Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288039
Type: TESE
Title: Influência de fatores sociocomportamentais no grupo de polarização da cárie dentária
Title Alternative: Influence of socio-behavioral factors in group polarization of dental caries
Author: Silva, Lídia Fátima Hildebrand e, 1968-
Advisor: Sousa, Maria da Luz Rosario de, 1965-
Abstract: Resumo: Com o declínio da cárie dentária, o estudo de fatores sociocomportamentais no grupo de polarização tornou-se importante objeto de análises em epidemiologia. Objetivo: Avaliar a experiência de cárie dentária, identificar os grupos de polarização e verificar os fatores associados à doença cárie dentária em crianças e adolescentes do município de Pirassununga, SP. Metodologia: A coleta de dados foi realizada através de levantamento epidemiológico em 2006, em pré-escolares aos 5 anos (n=113) e escolares aos 12 anos (n= 117) do município de Pirassununga, São Paulo. Foram utilizados os códigos e critérios padronizados pela OMS (1997). Após realizou-se análise de regressão de Poisson entre grupos com presença de cárie dentária (CPOD/ceod > 0) e grupo SIC (Significant Caries Index). Resultados: Aos 5 anos, a média do ceod foi de 2,0 (dp=2,9), e média do SIC 4,0 (dp=3,6) e livres de cárie de 62,8%. Aos 12 anos a média do CPOD foi de 1,2 (dp=1,9) e média do SIC foi de 3,1 (dp=2,4) e 53,8% livres de cárie. As variáveis que se apresentaram associadas à cárie dentária aos 5 anos no grupo com experiência de cárie dentária (ceod>0) foram: ter procurado o dentista por motivo de dor/cárie (p=0,00) e ter como responsável pelo sustento o pai ou a mãe (p=0,053). No grupo de polarização (SIC) foram: frequência de escovação de 1 a 2 vezes ao dia (p=0,052) e ter visitado o dentista no ultimo ano (p= 0,025). Aos 12 anos, no grupo com experiência de cárie dentária (CPOD>0) as variáveis com força de associação foram: meio de transporte ônibus/bicicleta (p= 0,026) e ter faltado à escola por dor/cárie (p=0,011). No SIC as variáveis encontradas foram: meio de transporte ônibus/bicicleta (p=0,034) e ter visitado o dentista no ultimo ano (p=0,023). Conclusão: A maior parte da amostra foi composta por indivíduos livres de cárie o que tornou os dois grupos estudados (indivíduos com experiência de cárie e com alta experiência de cárie) semelhantes. Em aos 5 e 12 anos, ambas as idades, tanto no grupo de polarização como no grupo como um todo, a doença esteve relacionada a fatores comportamentais, socioeconômicos e demográficos

Abstract: With the decline of dental caries study of factors in group social behavior polarization has become an important subject of analysis in epidemiology. Objective: To evaluate the experience of dental caries, identify groups of polarization and identify factors associated with dental caries in children and adolescents in the city of Pirassununga city, SP. Methodology: Data collection was conducted through epidemiological survey in 2006 among preschool children at 5 years (n=113) and school at 12 years (n=117) of the Pirassununga, São Paulo. We used the codes and standardized criteria by WHO (1997). After analysis was performed using Poisson regression between groups with dental caries presence (DMFT/ dmft>0) and SIC group (Significant Caries Index). Results: At 5 years, the mean dmft was 2,0 (sd=2.9), and average SIC 4.0 (sd=3.6) and caries free of 62.8 %. At age 12 the average DMFT was 1.2 (sd=1.9) and mean SIC was 3.1 (sd=2.4) and 53.8% caries free. The variables that were associated with caries had to 5 years in the group with caries experience (dmft> 0) were: having sought the dentist because of pain / caries (p = 0.00) and having to be responsible for supporting the father or mother (p=0.053). In group polarization (SIC) were: frequency of brushing 1-2 times per day (p=0.052) and having visited the dentist in the past year (p=0.025). At age 12, the group with caries experience (DMFT> 0) variables with strength of association was: transportation (p=0.026) and have been absent from school for pain / caries (p=0.011). In SIC variables were: transportation (p=0.034) and having visited the dentist in the past year (p=0.023). Conclusion: The majority of the sample consisted of caries-free individuals that made the two groups (individuals with caries experience and high caries experience) like. In both age groups, in both the polarization and the group as a whole, the disease was related to behavioral factors, socioeconomic and demographic factors
Subject: Epidemiologia
Fatores socioeconômicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_LidiaFatimaHildebrande_M.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.