da Bahia
Author: Duarte, Simone
Advisor: Rosalen, Pedro Luiz, 1960-
Abstract: Resumo: Uma nova variedade de própolis, classificada como tipo 6, embora não apresente flavonóides em sua composição química, tem demonstrado atividade antimicrobiana e anti-glucosiltransferase in vitro. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos anticárie e a composição química da propolis tipo 6 (EEP) e de sua fração hexano (EEH), aIém de duas sub-frações da EEH (Hfr-2 e Hfr-3), pré-selecionadas. Os extratos de EEP e EEH foram avaliados para determinar sua influência na viabilidade (Time-Kill) de biofilmes de Streptococcus mutans UA159 e Streptococcus sobrinus 6715, queda de pH glicolítico e seu efeito na translocação de prótons pela atividade da ATPase. Estes extratos também foram testados utilizando modelo experimental de cárie em ratos. Além disso, foram realizados estudos utilizando Hfr-2 e Hfr-3 para analisar seu efeito na atividade de glucosiltransferase (GTF) B e GTF C em solução (GTF-sol) e em superfície (GTF-sup), e também na composição de polissacarídeos e no acúmulo de biofilmes de S. mutans UA159 formados em discos de hidroxiapatita. A composição química foi analisada por cromatografia gasosa - espectrometria de massa. Os resultados demonstram que os extratos EEP e EEH não apresentaram efeito na viabilidade bacteriana dos biofilmes, entretanto reduziram a produção de ácidos orgânicos e a atividade da ATPase (60-65% de redução a 800 !-tg/ml). Além disso, a incidência de cárie em superfície lisa foi significativamente reduzida por EEH e EEP a 5%, p/v (p<0,O5), sendo que o EEH foi também capaz de reduzir incidência e severidade de cárie de sulco (p<0,O5), quando comparado ao controle. A porcentagem de infecção por S. sobrinus não foi afetada pelos extratos. Quanto às sub-frações Hfr-2 a Hfr-3, ambas foram potentes inibidores da atividade de GTFs, tanto em solução quanto em superfície de hidroxiapatita, sendo 52-86% de redução para GTF B-sol e 22-40% de redução para GTF B-surf, em concentrações menores que 500 !-tg/ml.Resultados semelhantes foram encontrados para GTF C. Nos biofilmes, o peso seco e a quantidade de polissacarídeos insolúveis e intracelulares também foram significativamente reduzidos com o tratamento de Hfr-2 (p<0,05), embora este extrato não tenha apresentado atividade antibacteriana. Além disso, ácidos graxos (oléico, palmítico, linoléico, esteárico) foram os principais compostos identificados na própolis tipo 6 e suas frações. Os resultados indicam que os efeitos biológicos da própolis tipo 6 podem ser atribuídos à sua alta concentração de ácidos graxos, sendo que o seu efeito anticárie pode não estar relacionado com a atividade antimicrobiana, mas com a inibição dos fatores de virulência do biofilme cariogênico

Abstract: A new variety of Brazilian propolis classified as type-6, despite having no flavonoids in its chemical composition, has shown antimicrobial and anti-glucosyltransferase activities in vitro. The aim of this study was to evaluate the anti-caries effect and the chemical composition of propolis type-6 (EEP) and its purified hexane fraction (EEH) and also of two selected bioactive sub-fractions of EEH (Hfr-2 and Hfr-3). The EEP and EEH were analyzed to determine their influence on Time-Kill of Streptococcus mutans UA159 and Streptococcus sobrinus 6715 biofilms, glycolytic pH drop assays and their effects on proton-translocating ATPase activity. These extracts were also tested using an experimental dental caries model in rats. Furthermore, studies using Hfr-2 and Hfr-3 were done to determine their effect on glucosyltransferase (GTF) B and GTF C both in solution (GTF-sol) and adsorbed onto a saliva-coated hydroxyapatite (GTF-surf), and also on polysaccharide composition and on accumulation of S. mutans biofilms formed on hydroxyapatite discs. The chemical compositions were examined by gas chromatography/mass spectrometry. The results show that the EEP and EEH did not show any major antibacterial activity on biofilms, however, inhibited the organic acid production and also the ATPase activity (60-65% inhibition at 800 /lg/ml). Furthermore, the caries incidence on smooth surface was significantly reduced by both extracts at 5%, w/v (p<0.05), and the EEH was able to reduce the incidence and severity of sulcal surface caries (p<0.05) when compared to the control group. The percentage of S. sobrinus infection was not affected by the propolis extracts. Both sub-fractions Hfr-2 and Hfr-3 were potent inhibitors of GTFs B and C activities, in solution or adsorbed to a salivacoated hydroxyapatite surface: GTF B-sol (52-86% of reduction) and GTF B-surf (22-40% of reduction) at concentrations as low as 500 /lg/ml. Similar results were observed for GTF C. In biofilms, the dry weight and the amount of insoluble and intracellular polysaccharides of the biofilms treated with Hfr-2 were significantly lower than those treated with vehiclecontrol (p<0.05), even if this extract did not show antibacterial activity. In addition, fatty acids (oleic, palmitic, linoleic, stearic) were the main compounds identified in propolis type 6 and its fractions. The data suggest that the biological effects observed for this type of propolis could be attributed to its high content of fatty acids, and the anti-caries effect could be related not to the antibacterial activity but to the inhibition of cariogenic biofilm virulence factors
Subject: Biofilme
Cárie dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Duarte_Simone_D.pdf2.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.