Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288010
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da eficacia de dois protocolos farmacologicos de controle da ansiedade em um centro de especialidades odontologicas (CEO)
Title Alternative: Evaluation of the efficacy of two pharmacologic protocols of anxiety control in a dental specialities center
Author: Gamba, Carla Gonçalves
Advisor: Volpato, Maria Cristina, 1962-
Abstract: Resumo: A importância do controle da ansiedade está bem estabelecida na literatura, porém há poucas publicações a respeito de sua aplicação em serviço público de saúde. Assim, o objetivo deste trabalho foi comparar dois protocolos farmacológicos de controle da ansiedade em um serviço de atendimento odontológico público. Dentre os usuários do serviço odontológico da rede SUS do município de Vassouras, RJ, que apresentavam necessidade de tratamento odontológico, foram selecionados 103 voluntários com necessidades especiais ¿ PNE, ou doença crônica não transmissível - DCNT, classificados como ASA II, os quais foram submetidos a exodontia de dentes superiores, em estudo randomizado cruzado, sob 3 condições: 1. Midazolam (foram sedados 30 minutos antes do atendimento com 7,5mg de midazolam por via oral), 2. N2O/O2 (foram sedados com a mistura óxido nitroso/oxigênio durante atendimento), e 3. Sem sedação (foram atendidos sem sedação farmacológica). Foram avaliados os seguintes parâmetros: pré-operatório: grau de ansiedade; pré, trans e pós-operatório: pressões arteriais sistólica e diastólica, freqüências cardíaca e respiratória e saturação de oxigênio; pós-operatório: grau de controle de dor e a percepção sobre a ansiedade do paciente pelo cirurgião-dentista que realizou o procedimento odontológico e pelo voluntário. Também foram avaliados o volume de anestésico utilizado, o custo e o tempo dispendido no atendimento e a preferência do cirurgião-dentista e do voluntário com relação às sessões. De acordo com a variável estudada foram aplicados os testes Qui-Quadrado, Friedman, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis (a = 0,05). Foram observados emprego de menor volume de solução anestésica e menores valores para as pressões arteriais sistólica e diastólica, freqüências cardíaca e respiratória nas sessões com sedação farmacológica (p<0,05). Os voluntários apresentaram menor (p<0,0001) ansiedade (auto-relato e relato pelo dentista) nas sessões com sedação. A maioria dos dentistas (88%) e dos voluntários (75%) preferiu a sedação com N2O/O2. O tempo de atendimento foi menor (p<0,05) na sessão com midazolam, sem diferença entre as demais (p>0,05). O custo da sedação é menor com uso de midazolam. Conclui-se que ambos os protocolos de sedação farmacológica foram eficazes em reduzir a ansiedade dos voluntários e promoveram atendimento com melhor controle dos parâmetros cardiocirculatórios. A sedação com midazolam pode ser mais vantajosa em serviço público, nas Unidades Básicas de Saúde (atendimento de baixa complexidade), considerando-se o menor tempo dispendido no atendimento e menor custo operacional, enquanto que a via inalatória poderia ser utilizada nos Centros de Especialidades Odontológicas para atendimento de média complexidade. Devido a importância do controle de ansiedade em pacientes com necessidades especiais, as Coordenações de Saúde Bucal deveriam optar pela capacitação de toda a rede para o uso de protocolos de controle da ansiedade.

Abstract: The importance of anxiety control is well established in the literature, but little is published about its application in public health facilities. The aim of this study was to compare two pharmacologic anxiety control protocols in a public health facility. Hundred and three ASA II subjects (controlled chronic diseases and patients with special needs) from the public dental service of Vassouras, RJ, were submitted to maxillary tooth extraction under the following conditions: 1. Midazolam (sedated with 7.5mg midazolam p.o. 30 min before dental treatment), 2. N2O/O2 (sedated with nitrous oxide/oxygen during dental treatment), and 3. (treated without pharmacologic sedation). The systolic and diastolic blood pressures, respiratory and heart rates and oxygen saturation were evaluated before, during and after dental treatment. The anxiety level was evaluated before each treatment; the perceptions about the dental treatment (anxiety and pain control) by the subject and the dentist who performed the treatment were evaluated at the end of each dental treatment. The volume of local anesthetic, cost and time for the procedures in each session were also evaluated. The subjects and dentists were asked what was the preferred session. The results were submitted to Chi-square, Friedman, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis according to the parameter studied (a = 0.05). Less anesthetic volumes and lower values of systolic and diastolic pressures, and respiratory and heart rates were observed in the sessions with pharmacologic sedation (p<0.05). The volunteers presented lower (p<0.0001) anxiety levels (self evaluation and evaluation by dentist) in the sessions with pharmacologic sedation. The N2O/O2 sedation was preferred by most of the dentists (88%) and volunteers (75%). Less time (p<0.05) was expended in the midazolam session with no difference between the two other sessions (p>0.05). The cost of midazolam sedation was lower than that of N2O/O2 sedation. Both pharmacologic sedation protocols were able to reduce the anxiety of the volunteers with a better control of the cardiovascular parameters during the sessions than the observed in the session without pharmacologic sedation. Due to the lower cost and less treatment time offered by midazolam sedation this can be advantageous in public health service. The inhalation sedation with N2O/O2 could be used in public health facilities for medium complexity dental treatment. Public health dental professional should be qualified to offer anxiety control especially to medically compromised patients.
Subject: Ansiedade - Tratamento
Oxido nitroso
Benzodiazepinas
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GAMBA, Carla Gonçalves. Avaliação da eficacia de dois protocolos farmacologicos de controle da ansiedade em um centro de especialidades odontologicas (CEO). 2008. 65f. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288010>. Acesso em: 11 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gamba_CarlaGoncalves_M.pdf478.84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.