Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288112
Type: TESE
Title: Influência da extensão da área colonizada por biofilme de Candida albicans na efetividade da desinfecção de próteses por energia de micro-ondas
Title Alternative: Influence of Candida albicans biofilm coverage area on denture disinfection by microwave energy
Author: Senna, Plinio Mendes, 1984-
Advisor: Del Bel Cury, Altair Antoninha, 1948-
Abstract: Resumo: A candidose oral é a infecção fúngica mais comum diagnosticada em humanos. Em indivíduos com sistema imunológico comprometido, pode disseminar-se sistemicamente causando um quadro denominado de candidemia, o qual está relacionado com alta mortalidade e aumento do tempo de permanência hospitalar. A candidose é frequentemente associada ao uso de próteses removíveis, apresentando-se como uma inflamação da região recoberta da mucosa, o que demanda a necessidade de controle microbiológico no biofilme patogênico acumulado na prótese para prevenção da candidose oral. Assim, o objetivo deste estudo foi verificar se a extensão da área da prótese removível colonizada com biofilme de Candida albicans influencia o processo de esterilização por energia de micro-ondas. Cento e vinte próteses totais superiores estéreis tiveram áreas distintas de 2,35cm2 ou 5,50cm2 colonizados com biofilme de Cândida albicans de 72 horas. Cada prótese foi imersa em 200 mL de água destilada estéril e irradiada com potências de 450, 630 ou 900 W por diferentes tempos (1,2 e 3 min) até que não fosse detectada a presença de células fúngicas viáveis (n=6). Também a temperatura final da água foi aferida imediatamente após a irradiação para verificar sua influência neste processo. Os resultados apresentaram diferença estatística significante para a extensão da área colonizada (p<0,001), sendo que a área de maior extensão demandou um maior tempo de irradiação para esterilização. Nas próteses totais com a maior área colonizada e irradiadas por 3 minutos, independente da potência não foi detectado crescimento fúngico, sendo significantemente diferente dos demais tempos (p<0,001). As próteses com menor extensão de área colonizada apresentaram-se estéreis após 1 minuto a 900 W e 2 minutos para 450 e 630 W. Houve correlação positiva entre a temperatura final da água e a eficácia da esterilização (r=0, 6170). Considerando as limitações deste estudo, é possível concluir que quanto menor a extensão da área colonizada por biofilme menor é o tempo de irradiação por micro-ondas requerido para a esterilização.

Abstract: Oral candidosis is the most common fungal infection diagnosed in humans. In subjects with compromised immune system, it can disseminate to candidemia, which is related to high mortality and more hospital time consumption. Candidosis is commonly related to denture wearers, characterized by an inflammation of the coverage portion of mucosa, demanding the necessity of microbiologic control of the biofilm accumulated on denture surface for prevention of oral candidosis. Therefore, the aim of this study was to evaluate the influence of Candida albicans biofilm coverage area on the effectiveness of microwave disinfection. One hundred twenty sterile dentures have two distinct areas, 2.35 or 5.50cm2, coverage by 72 hours Candida albicans biofilm. Each denture was immersed in 200 mL of sterile distilled water and was irradiated by 450, 630 or 900 W and different exposure times (1, 2 e 3 min) until no viable cells were detected (n=6). The final temperature was also measured to verify its influence on this process. The results showed statistical difference between the biofilm coverage area (p<0,001), in which a higher coverage demands more exposure time for sterilization. The dentures with higher biofilm coverage and irradiated for 3 minutes, independently of power set, showed no fungal growth, this exposure time was statistically different from 1 and 2 min (p<0,001). Dentures with lower biofilm coverage were sterilized after 1 min at 900 W and 2 min for 450 and 630 W. There was a positive correlation between the final water temperature and the effectiveness of sterilization (r=0, 6170). Considering the limitations of this study, it is possible to conclude that lower biofilm coverage demands a lower microwave exposure time for sterilization achievement.
Subject: Prótese dentária
Candidíase
Esterilização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Senna_PlinioMendes_M.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.