Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288294
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Padrões de facilitação neuromuscular proprioceptiva e seu efeito na capacidade respiratoria
Author: Moreno-Ganzella, Marlene Aparecida
Advisor: Gonçalves, Mauro
Abstract: Resumo: proposta deste estudo foi analisar bilateralmente o efeito de um programa de treinamento fundamentado na Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva, utilizando-se de duas diagonais do Método Kabat de membros superiores, na atividade eletromiográfica, na Pressão Inspiratória Máxima (Plmáx), na Pressão Expiratória Máxima (PEmáx) e na toracometria. Os músculos analisados foram o esternocleidomastóideo (ECM), trapézio fibras superiores (TFS) e peitoral maior parte clavicular (PMC). Participaram deste estudo 14 sujeitos do sexo feminino, com idade variando entre 20 e 29 anos (x=22,9; OP=2,9), clinicamente normais. O programa de treinamento foi realizado com a regularidade de três vezes por semana, durante quatro semanas, em três séries de seis repetições com 80% de uma repetição máxima. O registro elétrico dos músculos foi obtido antes e após o treinamento por meio de eletrodos de superfície da marca BIO-LOGIC e um módulo de aquisição de sinais biológicos (Lynx) de quatro canais, uma placa AIO (CAO 1026 - Lynx) e um "software"específico (Aqdados - Lynx), sendo os sinais normalizados pela contração isométrica voluntária máxima (CIVM = 100%). As medidas de Plmáx e PEmáx foram obtidas por um monovacuômetro com intervalo operacional de + 300 a - 300 cmH20, sendo a Plmáx realizada próximo ao Volume Residual e a PEmáx próximo à Capacidade Pulmonar Total e a toracometria foi realizada com uma fita métrica envolvendo o tórax do voluntário. Os procedimentos estatísticos empregados foram delineados através da análise não-paramétrica, da qual realizou-se os Testes de Friedman, Teste de Wilcoxon e Teste de Contraste OMS para um nível de significância p<0,05 para os valores obtidos na eletromiografia, medidas das pressões respiratórias máximas e toracometria. Os resultados das variáveis obtidas antes e após o programa de treinamento, para os registros eletromiográficos mostraram que para o grupo controle não houve diferença significativa e que no grupo treinado houve um aumento da atividade elétrica para os músculos ECM-O, ECM-E, TFS-E, PMC-O e PMC-E, tanto na fase inspiratória como na fase expiratória após o período de treinamento. Nas medidas das pressões respiratórias máximas, não houve diferença para o grupo controle e constatou-se um aumento significativo das pressões inspiratória e expiratória máximas para o grupo treinado após o período que sucedeu o treinamento, e para as medidas obtidas através da toracometria, não houve diferença entre os resultados do grupo controle antes e depois do período do treinamento; já para o grupo treinado, houve um aumento significativo dos valores após o treinamento. A partir dos resultados obtidos nesta pesquisa, nas condições experimentais utilizadas, concluiu-se que após o treinamento houve um aumento na atividade elétrica dos músculos estudados com exceção do TFS­O, também houve um aumento da força muscular respiratória e um aumento da mobilidadde torácica, sugerindo que o treinamento com os membros superiores nas diagonais do Método Kabat de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva poderá ser indicado como recurso fisioterapêutico para a desenvolvimento da capacidade respiratória

Abstract: The aim of this paper was to make a bilateral analysis of a training program effect based on the Proprioceptive Neuromuscular Facilitation. We used two diagonals of the Kabat's method of upper extremity in the electromiographic activity, in the Maximal Inspiratory Pressure (MIP), in the Maximal Expiratory Pressure (MEP) and in the Thoracometry. The muscles analyzed were the sternocleidomastoid (SCM), upper trapezius (UT) and pectoralis major clavicular part (PMC). Fourteen female subjects took part in this study between 20 and 29 years old (X = 22.9; SD = 2.9), considered clinically normal. The training program was carried out regularly three times a week, for four weeks, three series of six repetitions with the maximum repetition of 80%. The electric muscle register was obtained before and afier the training. The equipments used were the BIO-LOGIC surface electrodes, a four channel biological signal acquisition model (Lynx), a board AlD (CAD 1026 ­Lynx) and a specific software (Aqdados - Lynx). The signals were normalized by the maximal voluntary isometric contraction (MVIC = 100%). The MIP and MEP measures were obtained bya monovacuumeter with operational interval of + 300 to - 300 cmH20. The MIP was carried out close to the Residual Volume, the MEP close to the Total Pulmonary Capacity and the Thoracometry with a measuring tape involving the subject thorax. The statistical procedures used were designed through the non-parametric analysis. The tests of Friedman, Wilcoxon and DMS for a significance levei of p<0.05 for the Electromiography values, maximal respiratory pressure measures and thoracometry. The variable results obtained before and afier the training program through the electromiographic registers showed no significant difference for the control group. However, the trained group increased their electric activity for the following muscles: SCM-R, SCM-L, UT -L, PMC-R and PMC-L, in the inspiratory as well as in the expiratory phase afier the training period. There was no difference in the maximal respiratory pressures for the control group. But there was a significant increase of the maximal inspiratory and expiratory pressures for the trained group afier the training period. For the thoracometry measures, there was no difference between the results of the control group before and afier training. But for the trained group, there was a significant value increase afier training. From the results obtained in this study, with the experimental conditions used, we can conclude that afier the training there was an increase in the muscle electric activity studied except for the UT-R. There were also muscle respiratory power and thoracic mobility increases. This suggests that the training with upper extremity in the diagonals of Kabat's Method of Proprioceptive Neuromuscular Facilitatíon can be recommended as a physiotherapy resource to the respiratory capacity development
Subject: Eletromiografia
Músculos respiratórios
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moreno-Ganzella_MarleneAparecida_M.pdf10.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.