Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288389
Type: TESE
Title: Estudo da histopatologia das glandulas salivares maiores de 32 pacientes aideticos autopsiados
Title Alternative: Autopsy findings in the major sallvary glands of 32 Brazilian patients with aids
Author: Vargas, Pablo Agustin, 1973-
Advisor: Almeida, Oslei Paes de, 1948-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações anatomopatológicas das glândulas salivares maiores de 32 pacientes aidéticos autopsiados e de 13 que morreram por outras causas. As autópsias foram realizadas no SVOC (Serviço de Verificação de Óbitos da Capital) -FMUSP(Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) em 1996 e 1997, seguindo os preceitos éticos e técnicos do local. As glândulas salivares maiores foram dissecadas, cortadas em seis fragmentos e os cortes histológicos corados em H/E, Grocott e ZiehlNielsen. No grupo HIV negativo observou-se em três casos sialadenite discreta crônica na parótida. Nas parótidas do grupo aidético observou-se seis casos de tuberculose, um de criptococose e um de citomegalovirose. Sialadenite esteve presente em 18 casos na parótida, 17 na submandibular e 15 na sublingual. Não foram encontradas lesões císticas ou neoplásicas. Os linfonodos intraparotídeos do grupo aidético apresentaram: depleção de linfócitos em 07 casos; granulomas com bacilos de Koch em 06 e inclusão de tecido glandular nos linfonodos em 07casos. Em 92% dos casos o nível de linfócitos CD4 no sangue dos indivíduos aidéticos esteve abaixo de 200 cels/ 'mu'l. A etiologia da sialadenite crônica em pacientes aidéticos ainda precisa ser melhor determinada. Tuberculose, criptococose e citomegalovirose, ocorreram apenas na parótida. Estas doenças não estavam localizadas na parótida exclusivamente, envolvendo também outros órgãos. Um maior número de casos está sendo avaliado, para melhor determinar a incidência de doenças nas glândulas salivares de pacientes aidéticos

Abstract: This study describes the alterations found in the major salivary glands of 32 patients who died of AIDS and of 13 who died for other reasons. Sialadenitis occurred in the parotid of 23% cases of the control group, and in 54%, 51 % and 45% cases of the parotid, submandibular and sublingual glands respectively, of the patients with human immunodeficiency virus infection. Six cases of tuberculosis, one of cryptococosis, one citomegalovirus infection were found in the parotid of the HIV positive patients. Intraparotid lymph nodes showed depletion of lymphocytes in 7 and inclusion of glandular tissue in 7 cases of immunodeficient patients. Tuberculosis in the salivary glands is well documented in the literature, but in HIV positive it is rarely described. It is also important to consider that the alterations of the major salivary glands here described had not been diagnosed clinically
Subject: Glândulas salivares
AIDS (Doença)
Autópsia
Infecções por HIV
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vargas_PabloAgustin_M.pdf6.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.