Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288263
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Influencia do comprimento, da ferulização e do tipo de conexão de implantes na distribuição de tensões em proteses parciais posteriores : analise fotoelastica
Title Alternative: Length of implant, type of connection and splinttation, influence in the tensions distribution in posterior partial prosthesis : photoelastic analysis
Author: Bastos, Poliana Lima
Advisor: Nóbilo, Mauro Antonio de Arruda, 1965-
Abstract: Resumo: A partir de moldes de silicone foram confeccionados oito modelos em resina fotoelástica (Araldite, Huntsman, São Paulo, Brasil), distribuídos um para cada grupo composto da seguinte forma: (G1) três coroas ferulizadas sobre implantes hexágono externo de 5,0 Ø x 7mm (Titamax Ti, Neodent, Curitiba, Brasil); (G2) três coroas unitárias sobre implantes hexágono externo de 5,0 Ø x 7mm (Titamax Ti, Neodent); (G3) três coroas ferulizadas sobre implantes hexágono externo de 5,0 Ø x13mm (Titamax Ti, Neodent); (G4) três coroas unitárias sobre implantes hexágono externo de 5,0 Ø x 13mm (Titamax Ti, Neodent); (G5) três coroas ferulizadas sobre implantes tipo Cone Morse de 5,0 Ø x 7mm (Titamax CM, Neodent); (G6) três coroas unitárias sobre implantes tipo Cone Morse de 5,0 Ø x 7mm (Titamax CM, Neodent); (G7) três coroas ferulizadas sobre implantes tipo Cone Morse de 5,0 Ø x 13mm (Titamax CM, Neodent) e (G8) três coroas unitárias sobre implantes tipo Cone Morse de 5,0 Ø x 13mm (Titamax CM, Neodent). Todas as estruturas metálicas foram inicialmente analisadas em microscopia óptica quanto à adaptação marginal, e apresentaram resultados inferiores à 40µm. Em seguida, foram avaliadas por meio de análise fotoelástica, e observou-se que todas as estruturas apresentavam padrões semelhantes de passividade. Um carregamento oclusal de 100N foi aplicado em três pontos individualmente: A (região oclusal do primeiro pré-molar), B (região oclusal do segundo pré-molar) e C (região oclusal do primeiro molar), correspondendo à saída dos parafusos. Através da técnica de fotoelasticidade avaliou-se a influência do comprimento, da ferulização e do tipo da conexão de implantes na distribuição de tensões em reabilitações posteriores de mandíbula. Os resultados encontrados pela análise da quantidade e localização de franjas fotoelásticas mostraram que o comprimento do implante parece não influenciar na distribuição de tensões, enquanto a ferulização e a conexão Cone Morse influenciaram de forma positiva na distribuição de tensões em reabilitações posteriores de mandíbula. Palavras-chave: comprimento do implante, tipo de conexão , ferulização

Abstract: Eight models were made from silicone molds in photoelastic resin (Araldite, Huntsman, Sao Paulo, Brazil), distributed one to each group composed as: (G1) three splintted crowns over external hexagon implants of 5,0 Ø x 7mm (Titamax Ti, Neodent, Curitiba, Brazil); (G2) three-unit crowns over external hexagon implant of 5.0 Ø x 7mm (Titamax Ti, Neodent); (G3) three splintted crowns over external hexagon implants of 5.0 Ø x13mm (Titamax Ti, Neodent); (G4) three-unit crowns over external implants of 5.0 Ø x 13mm (Titamax Ti, Neodent); (G5) three splintted crowns over Cone Morse implants of 5.0 Ø x 7mm (Titamax CM, Neodent); (G6) three-unit crowns over Cone Morse implants of 5.0 Ø x 7mm (Titamax CM, Neodent); (G7) three splintted crowns over Cone Morse implants of 5.0 Ø x 13mm (Titamax CM, Neodent) and (G8) three--unit crowns over Cone Morse implants of 5.0 Ø x 13mm (Titamax CM, Neodent). The edge adaptation, in all of the metallic structures, was inicially analised in optical microscopy and showed results under 40µm. After, they were analysed through photoelastic analysis and it was possible to observe that all of the structures showed similar patterns of passivity. An occlusal loading of 100N was aplied in three points individually: A (occlusal region of the first pre molar), B (occlusal region of the second pre molar) and C (occlusal region of the first molar), corresponding to the exit of the screws. Through the photoelastic technique it was possible to evaluate the influence of the length, of the splinttation and of the kind of connection of implants in the tensions distribution in posterior rehabilitations of mandible. The results found through the analysis of quantity and location of photoelastic fringes showed that the length of the implant seems not to influence in the tensions distribution, while splintation and the Cone Morse connection influenced in a positive way the tensions distribution in posterior rehabilitation of mandible. Key words: length of implant, type of connection, splinttation
Subject: Biomecânica
Reabilitação bucal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BASTOS, Poliana Lima. Influencia do comprimento, da ferulização e do tipo de conexão de implantes na distribuição de tensões em proteses parciais posteriores: analise fotoelastica. 2008. 102p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288263>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bastos_PolianaLima_D.pdf34.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.