Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288435
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Validade relativa de uma escala de oito itens alimentares para medir frequência de ingestão de sacarose : Relative validity of a scale with eight food items to measure frequency of sucrose intake
Title Alternative: Relative validity of a scale with eight food items to measure frequency of sucrose intake
Author: Amaral, Regiane Cristina do, 1976-
Advisor: Frazão, Paulo
Pedro, Paulo Frazão São
Abstract: Resumo: Objetivos: Comparar as medidas indiretas de consumo de açúcares extrínseco, por meio de um instrumento autorreferido e por meio de três R24h (recordatório de dieta de 24 h), utilizando como método de referência a média de 3 R24h e comparar as medidas diretas (por meio de medidas bioquímicas) e medidas indiretas (por meio do R24h) de consumo de açucares a fim de verificar possível correlação entre tais medidas. Materiais e métodos: Foi conduzido um estudo observacional transversal, em uma amostra intencional composta por 87 adolescentes (13 a 16 anos), residentes no município de Piracicaba em 2011. Os adolescentes foram identificados conforme os tercis de ingestão de açúcar e os mesmos responderam a três R24h (com intervalo de 15 dias entre cada aplicação) e um instrumento autorreferido contendo questões sobre a frequência e ingestão de açúcar ao qual foram expostos, além do momento em que ingeriram. Os alimentos descritos nos R24h foram convertidos em energia (Kcal), como energia e carboidratos pelo programa Dietwin e a quantidade em gramas de açucares foram convertidas pelo programa USDA. Foram ainda coletados saliva dos voluntários a fim de que fosse realizada análise bioquímica da enzima sacarase saliva e biofilme dental para analises dos íons Ca, Pi e F presentes neste biofilme.Os adolescentes foram ainda pesados e medidos a fim de se verificar o Índice de Massa Corpórea (IMC) dos voluntários. Resultados: Ao se comparar os R24h com o instrumento autorreferido verfica-se que os valores médios obtidos por meio do instrumento são sempre superiores aos relatados na média de ingestão dos R24h, com diferença estatisticamente significativa para maioria dos itens (teste de Wilcoxon p<0,05). Em relação ao momento de ingestão, não houve uma tendência clara de superestimação, sendo que para 6 dos 11 itens avaliados, as estimativas produzidas pelos métodos não foram significativamente diferentes (teste de McNemar). Ao se comparar os R24 com as medidas bioquímicas, verifica-se que foram encontradas correlações estatisticamente significativas entre frequência/quantidade e Energia; frequência/quantidade e Carboidrato. Contudo, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre a frequência e a quantidade de consumo de açúcar e as medidas bioquímicas (teste de correlação de Kendall). Conclusões: As estimativas relativas ao comportamento alimentar referidas por adolescentes devem por meio de instrumento autorreferido ser consideradas com cautela. Ao se comparar as medidas indiretas (R24h) e diretas (medidas bioquímicas), observa-se que em nível populacional as medidas bioquímicas não refletem a variação da ingestão de açúcares estimada pelos R24h

Abstract: Objective: To compare the use of indirect measures of extrinsic sugars consumption, through an instrument of self-reported and through three R24h (diet recall 24 h), using as a reference method the R24h and to compare the direct measures (by measures biochemical ) and indirect measure (by R24h) of consumption of sugars in order to verify a possible correlation between these measures. Materials and methods: An cross-sectional observational study was conducted in a purposive sample of 87 adolescents (13-16 years) residing in the city of Piracicaba in 2011. The adolescents were identified according to tertiles of sugar intake and they answered three R24h (with an interval of 15 days between each application), and a self-reported instrument containing questions about intake, frequency of sugar and moment with which they were exposed. The foods described in the R24h were converted into energy (Kcal), with carbohydrates and energy using the Dietwin program and the amount of the sugar consumed was converted by the USDA program. Were collected saliva of volunteers to analysis of sucrase enzyme and biofilm to analysis of Ca, Pi and F present in this biofilm. Results: Comparing the R24h with the self-reported instrument in mean the values obtained from the instrument are always higher than those reported in the average intake of R24h, with a statistically significant difference for most items (Wilcoxon test p < 0 05). Regarding the time of intake, there was not a clear trend of overestimation, being that 6 of the 11 items assessed, the estimates produced by the methods were not significantly different (McNemar test). Comparing the R24h with biochemical measures, statistically significant correlations between frequency / quantity and Energy were found; frequency / quantity and Carbohydrate. However, no statistically significant differences between the frequency and the amount of sugar intake and biochemical measures (Kendall¿s correlation test) were found. Conclusions: The estimates of feeding behavior reported by the adolescent in a self-reported instrument should be considered with caution. Comparing indirect measures (R24h) and direct measure (biochemical measures), it is observed that the biochemical measures in the population level do not reflect the variation in intake of sugars estimated by R24h
Subject: Questionários
Adolescentes
Açúcar
Sacarose
Saúde bucal
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amaral_RegianeCristinado_D.pdf2.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.