Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288136
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito do tempo de imersão em soluções desinfetantes na precisão dimensional de moldes confeccionados com materiais elastoméricos
Title Alternative: Effect of storage time in disinfectants on dimensional stability of elastomeric impression materials
Author: Carvalhal, Cintia Iara Oda, 1977-
Advisor: Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho, 1969-
Abstract: Resumo: O objetivo neste estudo foi avaliar o efeito das soluções desinfetantes na precisão e estabilidade dimensional de materiais de moldagem elastoméricos. No primeiro capitulo foram utilizados nove elastômeros, sendo três a base de polidimetil siloxano (silicona por condensação) - PDS (Xantopren, Lastic e Clonage), um polissulfeto - PS (Permlastic), um poliéter - PE (Impregum) e quatro polivinil siloxano (silicona por adição) - PVS (Panasil, Express, Futura AD e Adsil). No segundo capitulo, quatro materiais representativos de cada classe de elastômero Xantopren (polidimetil siloxano - PDS); Express (polivinil siloxano - PVS); Permlastic (polissulfeto - PS) e Impregum Soft (poliéter - PE). Todos os materiais foram manipulados de acordo com as instruções dos fabricantes e, em seguida, inseridos em matriz metálica confeccionada de acordo com a especificação da ISO 4823. No primeiro capitulo, as amostras foram distribuídas em três grupos (n=7): sem imersão (controle); imersão em solução de hipoclorito de sódio (NaOCl) a 0,5%, por 10 minutos; imersão em solução de glutaraldeído a 2%, por 10 minutos. Os resultados mostraram que somente os PDS foram influenciados significativamente pela solução desinfetante, apresentando maior contração quando imersos em NaOCl (p<0,05). Para os outros elastômeros, a solução desinfetante não influenciou a alteração dimensional. Os moldes de PDS apresentaram maio contração que aos demais elastômeros, que não diferiram entre si. No segundo capitulo, as amostras foram submetidas à imersão nas soluções desinfetantes (hipoclorito de sódio a 0,5% e glutaraldeído a 2%) por 5, 10, 20, 30 e 60 minutos (n=7), exceto o grupo controle. A análise de variância a três critérios e o teste de Tukey, com nível de significância de 5%, mostraram que as diferenças nas dimensões lineares dos materiais analisados não foram estatisticamente significantes (p>0,05) após sua imersão em solução de hipoclorito de sódio a 0,5% e glutaraldeído a 2%, nos períodos de tempo avaliados. De modo geral, pôde-se concluir que as combinações dos material de moldagem e solução desinfetante podem ser empregadas na clínica odontológica para desinfecção, sem alterar dimensionalmente os moldes nos períodos de imersão não maiores que 20 minutos

Abstract: The aim of this study was to evaluate the effects of disinfectant solutions on the dimensional stability of elastomeric impression materials. At the first chapter, three polydimethyl siloxane - PDS (Xantopren, Lastic and Clonage), one polysulphide - PS (Permlastic), one polyether - PE (Impregum) and four polyvinyl siloxane - PVS (Panasil, Express, Futura AD and Adsil) were used and at the second chapter just one product of each material were used: Xantopren (polydimethyl siloxane - PDS); Express (polyvinyl siloxane - PVS); Permlastic (polysulphide - PS) e Impregum Soft (polyether - PE). The samples were mixed according to the manufacturer. The dimensional stability was evaluated according to ISO 4823. At the first chapter, the samples were distributed in three groups (n=7): no immersion in solutions (control); immersion in Sodium Hypochlorite solution (NaOCl) 0,5%, for 10 minutes; immersion in Glutaraldehyde solution 2%, for 10 minutes. The results showed that disinfectant solutions altered significantly the dimensional stability only for PDS which presented higher shrinkage when immersed in (p<0.05). For other elastomeric materials, the disinfectant solution did not influence the dimensional stability, which did not differ to each other. The samples of PDS showed higher contraction than the others, which did not differ to each other. At the second chapter, the samples were removed from the pattern after 7 minutes and subjected to immersion in the disinfected solutions (Sodium Hypochlorite solution 0,5% and Glutaraldehyde 2%) for 5, 10, 20, 30 e 60 minutes (n=7), except the control group. The analysis of variance and Tukey's test (p>0.05), showed the difference in linear dimensions of the materials analyzed were not statistically significant (p>0.05) after immersion in Sodium Hypochlorite solution 0,5% and Glutaraldehyde 2%, in those periods of time. In general, it was concluded that the tested combinations of impression material and disinfecting solution can be employed for infection control in clinical use, without changing the dimensional stability in immersion periods not longer than 20 minutes
Subject: Desinfecção
Materiais para moldagem odontológica
Hipoclorito de sódio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carvalhal_CintiaIaraOda_D.pdf792.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.