Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288356
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação in vitro da adesão de Candida spp sobre a superficie de resinas acrilicas para base e reembasamento de protese removiveis
Title Alternative: In vitro Candida spp adhesion on acrylic resins and denture liners
Author: Pereira-Cenci, Tatiana
Advisor: Del Bel Cury, Altair Antoninha, 1948-
Abstract: Resumo: A candidose é a infecção oral fúngica mais comum diagnosticada em humanos, com prevalência de até 67% em usuários de prótese. Embora tenha sido inicialmente associada apenas a Candida albicans, outras espécies podem ser responsáveis por mais de 50% dos casos de infecção. Ainda, fatores como presença de saliva e bactérias parecem desempenhar importante papel na colonização por Candida. Assim, este estudo objetivou verificar a influência destes fatores na a:fesão de duas espécies de Candida (Candida albicans e Candida glabrata) sobre a superfície de resinas acrílicas e reembasadores. Corpos de prova (2,5x1 ,2xO,2 cm) confeccionados com duas resinas acrílicas (convencional e de microondas) e dois reembasadores (temporário e permanente) tiveram sua rugosidade (Ra) e energia livre de superfície (ELS) mensuradas, sendo aleatoriamente divididos de acordo com a exposição aos fatores: presença ou ausência de saliva, presença ou ausência de bactérias e espécie de Candida. Os espécimes foram levados a uma câmara de fluxo utilizando-se uma bomba peristáltica para perfusão de cultura de bactérias seguida por uma das espécies de Candida, ou apenas a cultura de uma das espécies de Candida. A contagem das células de Candida aderidas foi realizada em microscópio óptico (400x). Os dados foram submetidos à análise de variância para Ra e adesão, e ao teste de Kruskal-Wallis para ELS (a=0,05). O reembasador temporário apresentou a maior Ra, seguido do permanente, enquanto as resinas acrílicas exibiram as menores rugosidades (p<0,0001). Os valores de ELS foram similares para os materiais, mas diferentes do reembasador temporário (p<0,0001). A adesão de C. albicans e C. glabrata variou de 3,2 a 564,4 e 3,2 a 1400,4 cel/mm2 respectivamente, com diferenças estatísticas (p<0,05) em alguns grupos. O reembasador temporário mostrou maiores níveis de adesão. A colonização foi diminuída pela saliva, enquanto na presença de bactérias e saliva houve aumento da adesão (p<0,05). Estes resultados sugerem que a adesão inicial das duas espécies de Candida foi fortemente afetada pela rugosidade, presença de saliva e bactérias, mas não pela energia livre de superfície

Abstract: Candida-associated stomatitis is reported in up to 67% of a population wearing dentures. Recently, disease-associated Candida species have shifted from C. albicans to norralbicans species. Since factors such as presence of saliva and oral bacteria appear to play a major role in the initial phases of yeasts adhesion, this study aimed to determine whether these factors produced differences in acrylic resins and denture liners C. albicans and C. glabrata adherence. Samples (2.5x1.2xO.2 em) of two acrylic resins (heat and microwavecured) and two denture liners (soft and hard) were prepared and had their surface free energy (SFE) and surface roughness (Ra) measured and were randomly divided according to their exposure to the following factors: saliva coating or uncoating, presence or absence of bacteria and Candida species. Specimens were assayed in a flow chamber connected to a peristaltic pump for perfusion of bacteria culture plus one of the Candida species culture or only the Candida culture (control). Adhesion was determined by count on a light microscope (400 x). Statistical analyses was performed by ANOVA (Ra and Candida species adhesion) and Kruskal-Wallis (SFE) (a=.05). Soft liner presented the roughest surface, followed by the hard liner, whereas acrylic resins exhibited the smoothest surfaces (p<.0001). The SFE values of ali materiais were similar but different from the soft liner (p<.0001). C. albicans and C. glabrata adhesion on the materiais ranged fr0m 3.2 to 564.4, and 3.2 to 1400.4 cells mm-2 respectively, with statistically signific,ant differences (p<.05) in some cases. The soft liner exhibited the highest levels of adhesion. The overall colonization was significantly decreased by saliva (p<.Oq), while bacteria increased the adhesion in the presence of saliva. These results taken together suggest that initial adhesion of Candida species was strongly affected by the surface roughness, presence of saliva and bacteria, but not by surface free energy
Subject: Candida albicans
Candida glabrata
Bactérias
Saliva
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira-Cenci_Tatiana_M.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.