Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288002
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da glicemia de diabeticos sob tratamento odontologico com o uso de diazepam como medicação pre-anestesica
Author: Lima, Vanessa Rocha
Advisor: Volpato, Maria Cristina, 1962-
Abstract: Resumo: Os objetivos deste estudo foram avaliar o efeito do diazepam como medicação pré-anestésica na glicemia de pacientes diabéticos e normoglicêmicos submetidos a tratamento odontológico e a precisão da análise imediata da glicemia (aparelho Advantage 'MARCA REGISTRADA') comparada à análise laboratorial através do método GOD-PAP (enzimático-colorimétrico). Vinte indivíduos, 10 diabéticos controlados com hipoglicemiantes orais e 10 normoglicêmicos foram submetidos a 3ª sessões de estudo, de forma cruzada e cega. Na 12ª sessão (basal) foram realizadas 2 colheitas de sangue em jejum, para análise da hemoglobina glicosilada e glicemia, e 5 colheitas para determinação da glicemia nos tempos de 60, 80, 95, 125 e 155 min após refeição fornecida aos voluntários. Nas 22ª e 32ª sessões o voluntário recebeu a refeição com uma cápsula de 5mg de diazepam ou de placebo, de forma aleatória. Sessenta minutos após a refeição, uma amostra de sangue era retirada, iniciando-se a instrumentação periodontal após anestesia infiltrativa com um tubete de anestésico local (mepivacaína 2% com adrenalina 1:100.000). Concomitantemente, foram realizadas 4 colheitas de sangue: 15, 30, 60 e 90 min após a anestesia (respectivamente 80, 95, 125 e 155 min após a refeição). A cada colheita de sangue foram realizadas aferições da pressão arterial (PA) e da freqüência cardíaca. A ansiedade dos voluntários foi determinada através da Escala de ansiedade dental de Corah na 32ª sessão. Os resultados de glicemia, pressão arterial e freqüência cardíaca foram submetidos à análise estatística em parcelas sub subdivididas e comparados pelo teste de Tukey (a=O,O5).Os resultados de ansiedade foram submetidos ao teste de Mann-Witney. Foi observada diferença estatística na glicemia entre os grupos de normoglicêmicos e de diabéticos, entretanto, dentro de um mesmo grupo não foram observadas diferenças entre as sessões. A pressão arterial, a freqüência cardíaca e o grau de ansiedade não diferiram entre os grupos. Houve correlação positiva entre os métodos de análise de glicemia (coeficiente de correlação de Pearson=O,95164). Conclui-se, dentro das condições do experimento, que o uso de 5mg de diazepam previamente ao tratamento odontológico não interfere na glicemia de indivíduos diabéticos controlados com hipoglicemiantes orais e normoglicêmicos; o método que utiliza um biosensor para análise imediata da glicemia é equivalente ao método laboratorial

Abstract: The purpose of this study was to evaluate the effect of premedication with diazepam on blood glucose levels in diabetic and non-diabetic volunteers submitted to dental treatment and to verify the accuracy of a glucose meter (Advantage 'TRADE MARK') when compared to the reference laboratorial method (GOD-PAP). Ten non-diabetics and 10 controlled diabetics taking oral hypoglycemic drugs were submitted to 3 study sessions, in a cross over and blinded manner. In the first session (basal), two fasting blood samples were taken to determine blood glucose concentration and glycosylated hemoglobin, and 5 blood samples to determine blood glucose concentration in the periods of 60, 80, 95, 125 and 155 minutes after breakfast. In the 2nd and 3rd sessions, the subjects were randomly given 5 mg diazepam or placebo during breakfast. One hour after breakfast a blood sample was taken and the volunteers were submitted to periodontal treatment after anesthesia infiltration with 1 cartridge of 2% mepivacaine and 1:100,000 adrenaline. The last 4 times of blood collection were 15, 30, 60 and 90 minutes after anesthesia (respectively 80, 90, 125 and 155 min after breakfast). Blood pressure and heart rate were assessed at each blood collection. The anxiety of the volunteers was analyzed by Corah dental anxiety scale in the last session. The results of blood glucose, blood pressure and heart rate were statistically analyzed in sub subdivided fragments and compared by the Tukey test (p<0.05). The results of anxiety were compared by the Mann-Witney test. Statistically significant differences in the blood glucose levels were observed between diabetic and nondiabetic volunteers. However, there were no significant differences among the sessions of the same group. Blood pressure, heart rate, and anxiety levei were not different between the groups. A positive correlation was observed for the methods of analysis of glycemia (Pearson's correlation coefficient = 0.95164). Under the conditions of this experiment, it can be concluded that the use of 5 mg diazepam before dental treatment does not interfere with blood glucose concentration of nondiabetics and controlled diabetics (taking oral hypoglycemic drugs) and that the glucose meter analyzed in this study (Advantage 'TRADE MARK') is equivalent to the reference laboratorial method
Subject: Tranquilizantes
Doença crônica
Glicose
Monitorização de pacientes
Anestésicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LIMA, Vanessa Rocha. Avaliação da glicemia de diabeticos sob tratamento odontologico com o uso de diazepam como medicação pre-anestesica. 2002. 127p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288002>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_VanessaRocha_M.pdf2.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.