Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288003
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação da glicemia de diabeticos sob tratamento odontologico com soluções anestesicas locais contendo ou não adrenalina
Author: Correa, Elisabete Miriam de Carvalho
Advisor: Volpato, Maria Cristina, 1962-
Abstract: Resumo: Este estudo teve como objetivos verificar os efeitos de soluções anestésicas locais contendo ou não adrenalina na glicemia de voluntários diabéticos compensados e normoglicêmicos e avaliar a precisão do aparelho medidor de glicose Advantage@ quando comparado ao método laboratorial de referência GOD-P AP (teste enzimático colorimétrico). Dez voluntários normoglicêmicos e 20 diabéticos tipo 2 (10 controlados por dieta e 10 com hipoglicemiantes orais) foram submetidos a 3 sessões de estudo, de forma cruzada e cega. Na primeira sessão (basal) foram colhidas duas amostras de sangue em jejum para análise da glicemia e hemoglobina glicosilada e seis amostras no período pós prandial para determinação da glicemia. Na segunda e terceira sessões foram colhidas 7 amostras de sangue para determinação da glicemia, sendo uma em jejum e 6 no período pós-prandial, no qual os voluntários foram anestesiados, de forma aleatória, com um tubete de cloridrato de mepivacaína a 2% com adrenalina 1: 1 00.000 ou cloridrato de mepivacaína a 3% (anestesia infiltrativa) e posteriormente submetidos ao tratamento periodontal. A cada colheita de sangue foram aferidas a pressão arterial e freqüência cardíaca. Os resultados de glicemia, pressão arterial e freqüência cardíaca foram submetidos a análise estatística em parcelas sub subdivididas e comparados pelo teste Tukey (p<0,05). Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes nos valores de glicemia, pressão arterial e freqüência cardíaca nos grupos entre as sessões (basal e atendimento odontológico com ou sem uso de adrenalina). Foi observada uma correlação positiva entre os métodos de análise de glicemia (coeficiente de correlação de Pearson = 0,97). Conclui-se, dentro das condições do experimento, que o uso de mepivacaína associada à adrenalina, nas concentrações e volumes utilizados neste estudo, não interfere na glicemia de pacientes diabéticos compensados e que o aparelho medidor de glicose analisado (Advantage@) é equivalente ao método laboratorial de referência (GOD-P AP)

Abstract: The purpose of this study was to investigate the effects of adrenaline-free and adrenaline-containing local anesthetic solutions on blood glucose levels in diabetic and non-diabetic volunteers and to evaluate the accuracy of a blood glucose meter (Advantage@) when compared to the reference laboratorial method (GOD-P AP). Ten non diabetic and 20 type 2 diabetic volunteers (10 controlled by diet and 1 O treat_d by oral hypoglycemic drugs) were submitted to 3 study sessions, in a cross over and blinded manner. In the first session (basal), 2 fasting blood samples were taken to determine blood glucose concentration and glycosylated hemoglobin, and 6 postprandial blood samples to determine blood glucose concentration. In the second and third sessions 7 blood samples were taken to determine blood glucose levels, one fasting and 6 postprandial. In the postprandial period of these sessions the volunteers received randomly one cartridge of 2% mepivacaine hydrochloride with 1 :100,000 adrenaline or 3% mepivacaine hydrochloride (anesthesia infiltration) and were submitted to periodontal therapy. Blood pressure and heart rate were assessed at each blood collection. The results of blood glucose, blood pressure and heart rate were statistically analyzed in sub subdivided fragments and compared by the Tukey test (p<0.05). There were no significant differences in the blood glucose, blood pressure and heart rate among the sessions (basal and treatment with or without adrenaline) in alI of the groups. A positive correlation was observed for the methods of analysis of blood glucose (Pearson's correlation coefficient = 0.97). Under the conditions of this experiment, it can be conc1uded that the use of mepivacaine with adrenaline, in the volumes and concentrations used in this study, does not interfere with blood glucose concentration and that the blood glucose meter analyzed (Advantage@) is equivalent to the reference laboratorial method (GOD-P AP)
Subject: Anestésicos
Vasoconstritores
Diabetes Mellitus
Glicose
Monitoramento de paciente
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORREA, Elisabete Miriam de Carvalho. Avaliação da glicemia de diabeticos sob tratamento odontologico com soluções anestesicas locais contendo ou não adrenalina. 2002. 138p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288003>. Acesso em: 31 jul. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_ElisabeteMiriamdeCarvalho_D.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.