Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288019
Type: TESE
Title: Defeitos de esmalte nas dentições decidua e permanente
Title Alternative: Enamel defects in decodious and permanent dentitions
Author: Hoffmann, Rosana H. Schlittler
Advisor: Sousa, Maria da Luz Rosario de, 1965-
Abstract: Resumo: As mudanças ocorridas durante a formação do esmalte dental são marcadas permanentemente em sua estrutura e comumente se apresentam como opacidades demarcadas, opacidades difusas ou hipoplasias - de esmalte. - O desenvolvimento de defeitos de esmalte pode fornecer indícios de sua etiologia e isto pode ter implicações tanto clínicas quanto epidemiológicas. Desta forma, os objetivos desta dissertação apresentados na forma de dois artigos foram: 1 - Verificar a prevalência de hipoplasia, opacidade demarcada e opacidade difusa em pré-escolares e escolares no município de Indaiatuba (SP) no ano de 2004 nas dentições decídua e permanente, bem como analisar a associação entre a presença desses defeitos de esmalte e cárie dentária; 2 - Verificar a prevalência de hipoplasia, opacidade demarcada e opacidade difusa em pré-escolares de 18 municípios da região de Campinas e Piracicaba (SP) no ano de 2004 na dentição decídua, bem como analisar a associação entre a presença desses defeitos de esmalte e cárie dentária. No estudo 1, a amostra foi de 624 pré-escolares de 5 anos de escolas públicas e particulares e 309 escolares de 12 anos de escolas públicas de Indaiatuba. No estudo 2 a amostra foi composta por 4.259 pré-escolares de 5 anos de 18 municípios da região de Campinas e Piracicaba. Avaliou-se a prevalência de cárie dentária através dos Índices ceo-d (dentição decídua) e CPO-D (dentição permanente) e a prevalência dos defeitos de esmalte através do Índice DOE. A existência de associação entre defeitos de esmalte e cárie dentária foi verificada com o teste Qui-quadrado. O valor para rejeição da hipótese nula foi p:sO,05. No estudo 1, na dentição decídua, encontrou-se uma prevalência para hipoplasia, opacidade demarcada e opacidade difusa de 8,7%, 20,9% e 17,1%, respectivamente. Já na dentição permanente, foi encontrada a prevalência de 5,5% para hipoplasia, 20,1% para opacidade demarcada e 26,2% para opacidade difusa. Entre as crianças de 5 anos com experiêRcia de cárie (ceo>O), foi observado uma associação entre cárie dentária com as alterações de esmalte (opacidade demarcada, hipoplasia e opacidade difusa) entretanto entre as crianças de 12 anos (dentição permanente) apenas as hipolasias e opacidades demarcadas foram associadas a presença de cárie. No estudo 2, foi encontrada menor prevalência de opacidades demarcadas e hipoplasias nos pré-escolares livres de cárie (p<0,05). O mesmo não ocorreu com as opacidades difusas, ou seja, não houve diferença entFe os indivíduos com ceo=O e ceo>O (p=0,88). Quando se verificou a associação entre cárie dentária e defeitos de esmalte segundo a etnia, esta relação perdeu o significado no grupo dos não brancos (p=0,880) entretanto no grupo de bra'ncos a cárie dentária manteve associação com defeitos de esmalte (p=O,OOO). Desta forma, cabe salientar a importância da discriminação dos tipos de defeitos em levantamentos epidemiológicos, visto Que os resultados deste estudo indicaram maior chance de crianças virem a ter cárie dentária, tanto na dentição decídua como na permanente na presença de defeitos de esmalte, porém mais estudos são necessários para comprovação desta associação

Abstract: Changes in enamel during development are permanently recorded, and commonly present as demarcated opacity, diffuse opacity or enamel hypoplasia. Developmental enamel defects may provide clues regarding their etiology, resulting in clinical, epidemiological and anthropological implications. Therefore, the aims of the present study based on two manuscripts were: 1) to analyze hypoplasia, demarcated and diffuse opacity prevalence of deciduous and permanent teeth and verify the association of enamel defects and dental caries among preschool and scholars children in lndaiatuba, São Paulo in 2004; and 2) to analyze hypoplasia, demarcated and diffuse opacity prevalence on deciduous teeth and verify the association of enamel defects and dental caries among preschool children in 18 municipalities of Campinas aod Piracicaba region,in 2004. At manuscript 1, the sample consisted of 624 5-year olds from public and private schools and 309 12-year olds from public schools. At manuscript 2, the sample consisted of 4,259 5-year olds from 18 municipalities in Campinas and Piracicaba region. ln both studies the dmft lndex was used to analyze caries prevalence in deciduous teeth. ln the second study the DMFT was used to analyze caries prevalence in permanent teeth. The DDE lndex was used to assess enamel defects. The Chi-square test verified the possible association between enamel defects and dental caries. At manuscript 1, the prevalence of hypoplasia, demarcated and diffuse opacity in the primary dentition was 8.7%, 20.9%, and 11 %, respectively, while in the permanent dentition, such prevalence was 5.5%, 20.1%, and 21.7%, respectively. An association between dental caries and enamel defects (hypoplasia, demarcated opacity and diffuse opacity) was observed among children presenting caries experience (dmft>O) at age 5. However, in 12-year olds only hypoplasia and demarcated opacity were observed to be associated with caries presence. At manuscript 2, lower prevalence of demarcated opacity and hypoplasia among caries free preschool children. There was no difference among individuais presenting dmf=O and dmf>O (p=O.88) for diffuse opacities. At manuscript 2, the association between dental caries and enamel defects was verified according to ethnicity, this association lost its meaning at non white group (p=O.880); however, statistic significance was observed for dental caries associated with enamel defects in the white group (p=O.OOO). Thus, different types of defects should be more emphasized in epidemiological surveys because these defects might indicate a higher risk of dental caries as in both deciduous and permanent dentition; therefore, further studies are needed to investigate this association
Subject: Hipoplasia do esmalte dentario
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hoffmann_RosanaH.Schlittler_M.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.