Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288178
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influencia do condicionamento e da aplicação de silano na resistencia ao cisalhamento da união porcelana-resina composta
Author: Pacheco, João Felipe Mota
Advisor: Goes, Mario Fernando de, 1954-
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da aplicação do silano e a influência do condicionamento com ácido fluorídrico a 10% na resistência ao cisalhamento de três sistemas adesivos indicados para reparo de restaurações de porcelana. Foram confeccionados 100 discos de porcelana (Duceram N), divididos em cinco grupos. Cada grupo de vinte amostras foi submetida aos seguintes tratamentos: grupo 1 - Multi Bond Alpha (DFL), grupo 2 - Scotchbond Multi-Uso (3M), grupo 3 - Optibond Multi-Use (KERR), grupos 4 e 5 , Multi Bond Alpha e Scotchbond Multi-Uso, respectivamente, modificados pela introdução do condicionamento com ácido fluorídrico a 10%. Metade das amostras de cada grupo foram tratadas com o agente de silanização indicado pelo fabricante e na outra metade das amostras o silano não foi aplicado. Os materiais foram manipulados unindo os discos de porcelana a cilindros de resina composta com 4 mm de diâmetro por 5 mm de altura. Os corpos de prova foram armazenados por 24 horas a 37 'GRAUS C¿ e 100% de umidade relativa. A seguir, foram submetidos a ensaio de cisalhamento em uma máquina de ensaio Universal (Otto Wolpert Werke, Germany), a uma velocidade de 6mm/minuto. As médias dos resultados obtidos foram: grupo 1 - Com silano = 6,52 MPa, Sem silano = 5,26 MPa, grupo 2 Com silano = 6,94 MPa, Sem silano = 4,65 MPa, grupo 3 - Com silano = 10,08 MPa, Sem silano = 5,94 MPa, grupo 4 ¿ Com silano = 6,24 MPa, Sem silano = 6,53 MPa e grupo 5 - Com silano = 9,99 MPa, Sem silano = 6,21 MPa. A seguir, os -resultados foram submetidos a Análise de Variância e ao Teste de Tukey. Após os testes de resistência ao cisalhamento a superficie das amostras de porcelana foram examinadas em uma lupa estereoscópica Carl Zeiss (Carl Zeiss do Brasil), com 25 aumentos, determinando um predomínio de fraturas coesivas no interior da porcelana, para os grupo condicionados com ácido fluorídrico. As amostras foram documentadas através de fotomicrografias realizadas com auxílio de um microscópio eletrônico de varredura (ZEISS DS M 960, Germany). Os autores concluíram que: a aplicação dos silanos Scotchprimer Ceramic Primer e Porcelain Repair Primer aumentaram significantemente (p< 0,05) a resistência de união da interface porcelana- resina composta; os maiores valores de resistência de união da interface porcelana-resina composta, foram obtidos com a utilização dos agentes de silanização Scotchprimer Ceramic Primer e Porcelain Repair Primer, associados ao condicionamento com ácido fluorídrico a 10 %; a análise morfológico das superfícies de porcelana indicaram um padrão favorável ao embricamento micromecânico quando utilizados os ácidos Porcelain Etch Gel e Fluor Etchant

Abstract: The purpose of this study was to evaluate the effects of silane and acid etched of composite resin bonded to porcelain using scanning electron microscopy and shear bond strength test. One hundred porcelain samples (Duceram N) were prepared and separated in five groups. Group 1- Multi Bond Alpha (DFL), group 2 - Scotchbond Multi-Uso (3M), group 3 - Optibond Multi-Use (KERR), groups 4 e 5 , Multi Bond Alpha and Scotchbond Multi-Uso change concerning. Half of the samples of each group was treated with concerning silane agents, and the other half remained untreated. According to manufacturers instructions porcelain samples were bonded after the treatment to composite cylinder of 4 mm diameter by 5 mm high. All samples were stored in 37 ¿DEGREE C¿ for 24 hours before the test. Shear bond strength test were them conducted using Universal machine (OU o Wolpert Werke, Germany) with a cross head speed of 6 mm/ minute. Representative specimens from each group were examined by Scanning electron microscopy. Results mean were group 1 - with silane = 6,52 MPa, no silane = 5,26 MPa, group 2 - with silane = 6,94 MPa, no silane = 4,65 MPa, group 3 - with silane = 10,08 MPa, no silane = 5,94 MPa, group 4 - with silane = 6,24 MPa, no silane = 6,53 MPa and group 5 - with silane = 9,99 MPa, no silane = 6,21 MPa. ANOV A and Tukey's test indicated significant difference with treatment Scotchprimer Cerarnic Primer and Porcelain Repair Primer; the highest values were found with Scotchprimer Ceramic Primer and Porcelain Repair Primer associated to 10% fluoridric etched; the surface morphology of porcelain samples was significantly more favorable pattern when etched with Porcelain Etch Gel and Fluor Etchant
Subject: Porcelana
Materiais dentários
Cisalhamento
Resinas dentárias
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PACHECO, João Felipe Mota. Influencia do condicionamento e da aplicação de silano na resistencia ao cisalhamento da união porcelana-resina composta. 1995. 79f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288178>. Acesso em: 20 jul. 2018.
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pacheco_JoaoFelipeMota_M.pdf2.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.